Kim Scott: ex de Eminem é hospitalizada após tentativa de suicídio

Kim Scott, ex-mulher do rapper Eminem, foi hospitalizada depois de tentar o suicídio

- Continue depois da Publicidade -

Kim Scott, ex-mulher do rapper Eminem, foi hospitalizada depois de tentar o suicídio.

A polícia do Michigan respondeu a uma chamada na casa de Scott, para atender o caso. Quando os agentes chegaram ao local, ela estava tão agressiva que teve que ser contida à força.

Havia uma quantidade razoável de sangue jorrado pelo chão da casa toda, vários cortes em seu corpo e algumas lacerações pequenas na parte de trás de suas pernas.

Ela foi levada imediatamente ao hospital para uma análise clínica e psicológica. Mas está se recuperando em casa mesmo.    

 

 

Histórico de dor

 

 

O incidente aconteceu exatamente uma semana depois da morte de Kathleen Sluck, mãe de Kim Scott, aos 65 anos de idade.

Mas esta não foi a única perda trágica de Kim. Em 2016, sua irmã Dawn Scott faleceu de overdose de heroína aos 41.    

 

 

Kim Scott
Kim Scott. Fonte: Popstar One

 

 

Na época, Kim disse que nunca mais se sentiria inteira na vida, pois metade dela tinha partido com a irmã.

“Vou sentir falta dela até ou dia em que estivermos juntas novamente”.

 

 

Você também pode gostar!

Kim e Eminem: história marcada por confusão

 

 

Eminem e Kim se conheceram no ensino médio. Os dois se casaram em 1999, e dois anos depois protagonizaram um divórcio bastante conturbado. Assim também com direito a uma intensa batalha judicial pela guarda da filha Hailie Jade Scott.    

 

 

 

A tempestuosa relação do casal foi imortalizada em diversas canções de Eminem.

Mesmo depois dessa confusão toda, se casaram novamente em janeiro de 2006, mas se separaram em abril do mesmo ano.    

 

 

 

 

Rumores dizem que não foi a primeira tentativa de suicídio de Kim Scott

 

 

Em 2000, Kim já havia tentado se matar, mas os detalhes nunca esclarecidos. Ela inclusive chegou a processar o ex por difamação, já que na letra da música intitulada Kim, lançada no mesmo ano, ele descreve a morte dela.

Em 2016, ela revelou à imprensa a versão real do acidente de carro que tinha sofrido no mês de outubro de 2015.    

 

 

 

 

    Além disso, ela disse que havia consumido remédios e bebida alcóolica, dirigido até uma estrada vazia para garantir que ninguém além dela se machucaria, e jogado o carro contra um poste propositalmente.

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes