Será que tudo isso vai acontecer mesmo no futuro???? Parte 1

Conversando com a Mariana Avallone que trabalha comigo na Lility, ela falou de um trabalho sobre moda e tecnologia feito por um de seus colegas de classe, o Tadeu.

Achei tão interessante que vou colocar trechos da pesquisa deles aqui:

Roupas tecnológicas
A combinação moda e tecnologia é promissora. A empresa CuteCircuit investe forte na área e mostrou suas últimas peripécias na SIGGRAPH, uma convenção de design anual, em Los Angeles.Que tal, por exemplo, mandar um abraço para quem você ama através da sua camiseta? Isso é possível – ou quase – com uma Hug Shirt. O processo é simples: abrace a si próprio e murmure o nome da pessoa que vai receber o carinho. Se o outro estiver vestindo peça com a mesma tecnologia, sentirá o abraço através de sensores que simulam sensações como tato e calor.Outra peça que faria o maior sucesso para quem não tem tempo para nada é a Skirteleon, uma saia camaleão, com um tecido que pode mudar de estampa quando você quiser. Um azul escuro pode se transformar num padrão geométrico ou de desenho animado, por exemplo. O vestido tomara-que-caia Mystique possui um conceito parecido: muda de cor e comprimento, desde o joelho até o pé.O KineticDress é o mais dramático de todos. Preto, seguindo a tendência atual, o design do vestido é inspirado na época Vitoriana. Quando usado, surgem círculos azuis móveis no seu tecido, criando um clima fantástico.Por enquanto, essas roupas ainda são protótipos caríssimos.

Jorge Wakabara

Reprodução
Será que tudo isso vai acontecer mesmo no futuro???? Parte 1
A Hug Shirt e o KineticDress

Matéria retirada do site Chic da Gloria Kalil.

Leia também Para que serve uma roupa tecnológica? Como se faz um tecido tecnológico? e Roupas se somam ao mundo eletrônico.

Publicação: 19 de agosto de 2006

AUTOR

Denise Pitta é digital Influencer e é editora do Fashion Bubbles. Estilista, formada em Moda e Artes Plásticas, atuou em diversas confecções e teve marca própria de lingeries, a Lility. Começou o blog em 2006 e está entre as primeiras blogueiras brasileiras da moda. Também desenvolve pesquisas sobre História e Identidade Brasileira na Moda e Psicologia Analítica. É apaixonada por filosofia, física quântica, psicanálise e política. Siga Denise no Instagram: @denisepitta e @fashionbubblesoficial

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
bomretirov07home
Bom Retiro Fashion Business

(UOL Moda) Se a bata quase não apareceu nas passarelas do São Paulo Fashion Week e do Fashion Rio, pouco...

Fechar