Felipe Neto revela ter doença genética e fala sobre o tratamento

Após revelar sofrer com depressão, Felipe Neto informou nessa sexta-feira (18), que foi diagnosticado com Hemocromatose

- Continue depois da Publicidade -

Após revelar sofrer com depressão, Felipe Neto informou nessa sexta-feira (18), que foi diagnosticado com Hemocromatose Incompleta Heterozigótica, e está em tratamento desde o fim de 2020.

A doença normalmente é causada por condição hereditária,  que gera uma alta concentração de ferro no organismo.

 

Não bastava depressão, doença de Crohn e TDAH (Transtorno do déficit de atenção com hiperatividade). Quando Deus me desenhou, ele estava de mau humor”, desabafou Felipe no Twitter, em tom de brincadeira.

O youtuber de 33 anos tranquilizou os fãs afirmando que a forma da doença é “incompleta”, causando uma concentração de ferro que não está afetando diretamente o funcionamento do corpo.

 

Felipe Neto com hemocromatose

 

Em um outro trecho, ele ainda comentou:

“Vamos monitorar a vida inteira e manter dentro de um número ‘seguro’. Eu descobri a mutação genética no final de 2020, desde então venho tratando com meu médico e progredimos bem. Em janeiro, minha ferritina estava em 642,9 ng/mL. O valor saudável é entre 30 e 400. Mas fomos reduzindo e no exame de semana passada bateu 455,7. TGP reduzimos de 103 (janeiro) pra 81 (junho) Gama GT tá boa – 42. TGO reduzimos de 57 pra 33”, desabafou.

 

 

O que é Hemocromatose?

 

A hemocromatose é uma das doenças genéticas mais comuns nos Estados Unidos. É uma condição hereditária em que o corpo absorve e armazena muito ferro.

Você também pode gostar!

O ferro extra se acumula em vários órgãos, especialmente no fígado, e pode causar sérios danos. Se não for tratada, a doença pode levar à falência desses órgãos.

O ferro é um nutriente essencial encontrado em muitos alimentos. Pessoas saudáveis ​​geralmente absorvem cerca de 10% do ferro dos alimentos que comem para atender às necessidades do corpo.

Pessoas com hemocromatose absorvem mais do que o corpo precisa. O corpo não tem uma maneira natural de se livrar do excesso de ferro, fazendo com que ele se acumule nos órgãos.

 

 

Causas

 

A doença ocorre como resultado de uma mutação em um gene responsável pela absorção do ferro no organismo, o que leva ao excesso de ingestão de ferro dos alimentos e seu acúmulo no coração, fígado e pâncreas.

As causas da hemocromatose que afetam o fígado são:

  • predisposição hereditária;
  • a presença de hepatites virais crônicas B e C ;
  • deposição de tecido adiposo no fígado;
  • bloqueio do ducto pancreático;
  • neoplasias hepáticas.

Sintomas de hemocromatose

 

Os sintomas característicos da hemocromatose são os seguintes:

  • a pele torna-se cinza-acastanhada;
  • escurecimento das membranas mucosas e esclera;
  • redução da pressão arterial;
  • fadiga rápida ;
  • fraqueza geral ;
  • inchaço, dor nas articulações;
  • diminuição da libido.

 

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes