NYFW 2021: 12 tendências para primavera/verão 2022/2023

NYFW 2021: 12 tendências do Verão 2023 para usar já!

Graças ao alto índice de vacinação nos EUA, a NYFW 2021 voltou ao modo presencial depois de um ano de desfiles virtuais.

Com uma visão bem otimista e romântica do mundo, a semana de moda de Nova York já trouxe uma prévia de tudo que vai rolar por aqui no Verão 2023.

Assim, recortes assimétricos, franjas e a volta de algumas peças polêmicas marcaram os principais desfiles da semana.

Confira!

 

Otimismo e romantismo na NYFW 2021

 

Depois da retirada das tropas americanas do Afeganistão e a consequente retomada do poder dos Talibãs no país, o mundo clama por mais amor.

Assim, o romantismo tomou conta das passarelas e veio através de babados, rendas, laços e cintura marcada. Até mesmo Michael Kors, cuja pegada sempre passou longe do estilo romântico, trouxe para as passarelas rendas, saias evasê e silhueta bem definida.

Segundo o estilista, mais do que nunca precisamos de amor em nossas vidas.

O otimismo, que veio graças à vacinação e à volta gradual das atividades, apareceu nas cores vibrantes como laranja, rosa e até o verde que representou a esperança de que o mundo supere logo a Covid-19.

Esse otimismo também apareceu em brilhos que vieram em paetês, bordados e tecidos acetinados.

O estilo sensual também marcou grande parte dos desfiles através de muita pele à mostra com a presença de decotes, fendas e, principalmente, recortes assimétricos.

 

 

Romantismo, recortes assimétricos, muito brilho e cores vibrantes foram algumas das principais tendências da NYFW. Fonte: FFW

 

  • Aproveite e nos siga no Google News para para saber tudo sobre Moda, Beleza, Famosos, Décor e muito mais. É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News.

 

1. Cores

 

A suavidade e a delicadeza das cores em tons pastel dominaram as passarelas da NYFW 2021. Assim, as candy colors prometem continuar firmes e fortes durante a Primavera / Verão 2022/ 2023.

Além disso, as cores em tons vibrantes também marcaram presença nos desfiles, simbolizando todo o otimismo da moda em relação ao mundo pós-pandemia, onde todos poderemos estar juntos novamente.

Os destaques foram para as cores laranja, rosa e também verde que apareceram na grande maioria dos desfiles. Lembrando que o laranja já vinha ganhando força desde 2020.

 

 

Desfile Tom Ford NYFW 2021. Fonte: FFW

 

O laranja é uma das cores que marcaram a semana de moda de Nova York. Collina Strada. Fonte: FFW

 

2. Estampas

 

O romantismo tomou conta da semana de moda Nova York e ele foi muito bem representado nas estampas. Assim, Carolina Herrera e a estreante brasileira Patbo apostaram no poá e no floral liberty como as principais padronagens da temporada.

Enquanto isso, o Xadrez Vichy veio com uma pegada bem vintage nos desfiles da Coach e da Altuzarra.

 

Volume nos ombros, estampa xadrez, comprimento mini e cores em tons pastéis marcaram o desfile da Coach. Fonte: FFW

 

Com um mix de  estampas delicado, o estilo romântico predominou no desfile que comemorava os 40 anos de Carolina Herrera. Além disso, os maxi brincos também foram destaque na coleção da grife. Fonte: WWD

 

3. Recortes e vazados assimétricos (Cut-Out)

 

Roupas que deixavam a pele à mostra também marcaram a NYFW. Afinal, depois de mais de um ano trancados em casa, onde as peças sensuais foram deixadas de lado e substituídas por roupas confortáveis, mais do que nunca, queremos sair por aí mostrando o corpo.

Assim, o comprimento mini, vazados, fendas e decotes como o canoa tiveram forte presença nos desfiles.

Contudo, o que mais chamou a atenção e que promete ser uma forte tendência durante o Verão 2023 é o Cut-Out.

Assim, os recortes assimétricos surgiram nos desfiles de várias marcas, entre elas a da brasileira Patbo, e também em grifes como Christian Siriano, Rodarte e Proenza Schouler.

