Reinventar: a atual palavra que rege o marketing

316

 

Reinventar: a atual palavra que rege o marketing - abre

Falamos a todo tempo que temos que nos reinventar perante o atual cenário, descobrir novos hábitos, aprender a viver em um novo mundo. Tranformado pela pandemia da COVID-19. Estamos mudando, portanto o comportamento do consumidor também. Isso tem reflexo nas marcas. Todos estão observando seus movimentos e decisões erradas podem custar todo o nome e branding já conquistado.

O desafio das marcas está em se adaptarem a esse novo mundo, em como serem mais flexíveis, mais humanas e verdadeiramente relevantes para seus clientes. A Avantgarde Brasil, agência de full brand experience, virou a chave e uniu um time pra lá de especializado para oferecer soluções ágeis e projetos multiplataformas através de mensagens de conscientização e de apoio à população, seja social ou econômica.

 

Você também pode gostar!

Como se reinventar?

 

De acordo com Luiz Arruda, presidente da Avantgarde Brasil, para driblar a pandemia as marcas devem ter uma comunicação consciente e criar soluções genuínas. “Precisamos ser humanos, pensar em se reinventar e não só em sobreviver”, contou Luiz. Para ele neste momento as marcas devem pensar no coletivo, devem se posicionar e pensar de forma a solidificar o seu conceito e aumentar o seu valor de marca.

A resposta não está essencialmente em vendas, mas, em algo como propósito de curto prazo, com legado de longo prazo. Em entrevista ao Pan News, jornal da Jovem Pan, Luiz Arruda apontou casos como Stone a Track & Field, que em sua visão são exemplos. A Stone, lançou há algumas semanas a campanha Compre Local, que promove o incentivo para compra em pequenos comércios, dessa forma cada pessoa pode ajudar a manter os pequenos empreendimentos no local em que mora.

Já a Track and Field apostou em criar uma conexão com seu consumidor final por meio da prestação de serviços. A marca de roupas esportivas abriu um canal de comunicação e está promovendo aulas e dicas de bem-estar. Essas ações geram afeto e admiração do consumidor pela marca. Que pode ter suas portas fechadas no momento, mas que está gerando fãs que a longo prazo vão consumir fielmente seus produtos.

você pode gostar também