Nova bandeira LGBTQIA+.

Nova bandeira LGBTQIA+: conheça o significado das cores incluídas

Além do famoso arco-íris, a nova bandeira LGBTQIA+ passa a ter novas cores em formatos diferentes e até um símbolo, saiba o porquê

Compartilhe

Durante a 27ª Parada do Orgulho LGBTQIA+, realizada no dia 27 de novembro no Rio de Janeiro, o Grupo Arco-íris lançou oficialmente a nova bandeira LGBTQIA+. A nova versão inclui cores que representam o intersexo, pessoas trans e a luta antirracista.

Após quatro anos de discussão de integrantes da comunidade LGBTQIA+, houve um consenso para chegar a na presente atualização e garantir ainda mais pluralidade e diversidade.

Qual a nova bandeira LGBT?

A versão nova da bandeira que representa a comunidade LGBTQIA+ ganhou vários novos significados.

Além do tradicional arco-íris, a atualização incluiu as cores: preto, marrom, azul claro, rosa, branco e roxo. Sendo que essas estão listradas em formato de seta do lado esquerdo rumo ao centro.

Nova bandeira LGBTQIA+ e o significado das cores incluídas.
Fonte: Instagram @lgbtqiregional

Desta forma, a seta representa o progresso da causa. Além disso, há também um círculo roxo sobre um fundo amarelo.

Esse símbolo é do orgulho intersexo e foi criado por Morgan Carpenter, em 2013, na Austrália.

  • Enquanto isso, aproveite e nos siga no Google News para saber tudo sobre Moda, Beleza, Famosos, Décor e muito mais. É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News

O que significa as novas cores da bandeira LGBTQIA+?

Atualmente, a nova bandeira LGBTQIA+ possui 13 cores, veja o significado de cada uma delas:

  1. Amarelo e roxo: pessoas intersexo
  2. Branco, rosa e azul: pessoas trans
  3. Marrom e preto: luta antirracista
  4. Amarelo: luz do sol
  5. Verde: natureza
  6. Turquesa: arte e magia
  7. Violeta: espírito humano
  8. Vermelho: vida
  9. Laranja: cura

Entretanto, na época em que foi criada, em 1978, a bandeira possuía também as cores rosa e anil. Porém, elas foram removidas posteriormente.

Quais as duas cores que foram tiradas da bandeira LGBTQIA+?

No projeto original da bandeira LGBTQIA+ haviam as cores rosa e anil.

Histórico da bandeira

Embora seja muito famosa, a bandeira do arco-íris já sofreu uma série de alterações.

A primeira versão foi criada nos Estados Unidos em 1978 pelo designer Gilbert Baker. O objetivo era promover a diversidade.

Entretanto, em 2018, Daniel Quasar, fez uma atualização na bandeira que até então era apenas um arco-íris. Na época, ele incluiu as cores que representavam pessoas não-binárias e continha as setas.

Porém, em 2021, Valentino Vecchietti fez uma nova atualização. Desta vez, o objetivo foi incluir o símbolo do intersexo.

27ª Parada do Orgulho LGBTQIA+

A Parada que é realizada anualmente em Copacabana, Rio de Janeiro. Durante o evento, o Grupo Arco-íris apresenta sempre a maior bandeira LGBTQIA+ do mundo e a nova versão não foi diferente.

Como resultado, a nova flâmula possui 124 metros de comprimento e 10 metros de largura.

Compartilhe

Notícias em Alta

Últimas Notícias