Beber até 2 xícaras de café por dia ajuda a reduzir a mortalidade

Os pesquisadores concluíram que o consumo regular de café está associado à redução da mortalidade por todas as causas, incluindo câncer. O estudo foi realizado em Valência, Espanha.

café
Compartilhe

Quem diria? Um estudo realizado por uma prestigiosa universidade espanhola revelou que beber duas xícaras de café por dia pode reduzir o risco de morrer de câncer e outras causas em 44% .

Este estudo foi publicado pela Universidade Miguel Hernández de Elche (UMH) na Espanha.

Em sua pesquisa, eles concluíram que 78% da população idosa de Valência bebe café diariamente. Então, eles apontaram que seu consumo pode ser benéfico.

Para isso, o estudo, que foi publicado na revista Nutrients, tomou dados da Pesquisa Regional de Nutrição e Saúde de 6, 12 e 18 anos, respectivamente.

Nesse sentido, analisaram a alimentação, o estado de saúde e o estilo de vida geral dos idosos. Além disso, eles receberam um questionário alimentar, onde foram questionados sobre o consumo de café.

 

Café, benefício à longo prazo

 

chá de café

 

Ao analisar esses dados, e também a mortalidade entre a população valenciana, verificou-se que os idosos que bebiam cerca de duas xícaras de café por dia tinham um risco 44% menor de morrer. Claro: tem que ser o descafeinado.

No entanto, embora diferenças favoráveis ​​também tenham sido encontradas na mortalidade por câncer para consumidores de café, nenhuma “associação significativa” foi encontrada nos riscos de doenças cardiovasculares.

 

  • Veja também: cantinho do café: tudo que você precisa para arrasar na decoração

 

Com base na referência de mortalidade total entre os não bebedores de café, os consumidores de uma xícara por dia tiveram risco 27% menor de morte e aqueles que bebiam mais de uma xícara por dia (variação de 2 a 6,5 ​​a cada 24 horas) obtiveram 44 % menos risco.

 

café

 

 

“Em conclusão, o estudo sugere que o consumo moderado de café, principalmente com cafeína, está associado a menor mortalidade após um longo período de uso. Não foi encontrada associação significativa entre o consumo e a mortalidade por doenças cardiovasculares”, afirma o texto.

Em conclusão, para a mortalidade por câncer, as pessoas que beberam mais de uma xícara de café tiveram um risco 59% menor de morrer de câncer do que as pessoas que não bebiam.

Além disso, os amantes do café têm um novo motivo para não parar de tomá-lo, pois um estudo revelou que o café reduz significativamente os riscos de morte prematura e previne doenças renais e câncer.

O estudo foi realizado em 520.000 pessoas em 10 países europeus e focado em populações não brancas. Depois de examinar mais de 185.000 afro-americanos, nativos americanos, havaianos, nipo-americanos, latinos e brancos, os pesquisadores descobriram que o café aumenta a longevidade em várias raças.

Compartilhe

Stories

Matérias Similares