O que é aromaterapia e quais são seus benefícios para o corpo?

O que é aromaterapia e quais são seus benefícios para o corpo?

A aromaterapia é um dos procedimentos mais agradáveis ​​e eficazes, que envolve o uso de óleos essenciais de plantas e flores para melhorar o estado físico e psicoemocional de uma pessoa.

O uso de óleos essenciais com alto teor de vitaminas naturais, oligoelementos e hormônios dá à pessoa a oportunidade de melhorar sua saúde.

 

Foto: Pinterest

 

Como resultado, obtemos o equilíbrio das disfunções hormonais, alívio de estresse, combate a fungos e bactérias, diminuição de náuseas e aumento da motivação e energia corporal. 

Apesar da excelente composição, consistência líquida e concentração de componentes úteis, tais produtos não causam efeitos colaterais.

O cumprimento da dosagem correta permitirá que você siga um curso de tratamento eficaz.

O que é aromaterapia

 

 

A aromaterapia é um dos métodos da medicina tradicional que auxilia na cura, prevenção e tratamento de diversas doenças utilizando óleos essenciais.
A essência está no tratamento com aromas de plantas diversas, realmente capazes de afetar gravemente o corpo humano, e não apenas o seu humor.
Para o corpo humano, a aromaterapia pode ser realizada através da penetração de substâncias aromáticas através do trato respiratório, mucosas e pele.
Mas ao mesmo tempo, absolutamente todos os óleos essenciais vegetais, sujeitos à dosagem correta, não têm efeito negativo no organismo, não causam vício e reduzem a eficácia do efeito.

 

O valor dos óleos essenciais

 

 

 

Na medicina da Índia, China e Egito antigos, extratos de plantas perfumados eram usados ​​para manter o equilíbrio perfeito, curar e prevenir muitas doenças.

Atualmente, as propriedades específicas das plantas são apreciadas pelo ser humano, o que lhe permite utilizar óleos aromáticos como:

  • Agentes antissépticos;
  • Antibióticos naturais com um efeito anti-inflamatório pronunciado;
  • Componentes analgésicos e diuréticos;
  • Drogas antivirais e imunomoduladoras;
  • Estimulantes da circulação sanguínea e dos processos digestivos;
  • Afrodisíacos naturais que aumentam o desejo sexual;
  • Antidepressivo;
  • Remédio eficaz para aliviar a dor de intensidade variável;
  • Cosméticos e bases para a preparação de banhos aromáticos.

Métodos de aplicação de aromaterapia

 

A aromaterapia, como método, possui princípios próprios que permitem organizar uma abordagem individual para cada pessoa.
Devido ao grande número de tipos de óleos essenciais, não há problemas em escolher a opção certa.
É importante usar apenas os aromas dos óleos que você gosta, pois eles podem atuar sobre uma pessoa através de sua percepção.
  • Veja também: Eucalipto: os principais benefícios da árvore que ajuda na saúde respiratória
Foto: Pinterest
O aroma de cada planta é composto por um complexo de diferentes substâncias ativas, de modo que o mesmo óleo essencial pode ser usado para tratar várias doenças.
Deve ser lembrado sobre os cuidados e dosagem:
  • Pequenas doses de óleos essenciais são estimulantes e;
  • Grandes doses podem prejudicar os processos vitais do corpo.

Mas, ao mesmo tempo, os óleos essenciais também têm contraindicações obrigatórias: intolerância individual ao aroma, alergias, asma brônquica na fase aguda.

 

1- Difusão

A difusão de óleos essenciais é uma das formas mais conhecidas para aproveitar todos os benefícios proporcionados pela aromaterapia.

Existem vários modelos e tamanhos de difusores, em variados preços; disponíveis no mercado. No site da World´s Natural Fragrances (WNF), é possível encontrar o ultrassônico, com design exclusivo e LED colorido para cromatografia de todas as cores do arco-íris, ou versões mais simples; como a para tomadas e a base de velas. 

