Dia de Naña

Dia de Nanã: o que significa, história e oração para o orixá

Saiba mais sobre a história do orixá Nanã, aprenda sua oração completa, faça um banho energético e veja o significado de seu dia na umbanda

A umbanda é uma religião fundada no Brasil, no ano de 1908, e que abrange diversos aspectos do candomblé, espiritismo e catolicismo. Nela, alguns orixás são cultuados, assim como Nanã, considerada uma grande avó para quem tem essa crença.

Sendo assim, dia 26 de julho, que também é considerado o Dia dos Avós no Brasil, é comemorado o dia de Nanã na umbanda. Ela é a responsável pela evolução dos seres e é muito homenageada nos terreiros com velas lilás e mais alguns instrumentos.

Continue lendo a fim de descobrir mais sobre sua história, como são seus filhos, com fazer um banho com sua energia e a oração completa desse orixá que também tem uma representante importante no sincretismo. Venha saber mais!

Veja também…

Quem é o orixá Nanã na umbanda?

ilustração do orixá Nanã vestido de lilás e segurando na mão o ibiri
Fonte: iquilibrio

Nanã é considerada a avó de energia amorosa e feminina na umbanda. Ela é extremamente acolhedora e é para ela que os filhos da religião pedem ajuda na hora que precisam se libertar do passado e se perdoarem.

O termo “Nanã” significa “mãe” em diversos dialetos africanos. É considerada a mais velha dos orixás das águas e, no sincretismo, é Sant’Anna, avó materna de Jesus Cristo e padroeira dos professores. Além disso, ela trabalha na transmutação. Ou seja, adormece os espíritos para que possam reencarnar depois, quando estiverem prontos.

Por consequência, ela é poderosa e amável ao mesmo tempo, nos dando sabedoria para seguir, sempre com muito afeto.

Curiosidades e informações sobre Nanã:

Representante no sincretismo: Nossa Senhora de Sant’Anna;

Cor da vela: lilás;

No que auxilia: evolução, traz sabedoria, serenidade, equilíbrio e auxilia na transmutação;

Oferendas: melão, champanhe rosé, canjica e ameixa ou figo em caldas;

Flores: além de flores cor lilás, também há o crisântemo branco ou roxo, a rosa branca e amarela e, por fim, a palma branca;

Ervas: erva-cidreira, erva-de-santa-luzia, manjericão de folha roxa, folha de limão, folhas de lágrimas de Nossa Senhora, pétalas de rosa branca, vitória-régia, folha da fortuna, samambaia e melão de São Caetano;

Local para oferendas: geralmente nos mangues e pântanos, mas pode também pode ser feito na terra ou lama do fundo dos rios;

Dia de Iemanjá: dia 26 de julho.

  • Após essa leitura, confira também Ciganos: conheça sua história, lendas e rituais

Como são os filhos de Nanã?

Para quem é da umbanda, chega uma determinada hora que os filhos abrem o ori, que significa a cabeça. E, assim, uma entidade chefe da casa revela quais são os orixás que acompanham essa pessoa. Isto é, seu pai e mãe.

Sendo assim, alguns podem ser filhos de Ogum com Iemanjá, Oxóssi com Egunitá, Xangô com Iansã, entre diversas outras uniões. Entretanto, não é tão simples saber se você é filho de Nanã ou não. Como foi possível compreender, é preciso estar conectado com a religião.

mulher usando cropped e saia brancos e fazendo posição de yoga na beira de um rio, filhos de Nanã
Fonte: Pexels

Ademais, quando se está na umbanda e se descobre que é filho de Nanã, algumas características são observadas em sua personalidade.

Nesse sentido, quem possui este Orixá na cabeça tem um coração enorme, cheio de bondade e muito amor, chegando a ser um tanto quanto meloso em suas relações. Além disso, é um líder nato extremamente responsável e, normalmente, não guarda rancor, vivendo bastante e de uma forma leve.

Entretanto, essas pessoas também possuem seus defeitos em particular. Fazem tudo de forma mais lenta, o que pode ser prejudicial no dia a dia, principalmente se estiver em uma profissão que demanda mais agilidade. Com isso, também são bem teimosos e gostam das coisas a seu modo, o que nem sempre é fácil na hora de trabalhar em grupo com eles.

Por fim, sendo filho de Nanã ou não, você pode homenageá-la, agradecê-la ou pedir por serenidade para ela.

Banho e ritual para Nanã

vela lilás acesa sobre prato de cerâmica bege
Fonte: Pexels

Os banhos energéticos, assim como os de rosas, de sal grosso e muitos outros que podemos fazer, possuem uma energia própria graças aos ingredientes que os compõem. Então, quando se coloca a energia de um Orixá, usando ervas e flores deles e os mentalizando, a mistura se torna poderosa.

Com isso, você pode achar em diversas lojas banhos prontos para limpeza, amor ou tais Orixás. Entretanto, caso prefira, pode fazer um sozinho. Assim, finalmente, confira como pedir serenidade e sabedoria para Nanã:

Ingredientes:

  • Pétalas frescas de uma rosa branca inteira;
  • 2 colheres (sopa) de erva-cidreira;
  • 3 colheres (sopa) de manjericão roxo.

Como fazer:

  1. Comece fervendo cerca de 2 litros de água;
  2. Assim que começar a borbulhar, adicione o manjericão roxo e a erva-cidreira, se forem folhas secas. Caso contrário, faça o mesmo processo das pétalas de rosa branca abaixo;
  3. Desligue o fogo, coloque um prato em cima para abafar o banho e espere cerca de 5 minutos;
  4. Após isso, coe tudo e adicione as pétalas de rosa branca;
  5. Coloque novamente o prato em cima do banho e espere aproximadamente 10 minutos;
  6. Tome seu banho de higiene normalmente e se seque por completo;
  7. Então, jogue o banho energético do pescoço para baixo, com pétalas de rosa dentro, pedindo por serenidade e proteção para a sua vida;
  8. Com isso, se seque de forma leve e vá descansar;
  9. Descarte as ervas e pétalas em um jardim, se isso for possível;
  10. Por fim, acenda uma vela palito de cor lilás e faça uma oração para Nanã.

Ademais, lembre-se de que banhos secos com mais ingredientes podem ser encontrados em diversos estabelecimentos. Assim como guias podem passar outras receitas, com outras ervas, flores e oferendas relacionadas à Nanã.

Oração de Nanã

fundo rosa com as letras da palavra "PRAY" escritas em peças de madeira
Fonte: Pexels

“Oh! Minha mãe Nanã, peço a benção e proteção para todos os meus passos.

À minha santa Nanã, protetora, peço que abençoe o meu coração, cabeça, corpo e espírito.

Que aos poderes dados somente à Senhora das Senhoras, sejam mais caridosos e benevolentes, como me escondam de meus inimigos ocultos e poderosos.

Minha querida Mãe e Senhora, tenha piedade de meu coração, para merecer sempre, o amor em minhas escolhas e caminhos.

À minha mãe orixá Nanã, eu lhe devoto minha fé e minhas palavras.

Saluba Nanã! (3x)”

Conclusão

Você pode acender uma vela e fazer um banho com ervas de todos os orixás, caso deseje. Contudo, lembre-se de que é preciso compreender mais sobre esse sagrado que merece todo o respeito.

Por fim, fique de olho em nosso canal de Astrologia e Misticismo. Afinal, lá você encontra as características de cada signo, banhos energéticos para preparar em cada época do ano e muito mais!

Matérias Similares