Vernissage – Veja fotos da exposição “Flávio de Carvalho desveste a Moda da Cabeça aos Pés” no MuBE

- Continue depois da Publicidade -

“É a moda do traje que mais forte influência tem sobre o homem, porque é aquilo que está mais perto de seu corpo e o seu corpo continua sempre sendo a parte do mundo que mais interessa ao homem”  Flávio de Carvalho

Com belíssimas fotos que contam 30 anos de moda, arte e cultura o MuBE recebe a exposição “Flávio de Carvalho desveste a Moda da Cabeça aos Pés” composta por fotos e estruturada sobre o contorno do corpo a partir da visão do artista Flávio de Carvalho.

“ Acreditamos que a moda está diretamente ligada à arte e a cultura. Esta ação é mais um passo na sua democratização, pois gera conhecimento e torna a informação de moda acessível a todos”, comenta o idealizador do projeto, Ricardo Feldman, diretor da Livre Conteúdo e Cultura.

A união de ricos ingredientes constitui a grande importância dessa mostra. Composta a partir do primeiro estudo de moda produzido no Brasil por Flávio de Carvalho – um grande artista plástico e pensador que será homenageado na bienal internacional deste ano –, com a riqueza da união da arte com a moda que se manifesta também na curadoria de Agnaldo Farias e Mariana Lanari. Ele, curador da Bienal Internacional de São Paulo deste ano, e ela, editora do livro “30 anos de moda no Brasil -80, 90, 2000”, além de diversos livros de moda publicados no Brasil. Tudo isso aliado a uma vasta pesquisa nos acervos dos mais renomados fotógrafos brasileiros.

- Continue depois da Publicidade -

“Os ingredientes são vários, temos o primeiro estudo de moda produzido no Brasil por Flávio de Carvalho, um grande artista plástico e pensador que será homenageado na bienal internacional deste ano. Alem disso, a riqueza da união da arte com a moda que se manifesta também na curadoria de Agnaldo Farias e Mariana Lanari. Ele, curador da Bienal Internacional de São Paulo deste ano, e ela, editora do livro “30 anos de moda no Brasil -80,90,2000”, além de diversos livros de moda publicados no Brasil. Tudo isso aliado a uma vasta pesquisa nos acervos dos mais renomados fotógrafos brasileiros”. De 15 de outubro a 14 de novembro no MuBE, com entrada franca.

Com iniciativa e realização da Livre Conteúdo e Cultura e patrocínio da C&A, a idéia da exposição nasceu a partir do lançamento do livro “30 anos de moda no Brasil – 80, 90, 2000”, também patrocinado pela marca.

- Continue depois da Publicidade -

Flávio de Carvalho (1899 – 1973) foi um grande artista brasileiro. Pintor, desenhista e arquiteto modernista, Carvalho se dedicou a estudar a relação entre a moda e os movimentos da história entre os anos 30 e 50. O resultado desse trabalho foi publicado semanalmente no suplemento feminino do Diário de São Paulo entre março e outubro de 1956. Seus textos constituem o primeiro estudo sobre moda produzido no Brasil. E é por sua relevância que, embora tenha falecido justamente nos anos que antecedem o período tratado pela exposição, a importância que sempre creditou à moda, e o corpo de conceitos que ele elaborou serviram de guia para essa mostra.

- Continue depois da Publicidade -

Dessa forma, cerca de duzentas imagens foram distribuídas de acordo com temas relacionados às partes do corpo. Tais como: cabeça, cabelo, pensamento, sonho, visão geográfica, joias, ombro, cintura, pernas, calça, pontas do corpo, bailado, sapatos e pés. Cada tema é representado por um conjunto de imagens, que enfatiza aspectos que se repetem nos últimos 30 anos e outros que são de momentos isolados. E para cada grupo foram utilizados excertos de textos de Flávio de Carvalho, que iluminam os aspectos representados e fornecem aos visitantes chaves de leitura para que possa olhar cada imagem e a si mesmo para além da superfície.

As imagens foram extraídas de uma extensa pesquisa nos acervos de diversos fotógrafos brasileiros. São fotos das décadas de 80, 90 e 2000 que retratam de forma ampla as transformações sociais sofridas na moda: das ombreiras oitentistas que refletiam o poder recém adquirido das mulheres, passando pelo look masculinizado de terninhos em cores neutras e pouca maquiagem dos anos noventa até os anos 2000, onde a ausência de tendência e o consumo instantâneo refletem o espírito do tempo. Tudo retratado de forma atemporal pelas lentes de grandes fotógrafos de moda como Bob Wolfenson, Gui Paganini, Jacques Dequeker, Daniel Klajmic, Klaus Mitteldorf, Thelma Vilas Boas e Vânia Toledo, entre outros.”

Saiba mais: MuBE – Apresenta a exposição “Flávio de Carvalho desveste a Moda da Cabeça aos Pés”

Veja fotos da festa de abertura no MuBE – Confira alguns trabalhos e looks dos convidados

Você também pode gostar!


Sobre a C&A

Líder do mercado varejista de moda brasileiro e há 34 anos no país, a C&A foi criada em 1841 pelos irmãos Clemens e August, e a união de suas iniciais deu origem ao nome da empresa. A primeira loja foi inaugurada na Holanda, em 1861. A rede tornou-se uma das primeiras no mundo a oferecer roupas prontas aos consumidores. Em 1911, com o crescimento do negócio, a empresa instalou-se na Alemanha, e, posteriormente, em outros países da Europa.

A C&A possui, atualmente, mais de 1,5 mil lojas na Europa, América Latina e Ásia. No Brasil, a primeira loja foi inaugurada em 1976. Atualmente, a C&A está presente em mais de 60 cidades brasileiras, com mais de 180 lojas.

A C&A convida a todos para um passeio pela moda brasileira dos últimos trinta anos por meio da exposição “Flávio de Carvalho desveste a Moda da Cabeça aos Pés”

Sobre a Livre Conteúdo e Cultura

Pioneira no mercado de publicações customizadas, a Livre foi criada no ano 2000 com o nome de Editora Livre. Trabalhou em diversos projetos editoriais, entre eles a revista da Livraria Cultura, a Estilo Peugeot e a Moda Mix C&A. Há cerca de um ano iniciou sua expansão, abrindo o leque para outras mídias e projetos de cultura, além de projetos especiais para grandes marcas como C&A, Telefônica, espaço em que continua atuante. Com essa abertura, a Livre vem se especializando em descobrir novas linguagens e novos meios de expressão, como é o exemplo de uma revista em quadrinhos a ser lançada em outubro, que tem como objetivo facilitar o acesso das mulheres nas questões relativas à prevenção do câncer de mama. Em 2008, trouxe para o seu portfólio a renomada Revista S/N, focada em imagem, moda e cultura do Brasil e feita em parceira com o Fotografo Bob Wolfenson e o jornalista Helio Hara. Quem está a frente da Livre é Ricardo Feldman, que nos traz um pouco da visão de sua empresa: “Acreditamos que na era das mídias livres e do excesso de informação, novas linguagens e conteúdos relevantes ajudam a construir  relacionamentos” .

Serviço:

“Flávio de Carvalho desveste a Moda Brasileira da Cabeça aos Pés”

Período Expositivo: 15 de outubro a 14 de novembro

Horário de Abertura: de terça a domingo, das 10hrs às 19hrs

Local: Mube – Museu Brasileiro de Escultura

Endereço: Av. Europa, 218 – São Paulo – SP

Telefone: (11) 2594-2601

Site: www.mube.art.br

Entrada franca.

Acesso a deficientes no auditório e nas salas de exposições.

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes