Fibra de bambu – Vantagens e desvantagens

O que é fibra de bambu? Veja os prós e contras de tecidos e utensílios feitos com essa matéria-prima e descubra se ela é sustentável.

- Continue depois da Publicidade -

Você já ouviu falar de tecido feito de fibra bambu? Pois é, o nome fez sucesso entre produtores de moda em meados dos anos 2000 por causa da associação à produção sustentável, pauta que começava a crescer. Porém, muita gente ficou com o pé atrás e o assunto virou polêmica.

Afinal, existe esse tecido? Sim, o produto existe no mercado têxtil com esse nome, tendo até versão alfaiataria. Segundo a Maximus, fornecedora de tecidos finos, o material é leve, tem toque macio e super elegante. No entanto, a composição dele é 63% Poliéster e 31% Viscose. Ou seja, o tecido de fibra de bambu é o nome comercial. Entenda como ele é feito:

 

Amostra tecido de fibra de bambu
Tecido alfaiataria fibra de bambu. Fonte: Maximus (Reprodução).

 

 

Fibra de bambu e sua produção

 

- Continue depois da Publicidade -

Segundo a Associação Catarinense do Bambu, “todos os tecidos de bambu são uma fraude, pois não podem ser feitos de uma fibra natural de bambu”.

 

 

Colheita de bambu
Fonte: Compre rural (Reprodução).

 

- Continue depois da Publicidade -

Na realidade, a fibra de bambu é uma viscose produzida de forma sintética. Por causa do tamanho inferior ao necessário para o processo de fiação, a fibra de bambu pura não serve para a tecelagem. Mesmo assim,  o bambu é uma  matéria-prima com a vantagem de fácil plantio e, como a planta volta a crescer naturalmente, a plantação pode ser considerada mais sustentável.

Com o intuito de transformar a fibra em fio têxtil,  é preciso que ela passe por processo químico, ou seja, o tecido é sintético. Além disso, normalmente está misturado com poliéster. Portanto, é possível afirmar que a fibra de bambu não é ecológica.

 

Colheita de bambu
Fonte: G1 (Reprodução).

 

- Continue depois da Publicidade -

Sustentabilidade e fibra de bambu

 

Muitas marcas acabam associando o tecido da fibra de bambu à sustentabilidade por causa da matéria-prima e desconsidera o processo químico e tóxico da fiação. Desse modo, a fibra ficou conhecida no mercado como opção sustentável. Por isso, investigue a composição do produto e os fornecedores da marca.

 

Calça pantalona e t-shirt da marca yogini da linha bambu
A marca Yogini, 100% brasileira, possui uma linha Bambu DNA dando a entender que a matéria-prima seria o bambu. A composição, no entanto, é viscose. Fonte: Yogini (Reprodução).
Blusa e regata para malhar da linha Bambu da Yogini
A marca não alega ser sustentável e seu propósito é criar roupas para Yoga e inspiradas na prática. Fonte: Yogini (Reprodução).
Calça e top para malhar da Yogini
A viscose possui sempre as mesmas características, independente da fibra natural usada. Fonte: Yogini (Reprodução).
T-shirt de bambu da marca Vista Respire
Outra marca que vende seus produtos como roupa de bambu é a Vista Respire. Com o intuito de vender um produto leve e básico, a viscose é ideal. Fonte: Vista Respire (Reprodução).

 

  • Aproveite e nos siga no Google News para poder acompanhar o melhor da Moda, Beleza, Decoração, Famosos, BBB 21 e muito mais  direto em seu smartphone. Para seguir É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟

 

Utensílios de bambu: decoração sustentável

 

Utensílios de cozinha feitos com bambu
Fonte: Maxwell & Williams (Reprodução).

 

Diferente dos tecidos, os utensílios de fibra de bambu viraram verdadeiro hit. Considerados ecológicos e de fácil manutenção, eles estão presentes nas lojas mais acessíveis de decoração. Diferente do tecido, a fibra não precisa ser comprida. Da mesma forma, é possível construir móveis industriais utilizando-a como substituta da madeira.

O artesanato de bambu também é muito comum no Brasil para decoração. Veja a demonstração da produção de um copo de bambu artesanal.

 

 

Algumas empresas utilizam plástico produzido com a fibra de bambu, associando com palavras como natural e orgânico. Como resultado, o design acaba sendo associado à sustentabilidade, sem realmente se comprometer com ela.

Copos de viagem de fibra de bambu
Copos de viagem de fibra de bambu. Fonte: Elo 7 (Reprodução).
Prato feito com fibra de bambu
Fonte: Hudson (Reprodução).

 

Você também pode gostar!

Colchão de fibra de bambu

 

Conhecido como um dos melhores tecidos para forro de colchão, a fibra de bambu virou valor agregado ao produto. Afinal, o toque é macio e o brilho remete à seda. Mas isso não significa que o produto é sustentável.

 

Entenda a polêmica da fibra de bambu

 

Desde 2006, temos publicado vários artigos sobre as vantagens ecológicas da fibra de bambu. Os leitores têm participado ativamente da discussão, uns contra outros a favor.

Leiam algumas das mensagens que recebemos sobre o tema:

“Eu já fui enganado pela farsa da fibra de bambu, mas antes de sair por aí espalhando que ela é ecologicamente correta, fui pesquisar.

O único fator que torna a fibra de bambu “ecológica” é o fato de ser produzida através de uma matéria-prima renovável e de rápido crescimento. Eu não diria ecológica, mas SUSTENTÁVEL. Esse seria o termo correto.

O processo de produção de qualquer fibra celulósica artificial tem como primeiro passo a produção de celulose (polpa de celulose), como para o papel. As polpas de celulose para a produção de fibras precisam ser muito puras, o que exige processos químicos avançados. Quem já esteve num raio de 20km de uma fábrica de celulose sabe o cheiro que tem. É o cheiro da poluição.

No caso da fibra de bambu e da viscose, o processo seguinte a produção da polpa é ainda mais poluente, pois utiliza Bissulfeto de Carbono, umas das substâncias mais tóxicas ainda usadas industrialmente.

Se fosse pra chamar uma fibra de ecológica, chamaria o liocel (conhecido pela marca Tencel by Lenzing), pois utiliza um produto químico menos nocivo que o álcool de cozinha e que é totalmente recuperado no processo. Mesmo essa, não escapa do processo de produção da polpa de celulose…”

Fibra de bambu é viscose

 

“Não existem tecidos de FIBRAS de bambu, mas sim de VISCOSE de celulose de bambu. Como a viscose é decorrente de um processo altamente poluente, o tecido de viscose de bambu não é necessariamente ECOLÓGICO.”

“ATENÇÃO PESSOAL:
O que estão chamando de tecido de fibra de bambu na realidade é o Rayon, ou viscose, e é obtido a partir de qualquer vegetal, pelo processamento da celulose com o uso de produtos químicos fortíssimos que prejudicam tanto o meio ambiente que não são mais permitidos no ocidente – esses produtos são fabricados na China, usando o bambu, mas poderiam usar até capim, e seria a mesma coisa – o produto quimico usado transforma a celulose (qualquer origem) em um material plástico que é extrudado e posteriormente tecido.

O produto final nada tem a ver com o Bambu, não é ecologicamente correto nem tem suas características – e a mão de obra é semi-escrava. dúvidas? [email protected].”

“A fibra de bambu é um mito. Na realidade se trata de viscose. Por um processo químico usando o reagente dissulfeto de carbono (CS2) toda a suposta massa de bambu (celulose) é transformada em viscose.
Não importa se a origem dessa celulose seja o bambu, eucalipto, etc etc etc… no final do processo teremos VISCOSE.

As características que o produto possui, citadas acima, são da viscose. Algum empresário de mau caráter usa o bambu, como sendo ecológico e todas as baboseiras descritas no texto apenas como pretexto de vender mais, e nos enganar.

Trabalho em um lab. químico têxtil no sul do país, e todos os nossos clientes enviam amostras da tal “fibra de bambu”, e a análise de composição é sempre a mesma: 100% VISCOSE.
Todos relutam em aceitar a verdade, e saber que foram enganados, mas de fato, o foram.”

O outro lado se defende:

 

“Acredito que o Pedro Caribé tenha sido um pouco precipitado ao comparar o uso da fibra de bambu ao capim! Isso é uma afirmação completamente equivocada. A única coisa certa que disse, é que o processo de fabricação é como o da viscose, o que significa que é muito poluente. Entretanto é uma fibra biodegradável, regenerada da celulose de polpa de bambu, que não degrada o meio ambiente.

O que o degrada é a sua produção. Seu toque fica similar à viscose, tem função antibactericida (garantida por uma associação japonesa), é inibidora de odores, tem a secagem rápida e é bem absorvente. A grande vantagem é que o bambu cresce rapidamente (uns 4 anos para a maturidade).”

Roupas feitas de Bambu

 

“Tenho roupas feitas com fibra de bambu.
Esta fibra é autenticamente de bambu, com patente, isos 9001 e 14001(este último referente ao Meio Ambiente).
È certificado por 2 órgãos reconhecidos na China também.(Torch Program Certification and Certification of AAA Trustworthy Enterprise by Agricultural Bank of China.

° Tecido possui a finess e maciêz da seda : tecidos brilhantes, confortáveis, alta durabilidade e elegância.
° Fibra com poder regulador de temperatura : o tecido possui poros de vários tamanhos trançados a fibra do bambu que podem absorver e evaporar a água três vezes mais rápido do que o cotton.
° Anti bactericida: Experimentos feitos no “Shangai Institute of Microbiology and China Textile Academy”
comprovaram a diminuição de 75% no crescimento bacteriano comparado ao algodão. Por este motivo, o
tecido foi usado em profissionais nos hospitais da Ásia na época do surgimento da epidemia de SARS.
° Ecológicamente correto: o tecido foi induvidávelmente tachado como um produto ecológicamente correto.

O processo fisico adotado para o refino e produção do material é sem elementos quimicos ou poluentes.100% biodegradável, a fribra do bambu é com certeza chamada de “Fibra verde” nos termos da proteção ambiental. A fibra possui os efeitos do bambu: repelente a insetos, ácaros e é resistente a odores.

° Possui proteção contra raios UV: sem que haja qualquer reação em sua pele, pois não usa produtos quimicos para que haja esta função. A insidência de Raios UV na fibra de bambu é de 0.6? enquanto no algodão é de 250?, o que mostra que o bambu tem a capacidade de proteger 417 vezes mais.

° Contém vários tipos de aminoácidos que fazem bem a pele, como a celulose e a pectina que hidratam a pele e recupera a aparência cansada. Ajuda na microcirculação. É resistente a eletricidade estática.

A fábrica é chinesa sim, mas se formos deixar de usar coisas por causa da mão de obra chinesa não teremos nada pois, mais de 90% das coisas que estão no mercado são feitas lá. Desde as famosas marcas de roupa (quase todas), brinquedos, móveis etc.
É bom se informar realmente antes de dizer besteiras.”

(mensagens postados no artigo Bambu promove uma autêntica revolução no mundo têxtil)

Leia o que publicamos sobre a fibra de bambu:

 

Visite o grupo de discussões sobre bambu:

  • br.groups.yahoo.com/group/agabambu
  • br.groups.yahoo.com/group/bambu-brasil

 

Editado por Ju H Mattos

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes