A febre do vermelho: a tendência mais quente da vez – Looks e dicas de como usar

A febre do vermelho: a tendência mais quente da vez   Looks e dicas de como usar

O vermelho foi o primeiro pigmento criado pelo homem e é, também, a mais antiga denominação cromática do mundo. Da cor do sangue, ele é historicamente associado ao desejo, a paixão e até mesmo ao pecado, demonstrando todo poder de seu tom vibrante e repleto de energia.

Para o próximo inverno, todas as passarelas indicam o vermelho como o hit do momento, sendo visto em looks completos, detalhes e muitos acessórios que prometem elevar as temperaturas da estação mais fria do ano.

A febre do vermelho: a tendência mais quente da vez   Looks e dicas de como usar

Fendi FW 17

A febre do vermelho: a tendência mais quente da vez   Looks e dicas de como usar

A febre do vermelho – Givenchy – Pre Fall 2017

A febre do vermelho nas passarelas

Um clássico da cartela de cores da moda, o vermelho ganhou destaque total nas temporadas internacionais, aparecendo nos acessórios, detalhes e até mesmo nos looks completos. A imagem que se busca é a de uma mulher forte, determinada e sem medo de chamar atenção por onde passa, com seus looks vibrantes e repletos de contrastes entre peças fluidas e estruturadas. Na Fendi, Karl Lagerfeld propôs o vermelho sangue nos casacos, vestidos e botas de cano altíssimo, que já se transformaram no item mais desejado do inverno.

A febre do vermelho: a tendência mais quente da vez   Looks e dicas de como usar

Fendi FW17

Também em Milão, a grife Max Mara trouxe uma coleção repleta de looks monocromáticos, inspirados pelo manifesto purista sueco Slöjdföreningen, que rechaça qualquer tipo de decorativismo. O shape é mais solto e despojado, tendo como ponto alto os looks em vermelho escarlate, enriquecidos por veludos vibrantes, alpacas e finos cashmeres.

A febre do vermelho: a tendência mais quente da vez   Looks e dicas de como usar

Max Mara FW17

No Brasil, o look all red também marcou presença na SPFWN43. Na passarela da Uma by Raquel Dawidovicz, o vermelho deu destaque para os shapes minimalistas das calças, vestidos e macacão, todos bastante confortáveis e perfeitos para o dia-a-dia. Já Ratier preferiu o vermelho de tom mais fechado, bastante invernal, combinado com tecidos pesados como o couro e o veludo alemão.

A febre do vermelho: a tendência mais quente da vez   Looks e dicas de como usar  A febre do vermelho: a tendência mais quente da vez   Looks e dicas de como usar

Uma by Raquel Davidowicz – Inverno 2017

A febre do vermelho: a tendência mais quente da vez   Looks e dicas de como usar  A febre do vermelho: a tendência mais quente da vez   Looks e dicas de como usar

Ratier – Inverno 2017 

Look vermelho: como usar

Por ser uma cor bastante vibrante e enérgica, o vermelho pode parecer um pouco intimidador, especialmente no inverno. Seguindo as nossas dicas abaixo, você vai perceber que o tom é, na verdade, bastante fácil de usar:

  • Teste combinações de cores vibrantes: a maneira mais atual de usar o vermelho, além do look all red, é misturá-lo com outras cores para criar um look bem aceso. Com a ajuda do círculo cromático, fica um pouco mais fácil entender, mas basta focar nas cores análogas (rosa, laranja e amarelo são as que mais aparecem nos cliques de street style) que não tem erro!
  • Aposte no visual esportivo: moletons, calças “de academia” e puff jackets, quando combinados com tons de vermelho e salto alto, criam um look moderno e descolado na medida certa.

 

  • Mantenha as cores clássicas: essa é uma dica infalível na hora de criar combinações elegantes. O vermelho fica perfeito quando combinado com o branco e o preto, criando uma paleta clássica e nada monótona. Para deixar ainda mais criativo, misture diferentes texturas e aposte nos tecidos texturizados: peles, veludos, jacquards e plissados são as pedidas deste inverno.
  • Abuse da alfaiataria: mantendo a linha clássica, a alfaiataria é uma das maiores aliadas do vermelho, ajudando a criar a imagem de uma mulher poderosa e cheia de atitude. Os terninhos estão em alta, então vale a pena manter um no armário.

 

Salvar

Salvar

Salvar

DESCONTOS EXCLUSIVOS FASHION BUBBLES

Publicação: 20 de março de 2017

AUTOR

Francieli Hess é formada em Design de Moda pela UDESC e já estudou Cultura e Progettazione della Moda em Florença. Trabalha como estilista freelancer em Florianópolis e é apaixonada por criação, história, branding e comunicação. Instagram: @fvhess

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
Os casacos da #SPFWN43 para o Inverno 2017

  Nas passarelas da SPFWN43, foram desfilados casacos para todos os gostos e níveis de frio, mas não dá para...

Fechar