foto de homem e mulher usando roupas fitness e dando as mãos, por que evitar o sedentarismo

Conheça 6 razões para evitar o sedentarismo

O sedentarismo é um fator de risco para várias doenças. Então, confira 6 riscos de não praticar exercício físico

Compartilhe

Todo mundo sabe o quanto os exercícios são importantes para a nossa saúde, tanto mental como física, o que leva à pergunta:  por que algumas pessoas são sedentárias? Embora saibamos que o excesso de peso é uma das razões pelas quais muitas pessoas praticam uma atividade física, esta não é a razão principal.

A falta de exercício pode trazer graves consequências para a saúde, tais como doenças das articulações e dos músculos, dores intensas, entre outras.

O ideal é consultar-se com um médico, podendo ser clínico geral, nutrólogo, cardiologista, médico do esporte, entre outras especialidades. Assim, ele indicará a atividade física e o esporte mais adequado ao meu tipo físico, enquadrando-a na sua rotina diária.

Quais são as principais consequências causadas pelo sedentarismo?

De acordo com a Sociedade de Cardiologia do estado de São Paulo, a nossa mente e a nossa saúde física beneficiam-se de formas diferentes do exercício e isso é claro no corpo humano.

foto de salada de frutas em tigela de coração ao lado de halteres azuis, simbolizando exercício físico e alimentação saudável
Fonte: margouillatphotos/Getty Images

A prática de atividade física permite permanecer em movimento nestes tempos tecnologicamente avançados, em que quase tudo é feito por meio de um celular, computador ou tablet, sem o uso das nossas próprias pernas. Sendo sedentário, é muito fácil para o nosso corpo adormecer, o que pode levar a uma série de riscos.

1. Estado cardíaco degradante

O coração não brinca! Quando mantemos um estilo de vida sedentário, o nosso coração enfraquece com o tempo, levando a vários problemas e disfunções cardíacas.

O exercício é um bom elemento que nos ajuda a fortalecer esse órgão, para que possamos melhorar a saúde cardíaca e geral.

2. Degeneração muscular

Os músculos deterioram-se a cada dia que passa, quando não fazemos exercício, fazendo-os perder uma força significativa. Isto pode levar a dores nas costas, articulações e músculos.

mulher sentada trabalhando em escritório com dor nas costas, consequência do sedentarismo
Fonte: AndreyPopov/Getty Images

É indicado consultar-se com um médico se sentir dores frequentes.

3. Problemas respiratórios

Se acaso você seja uma pessoa que não faz exercício, deve estar ciente de que os seus pulmões irão perder capacidade. Como resultado, você pode desenvolver asma ou alergias respiratórias.

4. Mudanças de humor

Como vimos anteriormente, a saúde mental também se beneficia do exercício. Por isso, quando há sedentarismo, não absorvemos os nutrientes necessários, gerando que o oxigênio suficiente não chegue aos órgãos do corpo, como o cérebro.

silhueta de pessoa feita de papel com desenho de coração colorido na cabeça
Fonte: siriwannapatphotos/Canva

Quando isto acontece, os neurotransmissores que nos dão uma sensação de felicidade e bem-estar são afetados e conduzem a um estado de depressão

5. Aumento da pressão arterial

Ao exercitamo-nos continuamente, podemos ajudar os vasos sanguíneos a dilatarem-se e controlar a pressão arterial. Além disso, as veias e artérias são flexíveis e podem se adaptar ao fluxo sanguíneo.

Mas, quando mantemos uma vida sem atividade física, os vasos estreitam-se, à medida que se adaptam à redução do fluxo sanguíneo, o que aumenta a pressão arterial.

6. Fadiga

Embora a atividade física nos deixe cansados, é fácil de recuperar após algum tempo. O exercício é conhecido por ser uma fonte de energia, uma vez que ajuda a evitar a fadiga, que é causada por o corpo estar constantemente em repouso. Além disso, nos ajuda a distrair, evitando o cansaço mental.

A importância do exercício deve ser levada em conta não só pelos seus benefícios de tonificação física, mas também pelas suas incríveis vantagens para o nosso organismo. O exercício também ajuda a reduzir a depressão, o estresse causado pelo trabalho ou pelos estudos e a ansiedade.

Referências:

  1. Innovation2you. (n.d.). A maioria dos malefícios do sedentarismo são velhos conhecidos. Socesp. 22 de abril de 2022.
  2. Riscos de uma vida sedentaria. (n.d.). Medlineplus.gov.
  3. ¿Cómo nos afecta no hacer ejercicio? | CuídatePlus. 8 de maio de 2017.
Compartilhe

Notícias em Alta

Últimas Notícias