Andrea fisiculturista

Etarismo no OnlyFans: fisiculturista de 52 anos lida com preconceito na plataforma

Conheça o caso de Andrea Sunshine, que sofre etarismo na plataforma OnlyFans. A fisiculturista ainda comenta o caso da mulher de 40 anos na faculdade de Bauru

Compartilhe

Andrea Sunshine, fisiculturista de 52 anos e criadora de conteúdos para sites adultos, comenta sobre o etarismo, preconceito contra os mais velhos. Ela, aliás, diz ser algo que vive de forma recorrente.

Bem como o caso das três jovens que debocharam da mulher de 40 anos na faculdade, Andrea sente na pele essa experiência.

Etarismo no Only Fans

“Atraso comportamental e falta de sensibilidade”, essas foram as palavras de Andrea Sunshine, apelidada de Vovó Fitness, para as jovens que zombaram da colega de turma de ’40 anos’ em Bauru, interior de São Paulo.

Tanto na faculdade, como em diversos outros espaços de convivência, o etarismo assume muitas formas.

“Está virando cada vez mais ‘normal’ eu passar por situações desse tipo. No OnlyFans, eu recebo algumas mensagens asquerosas de preconceituosos que querem acabar com a minha autoestima”, comenta Andrea sobre como lida com o preconceito.
 

De acordo com ela, a melhor forma de lidar com esse tipo de fala é mostrar, com ações, que ela pode estar e trabalhar onde quiser.

“O que o pessoal fala de mim é motivo para eu me esforçar e crescer ainda mais. Mal sabem eles que são um motivo de tudo que estou conquistando (risos)”, brincou a influencer.

Porém, o etarismo já chegou a afetar sua saúde há um tempo. Andrea Sunshine afirma que o preconceito quase fez ela desistir do trabalho. “Precisei fazer algumas sessões de terapia, e só assim para eu me redescobrir como mulher madura emponderada”, conclui.

Caso de etarismo em faculdade de Bauru

O caso começou com vídeo que viralizou nas redes, em que três estudantes debocham de outra mulher pela idade dela, 40 anos.

No vídeo, as garotas ironizam a estudante mais velha dizendo: “Gente, quiz do dia: como ‘desmatricula’ um colega de sala?”. Logo depois, outra responde: “Mano, ela tem 40 anos já. Era para estar aposentada”. “Realmente”, concorda a terceira.

A mulher preferiu não se identificar nas redes. Ela está prestes a completar 45 anos e, assim, sua sobrinha foi a público desabafar sobre o episódio.

Fonte: Instagram/Reprodução

“Ela sempre teve o sonho de estudar e nunca teve oportunidade. Hoje, ela conseguiu entrar em um curso que ela sempre quis e estava muito feliz e animada para começar as aulas, e daí surgem três meninas que só vivem na própria bolha, gravando vídeo zombando pela minha tia ser a mais velha da turma”, disse.

Já a universidade, em que a mulher cursa biomedicina, publicou um comunicado dizendo que não compactua com qualquer tipo de discriminação. Contudo, não citou o caso.

Ademais, as três jovens desistiram do curso após viralizar o vídeo e discussões sobre etarismo.

O que é etarismo?

idosos em por do sol caminhando
Fonte: Pexels/Foto de RO

O termo etarismo se refere ao preconceito ou intolerância de pessoas mais velhas, principalmente contra os idosos.

Assim, certas crenças e práticas, como o caso de Bauru, fortalecem esse preconceito ainda mais e desvalida os idosos.

Essa população consegue recorrer à legislação brasileira. Apesar de não existir o terno ‘etarismo’, a Constituição Federal e o Estatuto do Idoso coíbem a discriminação contra os idosos.

Porfim, não deixe de conferir o canal sobre Famosos no Fashion Bubbles para não perder as últimas notícias!

Compartilhe

Newsletter

Inscreva-se em nosso newsletter e receba diretamente em seu e-mail artigos exclusivos, dicas de beleza imperdíveis e as últimas novidades dos reality shows mais badalados. Não perca a chance de estar sempre à frente, conhecendo as tendências e segredos que só os verdadeiros conhecedores do universo fashion e do glamour dos realitys têm acesso!

Não fazemos spam! Leia mais em nossa política de privacidade.


Últimas notícias