Imagem com fundo bege. No lado direito, foto mulher com vestido da Riachuelo. No lado esquerdo, logos da Riachuelo (cor predominante preto) e logo da Sou de Algodão (cores predominantes preto e azul).

Riachuelo, em prol da moda sustentável, se une ao Movimento Sou de Algodão

Saiba tudo sobre a parceria entre a Riachuelo e o Movimento Sou de Algodão. Ainda mais, veja o que a empresa de moda faz para ser sustentável

Compartilhe

A Riachuelo está sempre reafirmando o seu compromisso de mitigar os impactos ambientais causados pela indústria da moda. Desse modo, a marca se aliou ao Movimento Sou de Algodão. Reforçando a atenção para o cultivo e produção sustentável da fibra que torna o Brasil uma grande referência de produção responsável: o algodão.

Em seguida, veja detalhes da parceria entre o Movimento Sou de Algodão e a Riachuelo. Confira o que rolou na visita da marca aos campos de algodão. Saiba a importância das marcas parceiras do movimento. Bem como, descubra o que a Riachuelo faz para ser sustentável.

Quando a Riachuelo fechou parceria com o Movimento Sou de Algodão?

É oficial! A Riachuelo oficializou parceria com o Movimento Sou de Algodão. A adesão aconteceu dia 7 de outubro, data em que, aliás, é celebrado o Dia Mundial do Algodão. Parceiras, marca e iniciativa trabalham juntas agora em prol da moda sustentável.

Imagem em campo de algodão. No centro, mulher agachada colhendo algodão.
Campo de algodão da Sou de Algodão. Fonte: Instagram @soudealgodao

A Sou de Algodão é uma iniciativa da Abrapa (Associação Brasileira dos Produtores do Algodão). Ela conta com a participação de mais de 11.000 marcas de segmentos diferentes.

O Dia Mundial do Algodão foi oficializado pela Organização Mundial do Comércio (OMC) em Genebra, na Suíça. Seu objetivo é enaltecer a matéria-prima que tanto dinamiza o meio agrícola, bem como a economia mundial e brasileira. Afinal, o país é o 4º maior produtor do mundo.

Riachuelo conhece o trabalho da Sou de Algodão

A marca Riachuelo conheceu de perto o trabalho da Sou de Algodão. O objetivo da marca: buscar novas soluções e um novo jeito de fazer moda.

O encontro aconteceu através do CRIA!, movimento da marca que materializa a responsabilidade com a sociedade e com o meio ambiente.

A experiência foi imersiva, na Cotton Trip, iniciativa que leva gestores de grandes marcas do Brasil até os campos de algodão.

“Tivemos o imenso prazer de conhecer de perto o movimento que promove a produção responsável da fibra, algo essencial para a Riachuelo que atua fortemente na preservação da cadeia de valor para ofertar produtos que causem menos impactos ambientais, desde a extração da matéria-prima até a entrega do produto na arara”.

Valesca Magalhães, gerente executiva de Sustentabilidade da Riachuelo

Imagem com fundo de campo de algodão. No centro, homem fazendo manobra com uma mão só no chão, usando roupas feitas de algodão sustentável.
Fonte: Instagram @soudealgodao

A importância das marcas parceiras

O presidente da Abrapa, Júlio Cézar Busato, considera a presença de todas as marcas parceiras importantíssima, desde o pequeno empreendedor aos grandes varejistas.

Para ele, a entrada da Riachuelo ajuda na comprovação do quanto o trabalho do movimento Sou de Algodão reforça e fortalece a união da cadeia. Desse modo, a indústria e a mão de obra nacional também são valorizadas.

“A nossa intenção é diminuir as distâncias entre os diferentes públicos e realizar a comunicação com os consumidores, envolvendo os produtores de algodão e a cadeia têxtil. Ao mostrarmos que a fibra é o elemento que nos conecta e demonstrarmos a importância de cada agente, unimos todos em torno de um único propósito e rompemos os limites entre cada setor para que eles possam se comunicar”.

Júlio Cézar Busato

O que a Riachuelo faz para ser sustentável?

A Riachuelo, membro da Better Cotton Initiative (BCI), investe em matérias-primas mais sustentáveis e certificadas. Por exemplo, a viscose produzida a partir da celulose extraída da madeira, que passa por uma “quebra” por meio de processos químicos, até se obter a fibra.

Imagem com fundo verde de natureza. No centro, mulher sentada na grama usando roupa da Riachuelo.
Fonte: Instagram @riachuelo

Além disso, certificada pela Lenzing ou Birlga, a matéria-prima vem de madeiras originadas de manejo florestal responsável. Que são de um processo produtivo com rígidos padrões ambientais relacionados a recursos hídricos e emissões.

Jeans sustentável

Você sabia que o Brasil é o segundo maior produtor de denim e o terceiro na produção de malhas? A Riachuelo, que se preocupa com o setor, além de matérias-primas mais sustentáveis, possui um jeans mais sustentável com fibras têxteis mais sustentáveis.

Além disso, a energia da marca é 100% renovável e houve a redução de até 85% da utilização de químicos. Desse modo, a título de exemplo, o jeans, para ser produzido, consome cerca de 90% menos de água em relação aos processos convencionais.

Nesse sentido, a parceria entre a Riachuelo e o Movimento Sou de Algodão reforça a atenção para o cultivo e produção sustentável do algodão. Usado em 89% na fabricação das peças no parque fabril da marca em Natal e Fortaleza.

“Estamos felizes em fazer parte deste Movimento tão significativo para a cadeia da principal matéria-prima usada na nossa confecção. Acreditamos que essa parceria será essencial para promover a importância de se fazer uma moda mais responsável, conscientizando e mobilizando a sociedade e clientes a abraçarem essa causa”.

Valesca Magalhães, gerente executiva de Sustentabilidade da Riachuelo

Qual o objetivo da Sou de Algodão?

O movimento nasceu em 2016, com a intenção de despertar uma consciência coletiva em torno da moda e do consumo responsável.

Desse modo, a iniciativa une e valoriza os profissionais da cadeira do algodão. Dialogando com o consumidor final com ações, conteúdo e parcerias com marcas e empresas.

Imagem com fundo de campo de algodão. No centro, menina criança usando vestido branco e óculos rosa, soprando algodão.
Fonte: Instagram @soudealgodao

Outro objetivo do movimento é informar e democratizar o Algodão Brasileiro Responsável (ABR), que segue rigorosos critérios ambientais, sociais e econômicos, com 84% da produção com certificação ABR.

Enfim, para saber mais notícias da moda, tendências e dicas de estilo, visite a nossa categoria moda.

Compartilhe

Notícias em Alta

Últimas Notícias