 

Vestido longo com gola, na cor amarela e com recortes assimétricos na parte superior. Nos pés uma sandália estilo birkenstock complementou o visual casual. Fonte: FFW

 

Vestido Patbo bicolor com fendas, recortes assimétricos, decote e com um ombro só. Fonte: FFW

 

Cristina Siriano foi o estilista que mais ousou nas passarelas ao apresentar vestidos cheios de recortes que iam desde os ombros até a os pés. Fonte: Instagram

 

4. Tops

 

Se depender da NYFW os tops vão continuar em alta durante o Verão 2023.

Dessa vez os destaques foram para os conjuntos compostos por top, minissaia e blazer cropped, no que seria uma releitura pra lá de sexy e moderna do icônico tailleur de Coco Chanel.

Os tops, que lembram a lingeries, também foram apostas de algumas marcas, principalmente nos desfiles dos estilistas Michael Kors e Tom Ford.

 

Os conjuntos de top, blazer cropped e minissaia estiveram em grande parte dos looks da Moschino.  Destaque para acessórios coloridos, além de detalhes e como  as correntes, que aparecem no colar e no cinto também fizeram parte do desfile da grife. Entenda o significado das Correntes e porque permanecem entre as principais tendências Fonte: FFW

 

Michael Kors exaltou a sensualidade feminina em looks com a silhueta marcada e tops em formato de sutiãs. Fonte: Instagram

 

5.Calça corsário

 

A polêmica calça corsário, sim ela mesma, marcou forte presença nas passarelas e chamou muito a atenção de todos que estavam presentes no desfile.

Entre as marcas que apostaram no seu retorno tivemos grandes nomes como Michael Kors, que apresentou o modelo em cintura alta, usado com um top e um blazer cropped.

Tom Ford, que fechou a semana de desfiles, também apresentou um look all black composto por calça corsário, blazer com bolsos utilitários e cinto marcando a silhueta.

 

 

Calça corsário e cintura marcada são algumas das tendências ditadas por Tom Ford. Fonte: FFW

 

Michael Kors apresentou um modelo de calça corsário com cintura alta, usado com um top e blazer cropped. Fonte: WWD

6. Franjas e plumas

 

A ideia de movimento, leveza e liberdade vieram caracterizadas na presença de franjas e plumas que prometem marcar presença na primavera/verão 2022/2023. Assim, a trend deve vir forte tanto nas roupas como nos sapatos e bolsas.

A Patbo foi uma das marcas que mais apostou nas franjas e apresentou vários vestidos com a proposta.

 

Vestido Patbo todo feito em crochê, com recortes geométricos e detalhe de franjas na barra. Fonte: FFW

 

Proenza Schouler e Rodarte também foram uma das marcas que trouxeram as franjas para a passarela.

 

Desfile Rodarte. Fonte: FFW

 

Desfile Proenza Schouler

 

7. Cintura marcada

 

Se podemos apostar em algum acessório para primavera verão 2022/2023, sem dúvida essa peça seria o cinto.

Seja nos modelos mais finos quanto nos mais grossos, os cintos usados para marcar e definir a silhueta estiveram presentes em vários desfiles.

Assim, marcas importantes como Michael Kors, Altuzarra e Tory Burch investiram numa silhueta mais feminina, com uma cintura bem marcada e delineada.

 

Enquanto alguns estilistas apresentaram roupas com tecidos volumosos, a Tory Burch apostou na sensualidade da transparência. Fonte: WWD

 

Kendal Jenner no desfile Michael Kors usou uma saia lápis preta, com cinto  e, por fim, um  um top  no formato de sutiã. Fonte: Instagram

 

Enquanto a fenda lateral da saia e o decote profundo dão um apelo sensual ao look, a estampa floral liberty ,os babados e a cintura marcada  conferem um  mood mais romântico nesta proposta da Rodarte. Fonte: WWD

 

8. Oversized

 

Apesar da forte presença de roupas marcando a silhueta, toda a ideia de conforto que vimos ganhar força durante a pandemia continuará em alta.

Assim, em contraposição a silhueta marcada, os modelos oversized marcaram presença na grande maioria das coleções e vieram, principalmente, através de blazers com os ombros marcados e camisas compridas.

Carolina Herrera trouxe a camisa branca DNA da marca, em tamanho oversized, assim como o Peter Do que apostou numa camisa preta com uma calça em modelagem fluída com abertura na lateral.

Enquanto isso, Proenza Schouler também trouxe para o NYFW um blazer laranja, bem estruturado e com ombreiras bem marcadas.

 

 

O conjunto de alfaiataria laranja composto por blazer oversized ganharam um mood mais casual graças ao modelo de sandália birkenstock preta. Fonte: FFW

 

A tradicional camisa branca apareceu no desfile da Carolina Herrera , mas desse vez num tamanho oversized e com mangas bufantes combinada com uma saia preta de alfaiataria. Fonte: WWD

 

9. Alfaiataria desconstruída

 

Certamente, a ideia de tirar da alfaiataria toda a formalidade e seriedade, a qual ela sempre foi associada ainda, vai perdurar por um bom tempo na moda.

Assim, a alfaiataria desconstruída tem sido recorrente em diversos desfiles e coleções das principais grifes do mundo.

Na NYFW, a desconstrução apareceu tanto nas passarelas quanto no street style e veio através do blazer cropped, aplicações de crochês e bordados e, por fim, em modelagens assimétricas.

Enquanto isso, a clássica camisa branca também apareceu com recortes diferentes, mangas bufantes e laços.

 

  • Leia também: Alfaiataria feminina: 9 formas estilosas e modernas de usar esse clássico sem parecer careta!!

 

A Rodarte apresentou a alfaiataria desconstruída em um blazer oversized com flores brancas bordadas num tecido azul. Fonte: FFW

 

A Altuzarra apresentou um conjunto de alfaiataria off white com aplicação de crochê no blazer oversided. Fonte: FFW

 

Chistian Siriano trouxe para as passarelas um modelo de blazer com assimetria nos botões. Fonte: Instagram

 

10. Crochê

 

As peças feitas a mão como o crochê vão continuar em alta na primavera/verão 2022/ 2023.

Assim, a grife brasileira Patbo, que fez sua estreia no NYFW,  foi a marca que mais trouxe para as passarelas peças feitas em crochê com adição de detalhes como franjas, por exemplo.

 

 

Desfile da Patbo. Fonte: FFW

 

A Altuzarra também teve grande parte da sua coleção feita em crochê que contou com vestidos e até uma mistura inusitada com alfaiataria.

 

A Altuzarra trouxe para o NYFW 2021 diversos modelos com aplicação de crochês. Fonte: WWD

11. Saia balão

 

Além da calça corsário, outra tendência polêmica que marcou presença na NYFW foi o modelo saia balão.

Carolina Herrera foi a marca que mais apostou na trend, que veio tanto na barra de vestidos sem alça quanto nas mangas.

 

Enquanto algumas grifes apostaram em modelagens longilíneas, Carolina Herrera trouxe para passarela vestidos amplos e volumosos. Fonte: WWD

 

12. Brilhos e transparências

 

As peças com brilho, repletas de paetê, glitter e tecidos acetinados foram a forma que marcas como Tom Ford e Rodarte expressaram toda a sua ansiedade com a volta das festas e eventos presenciais.

Além disso, a transparência é outra forte tendência que vimos não só nos principais desfiles da NYFW 2021, mas também no MET Gala 2021.

 

Desfile Tom Ford. Fonte: FFW

 

Enfim, estas foram as 12 principais tendências para primavera/verão 2022/2023 que apareceram nos principais desfiles da NYFW 2021.

Aproveite e acompanhe também todas as nossas dicas de moda e estilo e fique por dentro de todas as principais tendências do momento.

AcessóriosAcessórios Verão 2023Cores Verão 2023desfiles 2021Desfiles primavera/verão 2021NYFWNYFW 2021Primavera/verão 2022Primavera/verão 2023semana de moda de nova york 2021Semanas de ModaTendênciasVerão 2023