Pernambucanas – Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro

Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro

Fundada em 1908, a Pernambucanas (Arthur Lundgren Tecidos S/A – Casas Pernambucanas – SP) é uma instituição pioneira no comércio que muito contribuiu para o desenvolvimento do varejo brasileiro. Após cem anos de sua fundação, está presente em sete Estados – São Paulo, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Paraná e Santa Catarina – por meio de 272 lojas e mais de 15 mil colaboradores. Sua estrutura inclui três modernos centros de distribuição (dois em Barueri/SP e um em Araucária/PR), o escritório central e uma central de relacionamento com o cliente, ambos em São Paulo.

Com um modelo de negócio diferenciado no Brasil, ancorado em quatro categorias diferentes – lar têxtil (cama, mesa, banho, tapetes e cortinas); vestuário (feminino, masculino, infanto-juvenil, lingerie, calçados e acessórios); eletro (eletroeletrônicos, eletroportátil, eletrodoméstico, telefonia e informática); produtos e serviços financeiros (empréstimos, seguros e garantias estendidas) –, a Pernambucanas apresenta um conceito de loja completa para a família brasileira.

A Pernambucanas também possui marcas próprias: Anik, Flobelle, Baila e Greta, para Lar Têxtil; e Vanguard, Argonaut, Norton, Anne Claude e Giardino para Vestuário. Além disso, um time de 15 estilistas identifica tendências de moda, adequando tecidos e desenhos dos segmentos Lar/Têxtil e Vestuário ao perfil dos consumidores para as coleções outono/inverno e primavera/verão.

Tal envolvimento com o universo da moda também pode ser comprovado pelo concurso Faces, que a empresa promove em parceria com a agência Ford Models. Realizado em diversas etapas ao longo do ano, o concurso seleciona jovens de 14 a 25 anos para ingressarem na carreira de modelo e manequim.

O vencedor da categoria juvenil (14 a 17 anos) participará, este ano, da final do concurso SuperModel Brazil 2010, com direito a contrato de um ano pela Ford Models, um book e 100 composites. Na categoria adulta (18 a 25 anos) os vencedores também assinam contrato de um ano com a Ford Models, e ganham um book e 100 composites. Na edição de 2010, o Faces recebeu mais de quinze mil inscrições e consagrou seu sucesso absoluto.

Histórico Pernambucanas

1855 – Desembarca no Brasil o sueco Herman Theodor Lundgren. No Recife, Pernambuco, se estabelece como intérprete e passa a trabalhar como corretor e agente de navios;

1856 – Fundada em Pernambuco a fábrica de pólvora da marca Elephante, primeira indústria privada do ramo no País;

1904 – Após desenvolver por décadas negócios bem-sucedidos, Herman Theodor Lundgren compra a Companhia Paulista de Tecidos, em Paulista, PE;

1908 – É inaugurada a primeira Casas Pernambucanas, em 25 de setembro;

Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro

Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro

Década de 10 – Durante a Primeira Guerra Mundial, a Pernambucanas e a Cia Paulista de Tecidos participam ativamente do desenvolvimento do setor têxtil no País. A loja da Praça da Sé, em são Paulo, é inaugurada;

Década de 20 – A Pernambucanas inova ao lançar um Manual de Procedimentos instruindo seus gerentes a fazerem “reclames” em circos e cinemas. Devido à demanda, é inaugurada uma nova fábrica em Rio Tinto, na Paraíba;

Década de 30 – Funcionários percorrem estradas brasileiras utilizando porteiras, árvores, pedras e barrancos como meios de comunicação da marca.  A evolução da cultura do café faz a Pernambucanas acompanhar as novas ferrovias e inaugurar lojas em cidades recém-fundadas. Trabalhar na Pernambucanas era símbolo de prestígio só comparável a um posto na Câmara Municipal, no Banco do Brasil ou nos Correios.

Os tecidos Marca Olho, “que não desbotam e não encolhem”, e as camisas Lunfor chegam às lojas e passam a ser os artigos preferidos pelos consumidores mais exigentes.

Década de 40 – Com o desenvolvimento do comércio em São Paulo, várias lojas são abertas no comércio da capital. Para atrair os clientes, as lojas colocam em suas fachadas o boneco Grillo, um policial em madeira que vira símbolo da Pernambucanas e indica a entrada do estabelecimento, credenciando-a como um local seguro e confiável;

Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro

Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro

História da Moda Brasiliseira – Pernambucanas

Década de 50 – para se aproximar das colônias de imigrantes, a Pernambucanas lança folhetos em diferentes idiomas. E com mais de 400 filiais pelo Brasil, a rede leva cinema gratuito à população, com películas e projetores nas cidades onde não há cinemas;

Década de 60 – Lança o filme publicitário na TV que faria história na publicidade nacional: “Quem bate? É o frio!”. Nova tendência de sucesso: tecidos saem das prateleiras e ficam ao alcance das mãos dos consumidores;

Década de 70 – a Pernambucanas lança o Crediário Tentação. Mulheres passam a ser admitidas na rede. A empresa entra no mercado de confecções para homens, mulheres e crianças e divulga a novidade em uma campanha em que paraquedistas invadem as lojas. Inicia-se, gradativamente, a venda de eletrodomésticos e eletroeletrônicos.

Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro

Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro

Década de 80 – A Pernambucanas revoluciona a moda brasileira ao lançar o concurso “Modelo Exportação”, em parceria com a agência Ford Models. A empresa é uma das pioneiras a apoiar esportes como os jogos do Oeste campeonatos de natação, MotoCross e hipismo. O suplemento “Pernambucanas e Você” é adotado como mídia de relacionamento da rede com sua clientela;

Década de 90 – Inicia-se a informatização em toda rede de lojas, acompanhando a revolução digital. Cartões magnéticos, fitas cassetes, etiquetas de controle e códigos de barra são adotados. É lançado o Cartão Pernambucanas.

2000-2008 – A rede começa a comercializar celulares (2001) e uma linha de calçados próprios (2003). Em 2005, é inaugurada a Universidade Corporativa Comendadeira Helena Lundgren, para a capacitação profissional dos colaboradores, e o Memorial Pernambucanas, que reúne cerca de 60 mil fotos, 10 mil folders, boletins e cartazes, livros de registros, jingles e comerciais.

Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro

Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro

Em 2005 e 2006, inaugura novos centros de distribuição em Barueri e Tamboré. São realizados grandes investimentos na infraestrutura nas lojas. A comercialização de produtos e serviços financeiros é ampliada e o Cartão Pernambucanas ultrapassa a marca de 14 milhões de clientes. São admitidas as primeiras mulheres no quadro de vendedores das lojas, sendo que antes só trabalhavam no caixa, na contabilidade e administração.

Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro

Pernambucanas Cidadã

Consciente de suas responsabilidades a Pernambucanas conta com diversos programas sociais e mantém uma constante preocupação com seus colaboradores e com a sociedade das localidades em que está presente.

Com um sólido programa de ações sociais – o Programa Pernambucanas Cidadã -, que inclui campanhas, projetos de meio ambiente, campanhas de voluntariado e objetivando ser uma empresa ética e cidadã,  a Pernambucanas participa ativamente do desenvolvimento das comunidades onde está inserida.  Por isso, o Pernambucanas Cidadã tem como compromisso implementar ações socioambientais que promovam transformações sociais. Um dos principais objetivos é melhorar as condições de vida das comunidades onde a empresa está inserida, construindo uma sociedade mais inclusiva e reduzindo os impactos ambientais.

  • Programa de Meio Ambiente

Tem como foco principal a redução na geração de resíduos e a coleta seletiva, através da conscientização de colaboradores e clientes, pautada no princípio dos 3Rs – redução, reutilização e reciclagem. Essa ordem dissemina a mensagem de que evitar a produção de resíduos causa menor impacto ambiental do que reciclá-los após o descarte.

A coleta seletiva está implantada em todas as lojas e no escritório central. Dos destinos de resíduos produzidos nas lojas, cerca de 48% são enviados às cooperativas, promovendo o desenvolvimento local e a inclusão de catadores, gerando novos postos de trabalho, além de funcionar como um projeto social.

Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro

  • Programa de Voluntariado

Programa que apoia, incentiva e organiza as ações voluntárias desenvolvidas pelos colaboradores, fortalecendo o espírito de solidariedade e cidadania e proporcionando condições para que a cultura do voluntariado floresça com capacitação e profissionalismo.

Atualmente, o programa conta com mais de três mil voluntários que atendem cerca de 250 instituições parceiras, em sua maioria crianças, além de adolescentes, adultos e idosos. Pesquisa realizada com as instituições atendidas mostrou que 92% das entrevistadas avaliam o programa como excelente ou bom.

  • Programa de Educação

Oferecido na Universidade Corporativa Comendadeira Helena Lundgren durante o ano todo, dispõe de aulas do ensino fundamental 1 e 2 para colaboradores, terceirizados e comunidade. Este programa prima pelo desenvolvimento da criatividade, cidadania e da consciência crítica para que o educando tenha autonomia e segurança nas escolhas e situações do dia-a-dia. Com o curso, o aluno pode realizar provas de certificação oferecidas pelo governo e conquistar um diploma reconhecido pelo MEC para continuar seus estudos.

Cerca de 90% dos alunos avaliam o programa como ótimo e valorizam aspectos importantes como a oportunidade de acesso a uma educação básica de qualidade em horários alternativos em relação à rede pública.

Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro

  • Pernambucanas Comunidade

Trata-se do braço das ações sociais da empresa, como as campanhas sociais corporativas. O foco são as comunidades locais onde a Pernambucanas está presente e o objetivo é articular públicos da sociedade para formar redes sociais em prol de melhores condições. As três campanhas anuais são a do agasalho, brinquedos e alimentos, sempre em prol das comunidades locais, o que totaliza mais de 250 instituições beneficiadas.

Universidade Corporativa Comendadeira Helena Lundgren

Desde 2005, a empresa conta com a Universidade Corporativa Comendadeira Helena Lundgren, que tem como objetivo ser um polo de disseminação das melhores práticas comerciais junto a seus colaboradores e parceiros, além de promover o alinhamento da cultura e a gestão empresarial, que fazem da Pernambucanas uma das principais redes varejistas do Brasil.

A Universidade Corporativa da Pernambucanas desenvolve projetos que impactam diretamente seus colaboradores, além do desenvolvimento de competências e sentido de ampliação da empregabilidade e oportunidades de crescimento. Localizada no bairro do Campo Limpo, em São Paulo, a Universidade Corporativa Comendadeira Helena Lundgren funciona numa área de 35.973 m2 e dispõe de um auditório para 579 pessoas, apartamentos com acomodações para 185 pessoas, piscinas, quadras esportivas, salas de jogos, restaurante e seis salas com infraestrutura tecnológica para apresentações.

Em 2009, 8.400 participantes aprimoraram seus conhecimentos e habilidades, dentro de um amplo programa de formação que envolve todas as áreas da empresa e leva aos profissionais as melhores práticas do varejo, da gestão de equipes ao atendimento ao cliente. Um dos destaques da Universidade Corporativa é o programa de educação continuada em parceria com a Fundação Instituto de Administração (FIA/PROVAR) e a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Além disso, dentro do catálogo de cursos oferecidos estão o MBA em Gestão e Varejo – a primeira turma se formou este ano – e cursos de extensão em várias áreas.

Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro

Memorial Pernambucanas

Trata-se de do maior acervo que retrata a evolução da Pernambucanas. Criado em 2005, conta com cerca de 60 mil imagens e 10 mil peças que apresentam a história da marca, que caminhou lado a lado com a evolução da publicidade no País e foi uma das precursoras no varejo brasileiro. O espaço mostra a saga da família Lundgren e seu representante, o sueco Herman Theodor Lundgren, que desembarcou em 1855 no Recife e inaugurou a primeira indústria privada do ramo de pólvora no País, em 1856, e a Casas Pernambucanas, em 1908. Os visitantes também interagem com momentos importantes da história da Pernambucanas e suas contribuições para o desenvolvimento têxtil do Brasil.

No Memorial Pernambucanas, é possível conhecer as iniciativas diferenciadas e precursoras de propaganda criadas para atrair seus consumidores como, por exemplo, registros de inscrições em porteiras de fazendas, troncos de árvores, postes de iluminação, pedras, lonas de circo etc., além dos primeiros anúncios de revista e campanhas célebres que são destaque até hoje como “Dezembro vem o Natal” e “Quem Bate, É o frio”, entre outros materiais. É possível, ainda, ouvir jingles de rádio e comerciais de TV produzidos ao longo destes 102 anos e entender como o impacto destas formas inusitadas de divulgação foi tão grande que consolidou a marca e a tornou referência nacional.

Fact Sheet Pernambucanas

Fundação

  • 1908, em Paulista, região metropolitana do Recife, PE.

Sede administrativa

  • São Paulo – Rua da Consolação

Saiba os números e dados das Pernambucanas

Lojas

  • 272 lojas, distribuídas da seguinte forma:
    • Goiás                                   05 Lojas
    • Mato Grosso                    02 Lojas
    • Mato Grosso do Sul       09 Lojas
    • Minas Gerais                    34 Lojas
    • Paraná                                45 Lojas
    • Santa Catarina                 11 Lojas
    • São Paulo                           166 Lojas

Faturamento (em R$ bilhões)

    • 2007      R$ 3.854.932
    • 2008      R$ 4.212.727
    • 2009      R$ 4.157.361

Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro

Lucro Líquido (em R$ milhões)

    • 2007      97.678
    • 2008      53.699
    • 2009      63.519

Investimento em marketing

    • 2009 – R$137 milhões
    • 2010 – R$147 milhões

Volume de vendas – produtos

    • 2007 – 90,2 mi
    • 2008 – 92,1 mi
    • 2009 – 90,1 mi

Fábricas e produções

    • 03 Centros de Distribuição
      • Dois em Barueri (SP)
      • Um em Araucária, Paraná.
        • A capacidade total de armazenagem é de 140.000 m3, assim distribuídos:
        • Eletro (ramo duro)                                       80.000 m3
        • Lar/Têxtil + Vestuário (ramo mole)       60.000 m3

Colaboradores

    • 2008      14.851 colaboradores
    • 2009      14.322 colaboradores
    • 2010 (maio) 15.158 colaboradores

Produtos comercializados

    • Lar/Têxtil – cama, mesa, banho, cortinas e tapetes;

    • Vestuário – confecções (masculina, feminina, infantil e moda íntima) e complementos (cintos, bolsas, calçados, carteiras, etc.);
    • Eletro – som (rádio, micro system, mp3, mp4, etc.), imagem (TV, DVD, etc.), linha branca (geladeira, fogão, micro-ondas, etc.), portáteis (cafeteira, batedeira, ventilador, chapinha/prancha, etc.), telefonia e informática.

Marcas próprias

    • Lar/Têxtil – Anik, Flobelle, Baila e Greta.
    • Vestuário – Vanguard, Argonaut, Norton, Anne Claude e Giardino.

Importação de produtos

    • O câmbio valorizado não tem impacto significativo nos negócios da Cia., devido à pequena participação destes produtos no “mix” de comercialização.
      • Vestuário           9%
      • Lar/Têxtil           8%

Principais formas de pagamento

    • Cartão de Crédito de Terceiros
    • Cartões Pernambucanas Private e Mastercard (private label)
    • À vista + entrada crediário

 

Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro Pernambucanas   Mais de 102 anos de sucesso no varejo brasileiro

Principais meios de pagamento

Financiamento direto com fornecedores (sem encargos financeiros)

Fonte: Assessoria Pernambucanas

Publicação: 14 de março de 2011

AUTOR

Paulistana formada em jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo e com curso técnico de locução pela Rádioficina. Atuou como redatora e locutora no Grupo Bandeirantes de Rádio e também como repórter para um telejornal segmentado.

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
Capa_zigue_zgue.indd
Lançamento de livro: Moda em ziguezague – interfaces e expansões

A Editora Estação das Letras e Cores inicia seus lançamentos de 2011 com a publicação do livro Moda em ziguezague:...

Fechar