Fotos de Maju Coutinho.

Quem é Maju Coutinho? Tudo sobre a jornalista da Rede Globo

Conheça a trajetória que Maria Júlia (Maju Coutinho) traçou até se tornar apresentadora oficial do “Fantástico”, ao lado de Poliana Abritta

Compartilhe

Maria Júlia Coutinho Portes nasceu em São Paulo, no dia 10 de agosto de 1978. Ficou conhecida nacionalmente pelo profissionalismo como jornalista, comentarista, radialista, repórter e apresentadora.

Ganhou ainda mais conceito em 30 de setembro de 2019, quando se tornou âncora do “Jornal Hoje”.

Maju, apelido que é mais conhecida, está na Rede Globo há 14 anos. Confira, em seguida, mais sobre a trajetória, carreira e vida pessoal da jornalista.

 

Quem é Maju Coutinho?

 

Foto de Maju Coutinho.
Maria Júlia Coutinho nasceu em São Paulo, em 1978. Fonte: Instagram

 

  • Leia também Tadeu Schmidt se emociona ao anunciar saída do “Fantástico”

 

De origem paulista, Maju é filha de Zilma Coutinho e João Raimundo Coutinho. Possui 43 anos e é do signo de virgem.

Os pais de Maju são educadores. O que a inspirou, antes de encontrar seu verdadeiro propósito, querer ser professora.

Na infância, ela sempre brincou de telejornal. Fazia jornaizinhos para a escola ou apenas para brincar. Assim, nasceu o amor pelo jornalismo.

 

 

 

Carreira

 

A Maju Coutinho se formou em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero. Fez estágio na Fundação Padre Anchieta, onde atuou até chegar à reportagem.

Em 2005, apresentou o “Jornal da Cultura” ao lado de Heródoto Barbeiro. Em seguida, passou a apresentar o “Cultura do Meio-Dia”, junto de Laila Dawa e Vladir Lemos.

Dois anos depois, voltou para as reportagens. Sendo contratada pela Rede Globo. Em 2013, Maria Júlia passou a comandar o posto das previsões climáticas do “Jornal Hoje” e do “Jornal Nacional”. Assim, ganhando destaque como apresentadora de meteorologia.

Em abril de 2015, Maju Coutinho começou a apresentar ao vivo a previsão do tempo do “Jornal Nacional”. No mesmo ano, passou a fazer parte da lista de apresentadores do “SPTV”.

 

  • Em seguida, veja Estilo Maju Coutinho — 1ª âncora negra do JN é inspiração para looks de trabalho elegantes

 

Assim, alguns dos trabalhos executados pela jornalista. Fonte: TV Prime/ Geledes/ O Planeta TV

 

Mais sobre sua trajetória

 

Em 2016, a equipe do jornal “O Globo” elegeu a jornalista a personalidade do ano na categoria Segundo Caderno/+TV. Um ano depois, ela passou a comandar o “Jornal Hoje”. Que assumiu até 2019.

Maju Coutinho foi a primeira mulher negra a fazer parte do quadro fixo de apresentadores do Jornal Nacional. Fato que aconteceu em 16 de fevereiro de 2019. Neste mesmo ano, também apresentou eventualmente o “Fantástico”. Cobrindo as férias de Poliana Abritta.

Em setembro de 2019, deixou a previsão do tempo do JN e o SPTV. Pois, começou a apresentar o “Jornal Hoje”.
Em 10 de outubro de 2021, Maju anunciou sua saída do “JH”. Ela irá assumir o “Fantástico”, ao lado de Poliana Abritta. Em seguida, confira um resumo da trajetória da jornalista:

 

  • Confira também Quem é Adriane Galisteu: tudo sobre a apresentadora de A Fazenda 13

 

Tabela com os trabalhos de Maju Coutinho.
Os trabalhos de Maju Coutinho. Fonte: Wikipédia.

 

O Tadeu Schmidt, que era o apresentador fixo da revista eletrônica dominical, irá assumir o Big Brother Brasil. Reality antes apresentado por Tiago Leifert, que deixou a Rede Globo.

 

Qual o salário da jornalista Maju Coutinho?

 

Segundo o site FDR, Maju recebia R$ 60 mil como apresentadora do “Jornal Hoje”. Contudo, com a mudança para apresentar o “Fantástico”, esse valor irá duplicar. Passando a receber cerca de R$ 120 mil.

 

 

A vida pessoal de Maju Coutinho

 

Em 2010, a jornalista se casou com o publicitário Agostinho Paulo Moura. Maju Coutinho não tem filhos. Para entrevistas relevou que gosta de crianças, mas que nunca sentiu vontade de ser mãe. O marido, aliás, a apoia na decisão.

Maju fez um exame, neste ano, para descobrir a sua ancestralidade. Confira o resultado do teste:

 

Foto com gráficos demonstrando a ancestralidade da jornalista.
Fonte: Wikipédia. Montagem: Laila Lopes

 

  • Logo depois, veja também Racista? Quem, eu? Reflexão sobre racismo estrutural

 

Ataques racistas

 

Foto da jornalista.
A jornalista. Fonte: Instagram

 

Em julho de 2015, Maju Coutinho sofreu racismo por meio da página oficial do Jornal Nacional no Facebook. O que provocou repulsa na população, subindo a hashtag #SomostodosMaju nas redes sociais.

Até mesmo o Jornal Nacional, na época apresentado por William Bonner e Renata Vasconcellos, criou uma pauta sobre o caso. A jornalista estava presente no programa. Relembre em seguida:

 

 

Em 2020, Maria Júlia foi mais uma vez alvo de injúria racial e racismo. Dois homens foram condenados pelos crimes. Com pena de cinco e seis anos de reclusão em regime semiaberto, além de multa.

 

 

Compartilhe

Notícias em Alta

Últimas Notícias