Tecidos Tecnológicos – A camisa “milagrosa” que não amassa e nem mancha

Tecidos Tecnológicos   A camisa milagrosa que não amassa e nem mancha

Moda e ciência caminham lado a lado na hora de criar novos Tecidos Tecnológicos para suprir necessidades cotidianas. A Lotushirt foi pensada para os profissionais que precisam trabalhar com camisas sociais o dia inteiro e sabem o quão difícil é encontrar a peça perfeita.

Com design clássico, o foco dela está na tecnologia das nanofibras presentes em sua composição. Respirável, confortável, anti manchas e impossível de amassar são algumas das características que estão transformando a camisa em um item de desejo, confira:

Tecidos Tecnológicos – Tudo sobre a Lotushirt

Tecidos Tecnológicos   A camisa milagrosa que não amassa e nem mancha

Roupas inteligentes combinam o melhor da tecnologia com o design para apresentar soluções para os problemas do dia a dia. Os criadores da Lotushirt (que está em processo de financiamento coletivo pelo Kickstarter) buscaram inspiração na microestrutura auto limpante da planta de lótus para criar um tecido que repele a água e as manchas, é resistente ao desbotamento, não amassa e seca super rápido.

Essa combinação têxtil foi criada para mimetizar a estrutura hidrofóbica da folha de lótus e então transformada em uma clássica camisa branca, que se declara inspirada pela natureza e produzida a partir dos mais altos princípios da nanotecnologia.

Tecidos Tecnológicos   A camisa milagrosa que não amassa e nem mancha

Tecidos Tecnológicos – Design tradicional e muita inovação têxtil são os diferenciais da Lotushirt

Sua fabricante, a empresa Fiber Secret, foi fundada “para levar a inovação da indústria de tecnologia ao mundo das roupas masculinas” e está mostrando que a tecnologia vestível pode ir muito além de gadgets e produtos eletrônicos. Apesar de sua composição contar com mais de 80% de poliéster, a camisa tem toque semelhante ao do algodão graças aos milhões de micro orifícios presentes no tecido, que garantem uma peça leve, respirável e ultra confortável. Confira todos os diferenciais da peça no vídeo abaixo:

 

Lotushirt – Como a natureza inspira a criação dos tecidos tecnológicos

A inspiração para a camisa milagrosa veio de um processo natural bastante característico, conhecido como “efeito de lótus”.  Os estudos sobre a planta mostraram que as suas propriedades de autolimpeza são resultado de uma ultra-hidrofobicidade exibida pelas folhas de Nelumbo ou “flor de lótus”.

Assim, as partículas de sujeira são coletadas por gotículas de água devido à arquitetura micro e nanoscópica da superfície, o que minimiza a adesão da gotícula a essa superfície.
Foram conduzidas diversas pesquisas na folha de lótus usando microscopia eletrônica de reflexão (onde um feixe refletido de elétrons elasticamente espalhados é detectado), que revelaram que a superfície da folha não é uniforme, mas em vez disso tem uma aspereza característica sistematicamente organizada e repelente à água, onde cristais de cera minúsculos se unem para formar estruturas tridimensionais, não maiores do que alguns nanômetros de tamanho.

Tecidos Tecnológicos   A camisa milagrosa que não amassa e nem mancha

Detalhes do tecido nanotecnológico que imita o “efeito lótus”

Ao observar de perto o tecido da Lotushirt, você pode notar que essa estrutura foi mimetizada, criando uma superfície irregular e que repele a água com a ajuda de nanofibras inteligentes. Como toda a tecnologia está nos fios da trama, a camisa pode ser lavada inúmeras vezes, sem perder suas propriedades tecnológicas.

Tecidos Tecnológicos   A camisa milagrosa que não amassa e nem mancha

As nanofibras do tecido são entrelaçadas e se expandem em 4 direções diferentes quando sob pressão, o que permite mobilidade total para quem veste a Lotushirt.

Tecidos Tecnológicos   A camisa milagrosa que não amassa e nem mancha

A tecnologia patenteada “Flying Fish” é o que deixa o tecido respirável, impedindo as temidas manchas de transpiração.

Publicação: 4 de junho de 2018

AUTOR

Francieli Hess é formada em Design de Moda pela UDESC e já estudou Cultura e Progettazione della Moda em Florença. Trabalha como estilista freelancer em Florianópolis e é apaixonada por criação, história, branding e comunicação. Instagram: @fvhess

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
Parada LGBT 2108 – Fotógrafo captura a beleza do orgulho gay

Com objetivo de capturar a alma dos participantes da 22ª edição da Parada do Orgulho LGBT, o fotógrafo Guilherme Sausanavicius...

Fechar