Algodão Colorido

Algodão Colorido

A idéia de plantar variedades de algodão que produzam fibras coloridas pode parecer muito nova, mas já é conhecida há mais de 2.000 anos.

Entretanto toda a pesquisa e melhoramentos genéticos somente tinham sido feitos com as linhagens produtoras do algodão branco e apenas há relativamente pouco tempo os algodões coloridos passaram a ser objeto de pesquisa da Embrapa, no Brasil, já tendo obtido bastante êxito na Paraíba, com algodão das cores marrom e creme, estando em estudo o de cor verde.

Com o avanço das pesquisas na Paraíba, já estão sendo produzidas confecções em algodão marrom e creme e foi grata surpresa encontrar uma vitrine desses artigos, aqui em Barreiras no Oeste da Bahia, na loja Maria e Mariá, de Salete Massuchetti, que se mudou para a Paraíba, e sua sócia aqui, Francisca Souza Marques.

Algodão Colorido

Belas confecções, de textura agradável e que não precisaram ser submetidas a nenhum processo químico de tingimento, o que as torna antialérgicas e protetoras do meio ambiente, ao poupar o uso de processos que produzem efluentes químicos.

Aqui mesmo, no Oeste da Bahia, região em que o algodão branco é plantado em larga escala, antigamente pessoas da área rural de Baianópolis já usavam o algodão marrom para fazer enfeites nos tecidos artesanais que produziam em teares caseiros, tal como na antiguidade, há mais de dois mil anos. Tanto os indígenas da América do Sul, como habitantes de outros continentes, também conheciam e utilizavam essa e outras variedades.

Aproveitando as lições do passado e as avançadas pesquisas do presente, a moda pode se tornar parceira da preservação do planeta!

Algodão Colorido Algodão Colorido

Algodão de fibra colorida no Brasil

O algodão colorido já era cultivado pelos povos antigos, como mostram escavações realizadas no Peru e que datam de 2500 a.C. Amostras de algodão de fibra branca, coletadas no Paquistão são datadas de 2700 a.C, evidenciando que este dois tipos de algodão, o colorido e o branco, têm a mesma idade.Os algodões de fibra branca mereceram mais atenção em programas de melhoramento genético, desde a metade do século 20, do que os de fibra colorida. Isso fez com que se acentuasse a diferença entre estes dois tipos de algodão no que se refere aos caracteres de importância econômica.

A cor da fibra não é inusitada como poderia parecer, já que o algodão mais conhecido, plantado e utilizado é o de fibra branca. Muitos algodões silvestres diplóides, apesar de não possuir fibra fiável, possuem coloração em seus rudimentos de fibra, nas cores marrom, em várias tonalidades e esverdeadas. Alguns países possuem plantio comercial de algodão colorido como Estados Unidos, Peru e China.

Quando ainda não eram explorados em plantios comerciais, no Brasil, alguns algodões com fibra marrom já eram usados como planta ornamental nos Estados da Bahia e Minas Gerais, sendo que a fibra era usada para confecção de artesanatos, em localidades do interior destes Estados.

Leia matéria completa no site Natural Fashion. Saiba mais aqui.

Algodão Colorido

Por Ignez Pitta

Publicação: 5 de agosto de 2008

AUTOR

Ignez é historiadora. Contato: http://www.myfashionbubbles.com/profile/IgnezPittadeAlmeida

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
bang_olufsen_beolab_9_3
Design e Consumo

Hoje, boa parte das coisas que utilizamos, vestimos e até comemos são "designed". O design faz parte do cotidiano de...

Fechar