1º de Abril – Afinal, qual a origem do dia da mentira?

Sendo um costume que se estendeu por alguns países do mundo, incluindo o Brasil, conheça a história por trás do 1º de Abril: o Dia da Mentira.

- Continue depois da Publicidade -

O 1º de Abril (em inglês, April Fool´s day) é conhecido no Brasil e alguns lugares do mundo como o Dia da Mentira. Mas, já parou para pensar o porquê?

Consistindo basicamente de um dia no qual são comuns as mentiras, pegadinhas e piadas enganosas, esse dia não é um feriado público em nenhum outro lugar do mundo que não em Odessa, na Ucrânica.

Contudo, embora a celebração tenha sido observada durante séculos, suas verdadeiras origens são desconhecidas.

 

April Fool´s day.
April Fool´s day. Fonte: British Council Brasil.

 

Origem 

 

- Continue depois da Publicidade -

Há quem diga que o 1º de Abril se assemelha a outros festivais históricos, como a Hilaria da Roma antiga, realizada no dia 25 de março, e a celebração Holi, o Festival das Cores da Índia, que termina em 31 de março.

Por sua vez, alguns estudiosos rastreiam a origem do dia em uma confusão dos contos da publicação The Canterbury Tales (1392) de Geoffrey Chaucer.

- Continue depois da Publicidade -

Seja como for, a primeira possível referência ao 1º de Abril na França é de 1508, quando o poeta Eloy d’Amerval então utilizou o termo poisson d’avril (literalmente “peixe de abril”, expressão que significou e continua a significar “tolo de abril”).

 

1º de Abril.
Folheto em francês sobre o 1º de Abril. Crédito: wackystuff. Fonte Flickr: Vox.

 

Outros historiadores defendem que o costume moderno teria se originado na França, mas a partir de um evento específico: a publicação do Édito de Roussillon em 1564, pelo qual o rei Carlos IX decretou que o novo ano não começaria mais na Páscoa, como tinha sido comum em toda a cristandade, mas sim no dia 1º de janeiro.

- Continue depois da Publicidade -

Como a celebração da Páscoa é calculada pelo ciclo lunar, sendo, portanto, móvel, aqueles que se agarraram aos velhos caminhos foram os “tolos de abril”. Afinal, tanto a festividade cristã como a judaica caem mais ou menos nessa mesma época, a depender do ano.

Seja como for, não há um consenso sobre a sua origem, havendo diferentes versões entre os países nos quais ele é comemorado, mantendo o ponto em comum que é poder fazer a si mesmo e aos outros de bobos por um dia.

 

O 1º de Abril no Brasil

 

No Brasil, o Dia da Mentira teria se popularizado em Minas Gerais, a partir de uma publicação do jornal “A Mentira”. No 1º de abril de 1848 o periódico então trouxe a notícia da morte de Dom Pedro II – que era mentira! As pessoas acreditaram tanto que o jornal teve que correr para desmentir a notícia nos dias seguintes.

A brincadeira caiu no gosto popular, tendo-se mantido como uma tradição.

 

Você também pode gostar!
1º de Abril da Turma da Mônica.
1º de Abril. Fonte: Turma da Mônica / Facebook.

 

Pegadinhas famosas de 1º de Abril

 

 

2010: A gigante Google então lançava o seu Tradutor para Animais, aplicativo com o qual você poderia se comunicar com os seus bichinhos de estimação.

 

 

2011: A Google divulgava o Gmail Motion, com o qual você poderia editar arquivos e enviar mensagens apenas usando gestos corporais que seriam identificados pela câmara do celular ou computador.

 

 

2012: Provocando aqueles que então diziam que a Google investia em criar uma fibra ótica mais veloz, a empresa lançou uma barra de cereais, o Google Fiber, com a manchete: “até 100 vezes mais fibras que qualquer outra fonte de fibras disponível hoje”.

Ao longo desses anos, brincadeiras mais recentes do grupo incluíram um buscador pet-friendly, com um sensor para a pata do seu animal de estimação (2017); além do “Onde Está Wally?” (2018) e o jogo clássico da cobrinha (Snake) no Google Maps (2019).

Em 2020, devido à pandemia, a empresa decidiu não fazer nenhuma pegadinha.

A situação continua muito séria, mas quem sabe alguém não se anima a fazer alguma brincadeira saudável para aliviar um poucos os ânimos.

Ah, e cuidado, não confunda brincadeira de 1º de abril com Fake News!

 

Por Mariana Boscariol.

 

Em seguida, leia também:

 

 

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes