Empresa britânica promete solução de divergência dos tamanhos de roupas

- Continue depois da Publicidade -

Que atire a primeira pedra quem, mesmo sem engordar ou emagrecer um grama, já não teve que comprar um tamanho maior ou menor do que costuma vestir? Isso acontece pois não há uma padronização concreta da modelagem no Brasil.  Um tamanho 38 em uma loja pode equivaler ao 40 em outra e até ao 36 em diferente marca.

Já quando você vai comprar roupa no exterior, mesmo alguns lugares possuindo tais regras, as mulheres locais não têm o mesmo formato de corpo das brasileiras, dificultando a aquisição das peças, principalmente se não for provar.

Por não haver uma padronização dos tamanhos, fica muito difícil comprar uma peça de roupa. Principalmente quando se trata de um presente

Porém, a empresa britânica Select Research, especializada em morfologia do corpo, vem trabalhando um sistema que promete solucionar essas questões. A partir de simples fotos de seu corpo com o celular, o programa irá descobrir o tamanho exato de roupas e calçados para você em determinada loja. As imagens devem ser clicadas em duas posições: de frente e perfil, e após isso serem enviadas para o banco de dados do software, que após uma análise irá indicar o tamanho exato que o cliente veste. A novidade da indústria foi pauta no evento Lycra Fiber Moves, organizado pela Invista na Itália.

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

A partir do desenvolvimento de um sistema, a empresa britânica Select Research facilitará, através de um software, a descoberta do tamanho exato de roupas e até calçados

O número certo e o tamanho se tornaram a prioridade absoluta dos profissionais para satisfazer seus clientes. Mas a questão é complicada, pois a percepção de cada pessoa é muito diferente. Nós tentamos resolver esta equação com o emprego da tecnologia 3D, que oferece uma análise completa da forma, por meio da reprodução com uma espécie de cópia exata do corpo humano. Em 15 anos, digitalizamos o corpo de aproximadamente 35.000 pessoas, constituindo um banco de dados único”, explicou Richard Barnes, diretor-geral da Select Research, ao Fashionmag.

- Continue depois da Publicidade -

A novidade deve estrear em algumas lojas britânicas já neste ano, facilitando assim a tarefa dos consumidores de adquirir novos itens para seus guarda-roupas.

Imagens: reprodução / Fashionmag e Fina e Rica.

- Continue depois da Publicidade -

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes