William Shakespeare, o primeiro homem a receber a vacina contra o coronavírus, morre

Ele recebeu a vacina de coronavírus Pfizer-BioNTech em dezembro de 2020 no Coventry University Hospital. Veja mais detalhes!

- Continue depois da Publicidade -

Você se lembra do primeiro homem que recebeu a vacina contra o coronavírus, covid-19? Estamos falando de William Shakespeare , o primeiro homem a receber vacina contra covid-19, em 8 de dezembro de 2020.

Segundo a mídia internacional, o homem morreu na semana passada na Inglaterra aos 81 anos.

Foi há seis meses que William recebeu a primeira vacina contra covid e se tornou o primeiro homem a ser ‘protegido’ contra a atual pandemia.

William Shakespeare não morreu da vacina ou contraiu o coronavírus, William morreu de um derrame, relataram os hospitais da Universidade de Coventry e o NHS Trust de Warwickshire, conforme relatado pela BBC News.

 

William Shakespeare

 

- Continue depois da Publicidade -

 

A notícia foi confirmada por Jayne Innes, vereadora de Coventry e amiga de Shakespeare. A mulher disse que o homem morreu na semana passada e que para homenagear o ideal seria se vacinar contra o covid-19.

- Continue depois da Publicidade -

Ela também explicou que sua morte não tem nada a ver com vacinação.

“Bill será lembrado por muitas coisas, incluindo seu gosto por travessuras”, disse Innes.

- Continue depois da Publicidade -

O dia em que William Shakespeare foi vacinado contra covid-19

 

Foi em 8 de dezembro de 2020 quando William Shakespeare se tornou o primeiro homem a ser vacinado contra covid-19 e a ser a segunda pessoa a receber a dose.

Você também pode gostar!

Em dezembro, após ser vacinado, Shakespeare reconheceu sua alegria e otimismo com o início do processo de vacinação na Inglaterra.

Segundo dados oficiais, mais de 38 milhões de pessoas (72,3% da população adulta) já receberam a primeira dose da vacina no Reino Unido.

A primeira a recebê-la foi a britânica Margaret Keenan, de quase 91 anos. William Shakespeare, um homem de 81 anos, na época ficou “encantado” por ser um dos pioneiros e garantiu que “não podemos relaxar”.

 

 

O adeus a William Shakespeare

O Hospital Universitário de Coventry confirmou que este ex-funcionário da Rolls Royce, fabricante britânica de carros de luxo, teria morrido na última quinta-feira, deixando sua esposa Joy, dois filhos adultos e quatro netos.

 

  • Siga o Fashion Bubbles no  Google News para poder acompanhar tudo sobre saúde direto no seu smartphone. É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News.

 

Sua família ficou feliz com a fama de William Shakespeare após sua vacinação com COVID-19.

Segundo o jornal britânico Daily Mail, sua esposa Joy comentou que William Shakespeare tinha orgulho de ser um dos primeiros no mundo a receber a vacina COVID-19 e convidou seus conhecidos a se imunizarem contra a doença assim que tivessem a chance.

 

 

Sua esposa Joy acrescentou sobre William Shakespeare em uma entrevista para o Daily Mail:

“Ele adorava conhecer pessoas e ajudá-las de todas as maneiras que podia. Acima de tudo, ele foi um marido, pai e avô maravilhoso, apelidado de ‘Pop Pops’ pelos netos. William Shakespeare deixou uma grande marca em todos os que o conheceram e vamos sentir muitas saudades dele ”

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes