Vencedores do prêmio “Fotógrafo subaquático de 2021”

Aqui estão as fotos subaquáticas vencedoras pelo Fotógrafo Subaquático do Ano 2021. Os protagonistas das fotos são a incrível biodiversidade do patrimônio subaquático, mas também a fragilidade e as ameaças dos nossos tempos, como a poluição.

  • 10
    Shares

- Continue depois da Publicidade -

Ainda hoje, o homem conhece apenas uma pequena parte dos oceanos, cheia de vida, cores, sons. O concurso Fotógrafo Subaquático do Ano pretende tentar oferecer um vislumbre deste mundo fantástico, escuro e imenso.

O concurso de fotografia acontece anualmente desde 1965, é organizado no Reino Unido e premia 13 categorias. O objetivo: celebrar a arte fotográfica subaquática, seja em oceanos, lagos ou piscinas.

 

1º Lugar: tubarões e gaivotas

 

foto vencedora do concurso subaquática

 

O vencedor da edição 2021 da UPY é Renee Capozzola da Califórnia, EUA. Seu instantâneo intitulado “Shark’s Skylight” mostra dois tubarões de ponta preta nadando sob algumas gaivotas durante o pôr do sol na ilha de Moorea, na Polinésia Francesa.

- Continue depois da Publicidade -

Nascida no sul da Califórnia, Capozzola já viajou o mundo todo com sua câmera.

- Continue depois da Publicidade -

“A Polinésia Francesa protege fortemente seus tubarões, é meu lugar favorito para fotografá-los”, disse ela em um comunicado divulgado pelos organizadores do concurso.
“Dediquei várias noites a fotografar nas águas rasas ao pôr do sol e finalmente fui recompensada com esta cena: Água cristalina, um pôr do sol rico, tubarões e até pássaros.”
  • Confira também: Fotos Radicais – Adrenalina e criatividade no Red Bull Illume, um dos mais quentes concursos de fotografia de aventura

2º Lugar na foto subaquática: “Câmara Gótica”

 

foto no mar

 

A Riviera Maia, no México, abriga os maiores sistemas de rios subterrâneos do mundo. A foto, tirada no site “Cenote Monkey Dust” no meio da noite, é de Martin Broen, que terminou em segundo lugar na competição deste ano.

3º Lugar na foto subaquática: albatroz nas águas de um lago na Tasmânia

 

- Continue depois da Publicidade -

albatroz nas águas de um lago na Tasmânia

 

Terceiro lugar para a foto deste albatroz de sobrancelha negra (Thalassarche melanophrys) nas águas de um lago na Tasmânia. A foto é de Danny Lee.

 

4º Lugar: mar de águas-vivas

 

mar de águas-vivas foto subaquática

 

Um mar de águas-vivas: a foto foi tirada por Oleg Gaponyuk em março de 2020 em Palau, no Oceano Pacífico, cerca de 500 km a leste das Filipinas.

 

Você também pode gostar!

2ºlugar na categoria “conservação marinha”

 

categoria “conservação marinha”

 

A imagem do italiano Pasquale Vassallo. O fotógrafo e biólogo da Campânia ficou em segundo lugar na categoria “conservação marinha”.

1º lugar na categoria comportamento

 

 foto subaquática

 

Uma cena “assustadora” subaquática: os peixinhos fogem de um marlin nas águas do México. A foto é de Karim Iliya.

“Fui ao México para documentar esses frenesi, mas não esperava uma caçada tão rápida, quase rápida demais para meu cérebro processar”, escreveu Iliya.

 

Prêmio de foto subaquática de naufrágios

 

naufrágio de um navio foto subaquática

 

Tobias Friedrich imortalizou o naufrágio de um navio nas profundezas de Nassau, Bahamas.

Tobias Friedrich fotografou um navio afundado, ganhando assim o primeiro lugar na categoria Naufrágios.

Esta edição contou com 4.500 fotografias de profissionais e entusiastas de 68 países.

A competição subaquática tem 13 categorias, com temas como macro, grande angular, comportamento e fotografia de destroços, além de quatro categorias para fotos tiradas especificamente em águas britânicas.

  • 10
    Shares

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes