Vídeo – Fracassar é Perder?

126

- Continue depois da Publicidade -

Fracassar é perder

Estava eu procurando na TV, nos sites de notícias, na internet, nos jornais, temas atuais, temas que me conectasse com as pessoas. Esta tem sido minha busca, encontrar minha intenção na percepção do outro.

Como fazer isto? Como acessar o que faz sentido para o outro? O que realmente importa?

- Continue depois da Publicidade -

Decidi me empenhar profundamente em uma pesquisa de campo, classifiquei, emoldurei, fiz gráficos de frequência, tudo o que se aprende na escola de administração para analisar cenários.

Pasmem encontrei medos irreais, encontrei corpos nada orgânicos, encontrei culto a dor, encontrei uma economia dirigida, encontrei condicionamento para o negativo e o irreal.

- Continue depois da Publicidade -

As notícias me deixavam tensa, falavam do outro mas eu projetava em mim mesma e sentia claramente um bloqueio nascendo dentro de mim.

Eu que estava buscando entender a conexão, estava me desconectando!

- Continue depois da Publicidade -

Percebi esse mau estar e levantei da cadeira. Fui andar, procurar entender o que estava acontecendo, respirar… Mas não podia demorar muito tinha um texto para produzir e o tempo já estava escasso!

Preocupada, como iria me conectar?

- Continue depois da Publicidade -

Entrei no elevador e lá estava Helena uma garotinha de seus 7 anos chorando e eu perguntei, me agachando, para ficar do seu tamanho:

– O que aconteceu? Por que você esta chorando?

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Seu choro era sentido, muito intenso e verdadeiro.

O pai logo respondeu:

– Ela perdeu a boneca.

Helena segurava um bebê conforto de boneca que estava vazio!

O pai relatou que haviam procurado por todos os lugares, que perguntaram para muitas pessoas mas não acharam. Otimista talvez para aplacar a frustração que a filha sentia, ele dizia, nós vamos achar, vai dar tudo certo, mas a Helena sabia, ela podia nunca mais ver a boneca e chorava.

Foi neste momento que descobri que seria vivendo observando as pessoas e suas reais dores que eu iria me conectar com elas.

O que a Helena sentia eu já tinha sentido, eu sabia o que viria depois, sabia que o mundo não acabaria ali, quando se perde uma boneca, mas para a Helena a sensação era de que nada mais importava, o mundo tinha acabado!

A frustração, o fracasso e alguém que amamos nos dizendo que não é nada ou que vai dar certo, às vezes, pode ser a soma perfeita para a descrença, para a desconexão.

Decidi escrever sobre isto, e mais, decidi escrever sobre os sentimentos que não damos atenção porque estamos ocupados demais lendo e pensando sobre o medo irreal.

O primeiro resultado, foi este vídeo Fracassar é Perder?

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também