Xadrez: história, diferentes estilos e ideias de looks 2021

O xadrez é uma das padronagens mais antigas da história. Mesmo assim, ele se renova constantemente e tem tudo pra ser hit em 2021 e 2022.

  • 3.8K
    Shares

- Continue depois da Publicidade -

O xadrez é uma das padronagens mais antigas da história. Desde que se tem registro dos primeiros padrões até os dias atuais, ele vem se reinventando na indumentária e na moda. Assim, marcou décadas, estilistas e até eras.

Atualmente, as diferentes versões de estampa xadrez estão conquistando as novas gerações. Certamente porque seu diferencial é dialogar com o momento de mudanças pelo qual passamos.  Afinal, eles transitam entre vários estilos, servindo de inspiração desde mix de estampas até looks inovadores.

 

 

Modelo vestido campo xadrez sentada
O xadrez se renova frequentemente em diferentes estilos na moda.

 

Amostras dos padrões Tarntan, Mandras, Vichy, Príncioe de Gales, Pied-de-poule, Burberry
Tarntan, Mandras, Vichy, Príncioe de Gales, Pied-de-poule, Burberry

 

Saiba mais sobre os seis tipos mais famosos de xadrez e sua origem. Enquanto isso, dá uma olhada nos looks inspiradores que selecionamos.

 

- Continue depois da Publicidade -

Xadrez Tartã / Tartan

 

O nome tem origem no tecido Tartã. No entanto, também é conhecido como tartan. Ele nada mais é do que um tecido de lã com a trama bem fechada, mas de gramatura  leve.  O tecido é construído a partir do cruzamento das listras de diferentes cores e larguras. A princípio, na Idade Média, os fios de lã eram coloridos com pigmentos naturais de frutas, tais como: amoras, morangos e framboesas. Por isso, a cor vermelha se tornou grande característica do padrão.

- Continue depois da Publicidade -

Em primeiro lugar, a base dos tartans resulta da tecelagem de fios coloridos do urdume (vertical) e da trama (horizontal). Ou seja, a partir do cruzamento em ângulo reto no tear. Assim, os blocos resultantes criam o sett:  linhas e quadrados de um padrão xadrez.

De acordo com a jornalista Dinah Pezzolo, em seu livro “Tecidos: Histórias, tramas, tipos e usos”, alguns clãs escoceses foram os responsáveis pela invenção do tartan. Isso porque, no início do século XVIII, eles desenvolveram um  “código relativo ao vestuário”  para “identificar e fortalecer a união dos seus clãs”.  Desse modo, os kilts, tradicionais saias escocesas feitas de tartan, passaram a configurar a indumentária desses grupos.

Depois que a Segunda Guerra Mundial acabou, o xadrez tartan tornou-se popular, entrando de vez para o mundo da moda.

 

- Continue depois da Publicidade -

Street Style Tokio : camisa tarntan vibrante
O estilo xadrez pop com cores vibrantes para 2021: Aposte nele com veludo para o look despojado e bem urbano
Conjunto alfaiataria masculino tartan
O conjunto alfaiataria em tartan com cinza e rosa renova o visual vintage para 2021.

 

Curiosidades do Tartan:

 

O kilt foi proibido depois da Batalha de Colluden, em 1746. Dinah explica que ao ganharem  a batalha, os ingleses baniram os trajes por 36 anos. Mesmo assim, foi só no século XIX que o traje e o tartan voltaram a ser símbolo cultural. A família real passou a se apropriar do padrão, chegando a criar um próprio, o “balmoral”.

Os trajes continuam representando os clãs escoceses. Aliás, o Musel Real da Escócia, em Edimburgo, mantém uma exposição com mais de 1.600 tartans diferentes. Dinah aponta ainda que “algumas empresas registram seus próprios desenhos de tartans para a identificação de  produtos como uísques, fumo para cachimbo, biscoitos, entre outros.”

Clique nas fotos para ver imagens ampliadas: a trajetória do xadrez tartan.

 

Xadrez Vichy

 

O quadriculado tipo “toalha de piquenique” foi batizado em referência à cidade francesa de Vichy. O vestido de verão com o padrão ganhou muitos adeptos durante o século XIX. Mas só voltou a moda  quando a estampa virou a queridinha das pinups. Assim, o padrão marcou as décadas de 40 e 50. Além disso, a padronagem virou a  favorita das celebridades da época.

Brigitte Bardot, por exemplo,  foi fotografada usando um biquíni em vichy e casou-se com um vestido desta estampa popularizando-a ainda mais. Tempos depois, tornou-se símbolo da rede de lojas francesas Tati. Em 1980, o Vichy entrou em definitivo para o mundo fashion quando o estilista Azzedine Aläia usou-o  em suas criações.

Camiza xadrez candy color com sneaker
A combinação vintage com o hit candy colors é tudo que você precisa para looks despojados. Desse modo, aposte na camisa com sneaker.
Paletó vichy amarelo e preto vibrante
Street style 2021:Looks casuais com alfaiataria tendem a crescer nos próximos anos. Por isso, aposte no paletó Vichy vibrante.
Street style Copenhagen - Vestido vichy
O Vichy é perfeito para o visual vintage! Aposte na padronagem simples para vestidos bem delicados no outono 2021.
Blazer e short vichy preto
A série da Netflix “Emily em Paris” entregou looks maravilhosos! Nesse, é confirmada a tendência do terninho moderno e do xadrez vichy!

 

Xadrez Príncipe de Gales

 

Essa variação de padronagem xadrez tem seu nome relacionado a Eduardo VII, que através de sua elegância quando era príncipe de Gales introduziu o padrão na moda. Por muito tempo, permaneceu  como um desenho exclusivo da moda masculina. No entanto, hoje veste homens e mulheres.

Também conhecido como glen check, ele é formado por diversas linhas muito finas horizontais que se cruzam com a mesma quantidade de riscas verticais. O resultado é um padrão xadrez melhor percebido de uma certa distância.

Inicialmente, este padrão era encontrado em cores neutras como o cinza, preto e bege, mas hoje é possível encontrar trajes com belas combinações em tons de azul marinho, por exemplo. Geralmente aparece em peças de alfaiataria e em cores mais neutras.

 

Paletó tipo camisa com xadrez príncipe de Gales
Street Style Tokio 21: O paletó tipo camisa com xadrez Príncipe de Gales deixa o street wear mais sofisticado.
Conjunto paletó e short Príncipe de Gales
Mais um pouco de terninho. Vindo do Street style Copenhagen 21, o conjunto Príncipe de Gales é referência para o casual chic!

 

Xadrêz Madras

 

A mais colorida delas e a mais delicada. O Madras está sempre em evidência em camisas esportivas masculinas. O seu nome faz referência a cidade de Madras, na Índia, onde era originalmente tecido.

O Madras permite que a padronagem xadrez seja reproduzida numa grande variedade de cores e desenhos.

T-shirt e calça madras
O Madras é um xadrez super atual e promessa para 2012. Aposte nas calças cintura alta para compor com croppeds e blusas neutros.
Vestido mandras com regata tricô
A padronagem ainda se renova com diferentes ângulos. Dessa forma, o vestido ganha outro movimento. Além disso, explore sobreposições com tricô para 2021.

Confira ainda nosso Caderno de Tendências e de Caderno de Comportamento. Aproveite para visitar nosso especial de Sustentabilidade.

Xadrez Pied-de-poule

 

A tradução quer dizer “pé-de-galinha” e não é por acaso. O desenho dos quadrados com as pontas alongadas lembram as pegadas deixadas no chão por uma galinha. Definitivamente, o padrão faz parte do imaginário de qualquer interessado por moda.

Ele é um tipo de xadrez miúdo que resulta do entrelaçamento dos fios de trama com os de urdume.  Se os desenhos formados forem maiores, a padronagem é chamada de pied-de-coq (pé-de-galo).

Assim como o tartan, ele tem origem na tradição escocesa e simboliza paz e não violência. A primeira vaga de popularidade da estampa fica associada à figura de Eduardo VIII, príncipe de Gales.

Em 1934, a revista Vogue faz destaque do padrão na sua edição de Janeiro. Por consequência,  a estampa virou símbolo da alta-costura. As décadas que se seguiram viram a Casa Dior, a Casa Chanel e designers como Roger Vivier reinventando a estampa e consolidando o seu status icônico. Inclusive, a padronagem foi popularizada por Coco Chanel, na sua famosa versão preto e branco.

 

Tricô pied-de-poules
O colete de tricô está no nosso radar de tendências 2021! Com o pied-de-poule ele fica bem sofisticado. Aposte na bermuda ciclista para finalizar.
Camisa preta com calça pied-de-poules
A padronagem ainda fica muito chique em calças com camisas neutras. Já fica a dica para aquele look de trabalho super clássico.

Burberry

 

Um dos tartans mais famosos dentro da moda é o da Burberry, já que tem mais de oitenta anos de existência como marca registrada.

Criada em 1856 por Thomas Burberry, a marca alcançou reconhecimento inicial com o clássico trench coat. Apesar de Thomas Burberry ter desenhado a peça em 1901,  foi a beleza do seu forro que fez dela um ícone da Burberry, aparecendo nas peças da grife em 1924.

Thomas Burberry conseguiu, através da apropriação cuidadosa  da tradição escocesa. universalizar um xadrez em tons de bege, vermelho, preto e branco que se tornaria icônico. Sua propagação e popularização se consolidou após a segunda metade do século passado, Por consequência, o estampado xadrez da Burberry  é um dos mais reconhecidos e populares do mundo.

 

Conjunto alfaiataria xadrez
O blazer e saia com xadrez Burberry  ficam harmoniosos com a blusa de malha gola alta. Logo, são o combo perfeito para o outono!
coturno, calça burberry e casaco tricô.
Para o estilo urbano chique perfeito, aposte no coturno, calça Burberry e casaco tricô.

Mix de estampas 2021

 

A mistura de duas ou mais estampas tem se destacado nos looks do street style e nas Fashion Weeks. Se pararmos para pensar sobre o momento de transição pelo qual passamos, é possível entender o porquê.

Em momentos assim, buscamos referências do passado para prospectar o futuro. Ou seja, acabamos pegando estéticas de outros tempos e misturando tudo. Desse modo, a identidade do nosso tempo é quase um patchwork de estilos e referências.

Mesmo assim, isso não significa que você precise misturar todas as estampas do seu armário. Até porque muitas marcas já estão apostando em peças harmoniosas com mix de estampa. Nada melhor que usar o xadrex como base.

Você também pode gostar!
  • Veja como o Gucci Fest trouxe o mix de estampas xadrez.

 

Blusa xadrez vichy com cogumelo
A blusa desse look do street style mistura o xadrez com cogumelos e morangos. Esse mix é super Cottagecore.
Blazer xadrez com vestido floral street style
Já esse look com floral é grande aposta para 2021! Portanto, procure combinar estampas que tenham pelo menos uma cor próxima.
Street style colete patchwork e conjunto xadrez burberry
O look com colete patchwork resume bem o espírito do mix de estampas. Ainda mais misturado com o Burberry.
Blazer xadrez com conjunto blusa e short
Ainda dá para criar um look bem refresh com xadrez em tom pastel e um mini floral delicado.

Looks xadrez: Origem e simbologia

 

Escavações  – xadrez na Idade do Ferro

 

Estampas geométricas fazem parte da história humana. Na história da moda ocidental, a origem do xadrez pode ser traçada até a Idade do Ferro (700 –50 a.C.) no Norte da Europa.  Pesquisas arqueológicas escavaram vários sacrifícios humanos. Neles, foi possível identificar as padronagens têxteis das roupas das vítimas.

Os pigmentos  de base vegetal davam a cor na lã, naturalmente branca. Um manto encontrado em Thorsberg, Alemanha, por exemplo, comprova uma padronagem xadrez combinando 3 tons de azul.

Outro exemplo é a saia e blusa em xadrez azul e vermelho com um barrado em vermelho e branco de  uma jovem encontrada na Lønne Hede, Dinamarca.  Da mesma forma que o Pied-de-poule pode ser associado as cores preto e branco, o padrão vermelho e branco  é conhecido como “Medevi square”, considerado marca registrada do xadrez sueco.

Em uma escavação perto de Falkirk, Escócia, descobriram um jarro de terracota que data do século 3 a.C.. Ele guardava moedas de prata e tinha como tampa um pano xadrez nas cores marrom e branca.

Looks xadrez no pós guerra:

 

Séculos de distância dos primeiros kilts e mais ainda dos primeiros panos xadrez, o  século XX, posicionou o padrão como tradicionalmente masculino. Desse modo, estampavam paletós, calças e casacos. Somente depois da segunda Guerra Mundial que tornou-se popular para as mulheres também. Logo,  cada vez mais mantos, xales, saias e vestidos vinham no padrão xadrez.

Foi Madeimosele Coco Chanel que trouxe para o guarda roupa feminino roupas elegantes e confortáveis no padrão tartan. Posteriormente, a década de 1960 marcou o o xadrez no uso das calças, que viravam um verdadeiro símbolo da liberdade feminina.

 Clique para ampliar a imagem: Pied-de-poule através das décadas.
 Clique para ampliar a imagem: Vichy através das décadas.

 

Na década de 70, com o surgimento dos punks, o xadrez foi usado como detalhes e tinha a intenção de ironizar e romper com os ícones culturais, exigindo mudanças sociais e comportamentais.

Looks xadrez anos 80

 

Nos anos 80 vários estilistas famosos lançaram calças nessa padronagem, entre eles a inglesa Vivienne Westwood . Logo depois, o xadrez virou mania nos anos 90, com o grunge.

Grunge (às vezes chamado de Seattle Sound ou Som de Seattle) foi um subgênero do rock alternativo que surgiu no final da década de 1980 no estado americano de Washington, principalmente em Seattle, inspirado pelo hardcore punk, pelo heavy metal e pelo indie rock.

 

 

Elegemos a Lady Diana a musa do Xadrez

 

Lady Di adorava usar xadrez em seus looks, o que era bastante compreensível, uma vez que o xadrez  tartan era parte da cultura do Reino Unido por representar clãs escoceses. Nada mais apropriado para a princesa do Reino Unido do que explorar esta estampa tão tradicional da sua cultura.

  • Aproveite para ver nossa análise da série The Crown,  que replicou os looks da Princesa Diana.

2010-2020: uma década de looks xadrez

 

saia xadrez tartan 2
Saia xadrez tartan era muito usada em 2016

conjunto alfaiataria xadrez tartan saia xdrez tartan 3

Além disso, a moda de trabalho feminina da década de 2010 aderiu ao padrão!
Casaco xadrez madras 2016
O look de 2016 já anunciava a popularização do Madras.
Os looks com o Madras nas semanas de moda em 2016
Assim como os looks xadrez Madras nas semanas de moda em 2016.

Calça xadrez vichy Xadrez vichy Brigitte Bardot look com saia gode em xadrez vichy

As saias e calças Vichy ficaram muito populares em 2016. Veja a referência direta ao look de Brigitte Bardot.
Estampas Vichy no Street Style de 2016
Os looks xadrez VIchy no Street Style de 2016 , por exemplo, indicavam a tendência.

Casaco pied de poule 2Look com saia pied de poule 2

O pied-de-poule fez muito sucesso em 2016 nas mais diversas peças de moda.

Echarpe xadrez burberry burberry 2

O xadrez da Burberry não pode faltar nas coleções da marca. Coleção 2016.
Casaco com xadrez principe de gales
O blazer longo do look de 2016 está super atual! Ou seja, moda executiva somada a moda comfy.
Outros looks bem clássicos com pied-de-poule. 

 

 Gostou? Curta nossa página no Instagram: @fashionbubblesoficial. Aproveite para compartilhar nosso texto nas redes sociais.

 

Por Priscila Citera e Julia H Mattos

Priscila Citera é consultora de estilo e Psicóloga e usa seus conhecimentos para unir duas paixões (Moda e Pessoas) e empoderar as mulheres, incentivando o autoconhecimento e falando de como se pode usar a forma como se veste a favor da autoestima!

Editado por Julia H Mattos

  • 3.8K
    Shares

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes