Arte Pin-up: conheça as mulheres ilustradoras de pin-ups

Sabia que a Arte Pin-up não foi apenas produzida por homens? A seguir, conheça algumas das mais renomadas mulheres ilustradoras Pin-up no mundo.

- Continue depois da Publicidade -

A Arte Pin-up ganhou fama ainda nos anos 40, quando durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945) os soldados – enfrentando uma dura realidade e com saudade das mulheres – penduravam ilustrações de revistas nas paredes (em inglês, to pin up). Alberto Vargas,  Gil Elvgren e  George Petty são alguns dos nomes de desenhistas que fizeram sucesso com a arte pin-up. Ou seja, esse era, como muitos outros, um mercado dominado pelos homens.

Entretanto, é considerando que as mulheres que fizeram parte deste segmento também merecem o devido reconhecimento de suas obras que fizemos a seleção a seguir.

Assim, conheça abaixo 10 das principais ilustradoras de arte pin-up no mundo:

 

 

Olivia de Berardinis (1948)

 

- Continue depois da Publicidade -

Ilustração inspirada em Bettie Page de Olivia de Berardinis intitulada “Red Angel”, 2005.
Ilustração inspirada em Bettie Page de Olivia de Berardinis “Red Angel”, 2005. Fonte: Facebook Olivia de Berardinis.

 

Sendo tida como a artista mais famosa de arte pin-up ainda viva, os fãs descrevem Olivia Berardinis como a “Pintora de Mulheres”. A artista começou a atuar no início da década de 70, período no qual dividia o seu tempo trabalhando como garçonete em Nova York.

- Continue depois da Publicidade -

Olivia já ilustrou diversas pessoas notáveis e controversas como Dita Von Teese, Margaret Cho e Courtney Love. Entretanto, o seu retrato mais icônico é sem dúvida o de Bettie Paige, a pin-up mais famosa dos anos 50.

 

Luma Rouge

 

Ilustração de Dee Milo por Luma Rouge, intitulada "The Venus of Dance".
Ilustração de Dee Milo por Luma Rouge, intitulada “The Venus of Dance”. Fonte: Facebook Luma Rouge.

 

- Continue depois da Publicidade -

Peça importante da comunidade burlesca de Nova York, a artista parisiense Luma Rouge é geralmente flagrada desenhando em clubes de strip-tease. Uma das características que mais a destacam é a sua habilidade de rapidamente capturar as belas curvas das dançarinas em suas páginas em branco.

Parte do seu trabalho pode ser visto, por exemplo, no Museu do Sexo de Manhattan. Além disso, ela também foi a responsável pela arte do Festival Burlesco de Nova York de 2011.

 

Fiona Stephenson

 

 

Ilustração em estilo pin-up de Fiona Stephenson.
Ilustração em estilo pin-up de Fiona Stephenson. Fonte: Facebook Fiona Stephenson.

 

A pintora inglesa Fiona Stephenson encontrou a sua principal inspiração no trabalho de artistas clássicos, como as obras de Gil Elvgren.

Desse modo, atualmente ela se intitula como uma “artista especializada em pintura a óleo que reproduz as pin-ups de Gil-Elvgren”. Entretanto, além disso, a artista também cria outros tipos de peças.

 

Zoë Mozert (1907-1993)

 

Ilustração pin-up de Zoe Mozert, c. 1940.
Ilustração pin-up de Zoe Mozert, c. 1940. Fonte: The Pin-up Files.

 

Além de uma artista talentosa de arte pin-up, a americana Zoë Mozert era muito bonita e foi ela mesma modelo desse estilo. Afinal, ela inclusive serviu de musa inspiradora para outros artistas, como Earl Moran e Alberto Vargas.

Acima de tudo, ela era a sua própria modelo, para o que se utilizava de câmeras e espelhos. De acordo com os arquivos da American Art, com um “estilo pastel” e mais realista Zoë criou centenas de capas de revista, publicidades e pôsteres para filmes nos Estados Unidos.

 

Joyce Ballantyne Brand (1918-2006)

 

 

Ilustração pin-up de Joyce Ballantyne.
Ilustração pin-up de Joyce Ballantyne. Fonte: American Art Archives.

 

Joyce é mais lembrada pela sua ilustração dos potes de protetor solar e bronzeadores da marca Coppertone, que tinha – e segue tendo – um cachorrinho e uma menina loira em traje de banho.

Além disso, Joyce Ballantyne Brand também faz parte da curta lista de mulheres que fizeram fama desenhando pin-ups. O seu trabalho foi tão valorizado que atualmente as suas obras originais são itens disputados por colecionadores.

 

Você também pode gostar!

Pearl Frush (1907-1986)

 

Ilustração de arte pin-up de Pearl Frush.
Ilustração de arte pin-up de Pearl Frush. Fonte: Pin Up Cartoon Girls.

 

À sua época, Pearl Frush figurou no top 3 de melhores artistas mulheres de arte pin-up, posto compartilhado com Joyce Ballantyne e Zoë Mozert.

A arte de Frush era tão realista que a princípio muitos críticos nem a levaram a sério. Ainda assim, o seu trabalho ganhou muita fama e os seus famosos calendários são hoje artigos comuns nas listas de colecionadores.

 

Jennifer Janesko

 

pin-ups7
Fonte: Flavorwire.

 

Ainda que tenha formação como Designer de Moda,  Jennifer Janesko é também muito conhecida por sua arte pin-up. A sua principal característica é a ênfase nas curvas femininas.

Com um toque extremamente sensual (para não dizer sexual), o seu trabalho já apareceu em revistas como Playboy e Maxim. Para além disso, em seu site, a artista vende livros, calendários, pinturas e até isqueiros ilustrados.

 

Mabel Rollins Harris

 

pin-ups8
Fonte: Flavorwire.

 

Mabel Rollins Harris foi uma ilustradora americana que trabalhou durante as décadas de 1920 e 1930 e ilustrou calendários para a famosa Brown & Bigelow e para a Thomas D. Murphy Company.

O estilo Art Deco de 1920 e 30 celebra a luxúria, e é esta a estética que permeia o trabalho de Harris. Em seus desenhos, ninfas em tons nude são representadas em praias exprimindo brilho e leveza.

 

Ruth Deckard

 

pin-ups9
Fonte: Flavorwire.

 

Durante sua carreira, entre os anos 30 e 50, a artista assinou as suas obras apenas como Deckard. Desse modo, foi apenas em 1996, com a obra ´The Great American Pin-Ups`, que a artista finalmente revelou ser uma mulher.

Um dos trabalhos mais conhecidos de Ruth Deckard se chama Pin Cushion, com uma mulher deitada de costas com um top e saia brancos, suas pernas cobertas por cima de uma almofada redonda e quatro pinos de boliche encostados à almofada. Aliás, uma marca de suas ilustrações era o destaque dado às pernas femininas.

 

Bunny Yager (1929-2014)

 

Bunny Yager.
Bettie Page. Fonte: página Bunny Yager.

 

Bunny Yager não é uma pintora ou desenhista. Com uma experiência diferente das anteriores, além de ter sido ela própria uma modelo pin-up, a artista se tornou uma fotógrafa de sucesso do estilo. Afinal, ela foi a responsável pelas imagens mais icônicas de pin-ups dos anos 50.

Bunny fez muitos trabalhos para a Playboy, tendo inclusive descoberto a primeira “Playmate of the Year”, Lisa Winters – claro, além dela mesmo ter posado para a revista em mais de uma oportunidade. Entre os seus trabalhos mais famosos estão, por exemplo, as fotos de Bettie Page como rainha da selva e Mamãe Noel.

 

 

Por Marcela Leone.

Editado e atualizado por Mariana Boscariol.

 

Em seguida, leia:

 

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também