O Chapéu e você – Conheça a história do acessório mais estiloso da moda

O Chapéu e você   Conheça a história do acessório mais estiloso da moda

Há quem diga que o chapéu é apenas um acessório, um item do guarda-roupa dos fashionistas de plantão. Mais um adereço para complementar o look e aumentar a lista de consumo.

O chapéu é muito mais que isso. Que tal entrarmos numa máquina do tempo e revisitarmos a história deste ícone que tem muito para nos contar?

A palavra “chapéu” e sua origem

O chapéu (vocábulo que deriva do francês antigo “chapel”, atual “chapeau”) é um item do vestuário com inúmeros variantes, que tem a função principal de proteger ou enfeitar a cabeça, servindo ainda para indicar hierarquia, função, condição social (nos tempos antigos), ou até mesmo o local de origem.

O chapéu surgiu para a proteção da cabeça, ainda nos povos primitivos da pré-história, das intempéries climáticas (sol escaldante, frio, chuva), como prerrogativa masculina – sendo o homem o responsável pela defesa da tribo/clã e depois estendido para a caracterização dos níveis sociais. O reis usavam coroas, os sacerdotes a mitra e os guerreiros o elmo. O primeiro chapéu mais semelhante com o formato “clássico”, é o Pétaso grego, cuja origem remonta ao século IV a.C. , junto ao píleo. Tratava-se de um chapéu dotado de copa baixa e abas largas que os gregos faziam uso em suas viagens como uma forma de proteção.

O Chapéu e você   Conheça a história do acessório mais estiloso da modaO Chapéu e você   Conheça a história do acessório mais estiloso da moda
Imagem via Estilo Natural

Na Antiga Roma, os escravos eram proibidos de usar chapéus. Quando eram libertados, passavam a adotar uma espécie de chapéu semelhante ao barrete (boné em forma de cone, com a ponta caída para um lado), em sinal de liberdade. Este tipo foi revivido durante a Revolução Francesa, chamado de “bonnet rouge” e se tornou um símbolo do Partido Republicano durante a República. A literatura ainda conta que foram os romanos o primeiro povo a criar o tão famoso capacete.

Quer ver como este adereço era um ícone de estilo no passado?

Na segunda imagem, uma espécie de barrete usados por escravos quando eram libertados

O chapéu na atualidade

Se na Antiguidade os chapéus representavam tanto liberdade – no caso dos escravos romanos – como servia de fator para distinção de classes na sociedade, hoje em dia este adorno recebe uma releitura e vira símbolo de estilo e personalidade.

Ícone da moda, que passa de geração para geração, representa liberdade de expressão – um verdadeiro selo autêntico de estilo – ganhando lugar de destaque nas passarelas nacionais e internacionais das grandes grifes e também virou peça fundamental no estilo dos fashionistas.

Qual o seu estilo de chapéu?

O chapéu nas ruas

Confira abaixo fotos de pessoas nas ruas de Berlim, cidade onde o chapéu é o rei da streetwear, seja verão ou inverno:

Crédito fotos: Renata Gerace Heckt

 Lojas super estilosas de chapéu

De fato, esta peça do vestuário não deixa de ser um ícone revolucionário e marcante na história da moda, mas é também um dos acessórios mais bacanas quando se fala em estilo.

Que tal ir à caça desta peça única lá no Baú da sua avó? Quem sabe você acaba descobrindo verdadeiras relíquias, como, por exemplo, um chapéu vintage lá dos anos 20/30? Aproveite e já o incorpore como peça-chave no seu guarda-roupa, emprestando ainda mais estilo ao seu look.

As lojas atuais de chapéus costumam ser super descoladas. Que tal fazer uma visita? Quem sabe você não se encanta por alguma peça e adere a moda dos chapéus?

Du Eholic – Um chapeleiro descolado que fez do chapéu seu estilo de vida

Há quem diga ainda que o chapéu pode ser seu cartão de visitas – a exemplo do talentoso Chapeleiro brasileiro, Du Eholic, que o utiliza com muita propriedade, uma forma de expressar sua personalidade e depois estendida para um negócio de sucesso: www.e-holic.com.br . Chapéus feitos de saco de café, feltro, patchwork, tudo com o tema musical como trilha sonora de um trabalho extremamente criativo.

Saiba mais sobre ele em :

LOJA FIONA – Loja super estilosa de chapéus em Berlim

Fiona Bennett começou a atrair as atenções no início de 1990 com produções espetaculares, com a proposta de elaborar arte na cabeça, causando um granderebuliço. Seus modelos estão entre os prediletos dos famosos e já foram usados por celebridades como Christina Aguilera, entre muitos outros. Em 2013 publicou o livro “A partir dos cachos das molas”-  Um pouco de romance de aventura poética no mundo da moda.

O Chapéu e você   Conheça a história do acessório mais estiloso da moda

*Fontes: Wikipédia e o Livro Tudo sobre Moda, editora Geral Marnei Fogg

Por Roberta Gerace Gazzolla

Para quem não me conhece, vou me apresentar então: me chamo Roberta, uma idealista, cidadã do mundo, apesar de ter estabelecido meus pézinhos na louca Berlim por um tempo, neta de italiano (sangue forte), tia da Sophie, publicitária, escritora nas horas vagas, amante das bikes, moda, viagens, cinema e todas as manifestações de cultura imagináveis.

A ideia neste espaço é mostrar um pouco da minha visão lúdica, atenta, criativa e curiosa de coisas bacanas que posso vivenciar aqui nesta Berlim frenética e dividir com vocês, que assim como eu, devem adorar as novidades do fashionbubbles.com . Além de falar de novos artistas, música, moda, eventos, cultura, vou trazer também um pouquinho da minha visão do ser humano, através de algumas crônicas em formas de diálogos internos.

Tudo isto será escrito com muito carinho, dedicação e diversão.

Espero que curtam este espacinho e fico aberta a sugestões/críticas.

liebste Grüsse aus Berlin,

Roberta Gerace Gazzolla (E-mail: [email protected]com)

O Chapéu e você   Conheça a história do acessório mais estiloso da moda

Salvar

Salvar

DESCONTOS EXCLUSIVOS FASHION BUBBLES

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

Publicação: 2 de julho de 2016

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
Os sapatos do verão 2017 em 11 peças-chaves, tendências e dicas de marcas – Especial Francal

Trabalhos artesanais, cores contrastantes, metalizados, estilo tomboy, conforto e uso do couro de aspecto bruto e desgastados são algumas das...

Fechar