Um dia na rotina de Dubai

Um dia na rotina de Dubai

Por Marcos Augusto

Leia também Aventura no Deserto em Dubai, a “Jóia do Oriente”.

Este foi meu último dia neste mundo tão diferente – DUBAI – um dos sete reinos que compõe os EUA – Emirados Árabes Unidos!

Sinto muitas saudades de vocês e também do FRIO de São Paulo, mas até que não posso reclamar, hoje em DUBAI fez um dia fresco, tivemos a excelente temperatura de 42 graus (na sombra) contra 45 graus de ontem…Ou seja, hoje estava uma delícia… rsrsrsr.

Mas peguei o macete para sobreviver aqui: se tranque no quarto do hotel e ligue o ar condicionado em uma temperatura média entre o saguão (22 graus) e a rua com seus 48 graus, o que dá mais ou menos 36 graus, que se torna fresquíssimo aqui. Assim você consegue sobreviver ao choque térmico sem ter uma pneumonia….

A cidade é tão quente, mas tão quente, que embaça os óculos quando saio com ele no rosto. Ontem eu peguei 50 graus no deserto… Que experiência !!!

Hoje amanheci meio resfriado, fui na farmácia comprar “some medicines ” , mas eu não sabia dizer ao farmacêutico que estava espirrando e com a garganta doendo, então, uma senhora americana me ajudou… muito simpática.. ela disse ao farmacêutico.

He is Sneeze… and your trooth is hurts… ( mais ou menos isso ) ou seja, ( – ele está resfriado e com a garganta doendo )

Me deram algo como um ” apracour ” de gringo…

Só que o tal “medicine ” me deu um barato louco, e eu dormi das 10 da manha até as 16 horas…Acho que vou levar esse remedinho ao Brasil e vender na porta das festas ” Haves “…

A tarde fui passear no DUBAI MUSEUM no bairro de BASTAKIA, onde tive uma experiência mística, a mais louca da viagem, encontrei uma estátua de mais de 1.000 anos que era a minha cara, era simplesmente uma réplica fiel dessa pessoa que vos fala, fiquei totalmente tonto na hora, olhar para você mesmo é muito estranho, principalmente dentro de um museu…rsrsr.

Refeito, fui dar uma volta pelo Bastakia que é um bairro de lojas com muito ouro, mas muito ouro mesmo, e bem mais barato que em outros lugares do mundo.

Um dia na rotina de Dubai Um dia na rotina de Dubai

Hoje foi feriado aqui em DUBAI e as famílias de indianos e paquistaneses que são a mão de obra básica dos árabes, estavam curtindo o dia jogando ” criquet “, que parece com um jogo de taco na rua, só que o taco é uma pá amassada. Em baixo de um calor infernal, corriam feito crianças e não suavam, como conseguem..?? Eu apenas andando, suava feito um camelo perdido no deserto…

Depois tive que andar por mais de meia hora, debaixo de um sol escaldante, atrás de um taxi, é que dificilmente eles param fora do ponto. Mas consegui um abençoado taxista de Bangladeche para me levar ao hotel, antes que eu tivesse um ataque de insolação!

Dubai é uma cidade que ainda está em construção. A cultura daqui é estranha… Cervejinha na rua, nem ferrando… ontem na beira da piscina do hotel, confiscaram a minha , só pode tomar no quarto. Andar sem camisa, vai preso na hora! Pegar na mão andando na rua, só se for esposa e comprovado com documentos, se não terá problemas…. Se der beijo, te cortam o bilau fora…. Povo esquisito esse…O que me faz sentir saudades do Brasil.

Um dia na rotina de Dubai

Essa foi uma das passagens de minha viajem a terra das 1.001 noites.

Beijos calorentos
Marcão

Um pouco sobre Dubai

Um dia na rotina de Dubai Um dia na rotina de Dubai

“Destino exótico mais procurado atualmente, Dubai é um verdadeiro fenônemo do turismo mundial, seja por sua Zona Franca, seja por suas praias ou por seus hotéis de luxo.

Contando um pouco a sua história, Dubai começou a ser colonizado em 1833, e durante o sec, XIX, Bur Dubai (nome na época) não passou de uma vila de pescadores, mergulhadores de perolas e comerciantes beduínos, indianos e persas. Em 1892, em acordo com os ingleses, o Sheik de Dubai ofereceu isenção de impostos para os comerciantes que se basearam lá, assim nasceu a Zona Franca de Dubai.

Em 1966 foi descoberto petróleo e a sua exportação começou em 1969. Em 1971, 7 emirados formalizaram uma federação e adotaram o título Emirados Árabes Unidos, e Dubai é o segundo maior deles, sendo Abu Dhabi o maior e com mais reservas petrolíferas. Com uma visão de futuro como poucos, o Sheik de Dubai, vendo que suas reservas de petróleo estavam se esgotando, investiu tudo o que pôde das receitas provenientes da comercialização do petróleo e infra-estrutura comercial e principalmente turística para garantir que o emirado tenha um futuro promissor mesmo depois do fim das reservas.” ( Do Portal São Francisco – leia também sobre pontos turísticos, passeios, compras, história de Dubai)

Um dia na rotina de Dubai

Madinat Souk

Grandes obras e atrações turísticas (Via Wikipédia)

Palm Islands

Um dia na rotina de Dubai
Vista aérea da Palm Islands.Palm Island é um arquipélago artificial no formato de uma palmeira. Um audacioso projeto construído pela Al Nakheel Properties, é um grande ponto atrativo da cidade e tem como objetivo aumentar o turismo no Dubai. Mesmo sendo artificial, foram usados apenas materias naturais (areia e pedras) para a construção do arquipélago, em vez de concreto e aço, mais aconselhados para o tipo de estrutura. Uma segunda ilha artificial com formato de palmeira está em construção, já em estágio avançado. É prevista a construção de uma terceira ilha artificial no formato de palmeira. Em cada braço desta palmeira, estão sendo construídos elegantes hotéis e grandes residências.

Burj Dubai

Um dia na rotina de Dubai

Burj Dubai em construçao.Burj Dubai (em árabe: ??? ???, que quer dizer Torre de Dubai) é o arranha-céu mais alto do mundo, embora ainda esteja em construção. Não se sabe qual será a altura exata do edifício após a finalização da construção, mas acredita-se que ele terá aproximadamente entre 700 e 800 metros de altura, o que tornaria o arranha-céu a estrutura mais alta do mundo: ao atingir sua altura máxima, o Burj Dubai superaria não somente o maior arranha-céu do mundo, Taipei 101, mas também a estrutura não suspensa por cabos em terra firme mais alta do mundo, a Torre CN, e a estrutura mais alta do mundo, a Torre da KVLY-TV.

O término de sua construção está previsto para 2009, e o seu custo estimado é de US$ 8 bilhões.

The World


The World é um arquipélago artificial, ainda em construção, que forma o desenho do mapa-múndi. Estas ilhas estão sendo vendidas com valores entre 6,2 a 36,7 milhões de dólares. A maior parte das ilhas já foi comprada por investidores de todo o mundo.

Leia também Aventura no Deserto em Dubai, a “Jóia do Oriente”.

Por Marcos Augusto

Publicação: 23 de julho de 2008

AUTOR

Marcos Augustto é Diretor Comercial da Samavidros Soluções em Embalagens. Atua no mercado de Embalagens de Vidros e Plásticos há mais de 20 anos, é formado em Adm. de Empresas ( Mackenzie ) e pós-graduado n área de Comunicação e Propaganda com ênfase em Marketing ( ESPM‚ Escola Superior de Propaganda e Marketing).

COMENTÁRIOS

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

Leia o post anterior:
deborah-secco-puramania
Puramania, marca paranaense que há 11 anos faz moda jeanswear de qualidade

O melhor de quando se sai para comprar roupa é quando você ‘acha’ aquela peça que se torna paixão à...

Fechar