Vitamina A para a mulher: importante elemento de beleza e saúde

Vitamina A para a mulher: importante elemento de beleza e saúde

A vitamina A é essencial para a saúde dos olhos, pele, cabelo, sistema imunológico e reprodutor. No entanto, sua deficiência não é menos perigosa que seu excesso.

Para que serve a vitamina A, que alimentos ela contém, quais são as consequências de uma deficiência e de uma overdose? Falaremos de tudo isso agora.

 

O que é vitamina A

 

 

Na verdade, a vitamina A é um nome genérico para muitos compostos que têm efeitos biológicos semelhantes.

O primeiro grupo de substâncias é formado pelos retinóides, entre os quais existe uma “verdadeira” vitamina A, o retinol, e o segundo inclui os carotenóides, incluindo o conhecido beta-caroteno.

Ambos os tipos de compostos são capazes de se converter em retinol no corpo humano: o fígado é o responsável por essa transformação. Em seguida, é transportado pelo sistema linfático para os demais órgãos.

 

Para que é usada a vitamina A?

 

 

A vitamina A, ou retinol, é de fundamental importância a nosso ver porque junto com seus precursores, os carotenoides, fazem parte dos componentes da rodopsina, substância presente na retina que dá ao olho sensibilidade à luz.

A vitamina A também é útil para o desenvolvimento dos ossos e para fortalecê-los ao longo do tempo, no crescimento dos dentes e se distingue por sua capacidade de fornecer uma resposta imunológica no organismo.

Descobertas científicas recentes mostraram que a vitamina A também tem habilidades anticâncerígenas.

 

  • Você sabia que a vitamina D pode reduzir o risco de COVID-19, especialmente em negros?

 

Vitamina A é boa para visão

 

 

A vitamina A está envolvida na síntese da rodopsina, uma proteína encontrada na retina do olho e responsável por converter a luz em um sinal elétrico que é posteriormente percebido pelo cérebro.

Portanto, com a falta, torna-se cada vez mais difícil enxergar no escuro, a chamada cegueira noturna se desenvolve.

Além disso, consumir betacaroteno suficiente pode retardar as mudanças na visão relacionadas à idade.

 

 

Vitamina A diminui o risco de desenvolver câncer

 

 

Hoje, a relação entre os níveis de vitamina A em humanos e o câncer ainda não é totalmente compreendida.

No entanto, pesquisas atuais mostram que obter vitamina A suficiente, especialmente de frutas e vegetais, é importante para a divisão celular saudável e, portanto, pode reduzir o risco de certos tipos de câncer, incluindo:

  • Linfoma de Hodgkin;
  • Câncer cervical;
  • Pulmonar;
  • De bexiga.

 

Vitamina A ajuda no sistema imunológico

 

 

O retinol é essencial para a formação das membranas da mucosa, bem como para a produção e funcionamento dos glóbulos brancos que protegem o corpo de bactérias, vírus e outros patógenos.

Isso significa que a deficiência pode aumentar sua suscetibilidade a infecções e afetar sua recuperação se você já estiver doente.

 

 

Vitamina A é ótima para o cabelo

 

 

Como já mencionado, a vitamina A é necessária para a formação e crescimento das células, pois afeta a estrutura do cabelo, tornando-o mais resistente e elástico.

Também promove a produção de sebo, o que mantém os cachos saudáveis. No entanto, tanto a deficiência quanto a overdose podem levar à queda de cabelo.

 

Vitamina A é boa para o sistema reprodutivo

 

 

A vitamina A está envolvida na síntese dos hormônios sexuais, portanto, é necessária para manter a saúde do sistema reprodutor em homens e mulheres.

Além disso, o desenvolvimento normal de muitos órgãos e sistemas do embrião durante a gravidez, incluindo o esqueleto, sistema nervoso, coração, rins, olhos, pulmões e pâncreas, é impossível sem retinol.

 

Onde está contida a vitamina A

 

Os retinoides podem ser encontrados em produtos de origem animal, como:

  • salmão;
  • bife de fígado;
  • laticínios (como leite, manteiga e queijo);
  • ovos;
  • gordura de peixe;
  • camarão.

Os carotenóides são encontrados em frutas e vegetais, incluindo:

  • cenoura;
  • tomates;
  • batata doce;
  • saladas de folhas;
  • damascos;
  • pêssegos;
  • manga;
  • abacate.

 

Vitamina A na nutrição “colorida”

 

 

Quer saber, de forma simples, como garantir as vitaminas de que necessita? Coloque um alimento para cada um desses grupos na mesa todos os dias:

  • Alimentos vermelhos: melancias e tomates contêm licopeno, que ajuda a prevenir o câncer; morangos e cerejas dão carotenóides , rejuvenescedores;
  • Alimentos amarelos: cenouras, pimentões, melões e nêsperas são ricos em beta – caroteno;
  • Verdes : rúcula, aspargo, abobrinha fornecem vitamina C, um antioxidante
  • Alimentos azul-violeta: berinjelas, figos, ameixas, uvas e mirtilos fornecem antocianinas e vitaminas A e C, que protegem os vasos e previnem a aterosclerose.

 

 

Ingestão diária recomendada de vitamina A

 

 

A ingestão média diária de vitamina A para:

  • Homens com mais de 14 anos é de (3000 UI);
  • Mulheres precisam de (2300 UI) por dia.

A vitamina A desempenha um papel importante no corpo humano, participando de muitos processos associados ao crescimento e desenvolvimento celular. No entanto, o retinol pode ser benéfico e prejudicial, tudo depende da dosagem.

Portanto, antes de começar a tomar vários suplementos, consulte seu médico para descobrir o nível e as causas da deficiência de vitamina A, bem como para descobrir o que é necessário para reabastecê-la.

 

  • Siga o Fashion Bubbles no  Google News para poder acompanhar tudo sobre saúde direto em seu smartphone. É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News.

 

Por que o excesso de vitamina A pode ser perigoso

 

As vitaminas do grupo A são substâncias solúveis em gordura que podem se acumular no corpo. Isso significa que o consumo excessivo deles pode levar ao envenenamento.

Os sintomas de hipervitaminose podem incluir:

  • perda de apetite;
  • visão turva;
  • náuseas;
  • tonturas;
  • dores de cabeça;
  • dores nas articulações.

Ao mesmo tempo, o uso de grandes quantidades de carotenóides não é tão perigoso, uma vez que o processo de sua conversão em retinol no corpo é regulado.

 

É verdade que a falta de vitamina A torna o cabelo menos bonito?

 

Sim, a vitamina A nutre o cabelo e ajuda a retardar o envelhecimento.

A deficiência dessa vitamina em nosso organismo tem efeitos negativos nos cabelos, que resultam em alterações das glândulas sebáceas, na formação de caspa e cabelos ressecados e no espessamento constante e cada vez mais evidente do couro cabeludo.

abacateAlimentos CurativosBenefícios dos alimentoscamarãocenouraMangáOvospeixeSalmãoSaúde dos dentesSaúde dos ossostomatevitamina A