Cristiane Pagliuchi, especialista em aromaterapia e diretora científica da WNF, recomenda:

Antes de mais nada, escolha um ambiente de sua casa  e use somente óleos puros ou blends com óleos essenciais.

Atenção, os sintéticos não trazem os mesmos efeitos e não são capazes de proporcionar bem-estar da aromaterapia.

Logo depois, adicione água no difusor em temperatura ambiente até a marcação e, em seguida, gotas de óleo essencial de acordo com as especificações do aparelho escolhido”. 

Além do óleo essencial de Canela e todos os seus benefícios e também é utilizado na aromaterapia. Com muitos estudos e comprovada cientificamente, além de aumentar a imunidade, ajuda com problemas estomacais, resfriados e mais. Conheça os benefícios da canela e sua versatilidade!

2- Massagem Aromática

Deliciosa opção para presentear seu companheiro(a)!

Nessa massagem, as vantagens terapêuticas se unem à eficiência medicinal. O indicado para o corpo é 5ml do produto, começando os movimentos pelos pés, diz Fernando Amaral, autor do livro “Técnicas de aplicação de óleos essenciais” e fundador da WNF.

Pensando nisso, a equipe à frente da produção científica da World´s Natural Fragrances desenvolveu óleos de massagem relaxante especialmente para hidratação e relaxamento, que beneficiam a musculatura, a circulação e equilibram o sono. Você pode conferir aqui.

3- Cosméticos

Por último, cosméticos naturais e orgânicos são, definitivamente, uma ótima maneira para aproveitar tudo que a aromaterapia tem para seu autocuidado!

A Vegana, marca lançamento do mercado, apresenta 26 produtos divididos em cinco linhas (Capilar, Facial, Corporal, Pernas & Pés e Aura). Além de texturas e fragrâncias suaves, ela também é de origem brasileira e protetora dos animais.

 

Produtos Vegana

Por isso, os produtos possuem atributos sustentáveis e não utilizam componentes prejudiciais presentes em sintéticos, como parabenos. Dessa maneira, a marca é orgânica, cruelty-free e rastreável, pois têm plantações próprias.

 

Aura Zen da Vegana, elaborada com aetheroleum, resgatado para ampliar ainda mais o potencial da aromaterapia.

A linha Aura, por exemplo, é indicada para o bem-estar, já que seu spray é responsável por alterar a frequência física e emocional de quem o aplica, contendo propriedades que acalmam, dão energia adicional e que podem até conduzir meditação introspectiva.

 

Inalação

 

O método de inalação pode ser considerado o tratamento mais comum para resfriados. O procedimento ajuda a reduzir o inchaço, inflamação, tosse, congestão na garganta e nariz. Esta aromaterapia é dividida em dois tipos:
  • Fria e;
  • Quente

Com a inalação fria, o aroma do óleo essencial é inalado de uma garrafa ou aplicando-se algumas gotas em um pano.

Neste caso, a respiração deve ser profunda, é aconselhável fechar os olhos, e o tempo do procedimento não deve ultrapassar 10 minutos.

Moléculas de óleos essenciais, caindo na mucosa nasal, provocam impulsos que são enviados ao cérebro, onde se inicia o processo de aumento da resistência do organismo às doenças infecciosas.

A inalação quente é realizada usando um dispositivo especial – um inalador.

O inalador pode ser um recipiente comum fundo com um líquido aquecido ou um dispositivo especial alimentado por uma rede elétrica.

A segunda versão do inalador, é claro, será mais prática e segura de usar.

Banhos aromáticos

 

Este método combina os efeitos da água quente e o poder curativo dos óleos aromáticos.
As moléculas dos óleos essenciais entram em contato com a superfície do corpo humano, pelo que a pele, que possui grande capacidade de penetração, absorve rapidamente as substâncias benéficas dos óleos essenciais, que posteriormente são enviadas para os sistemas linfático e sanguíneo.
Os banhos preparados à base de óleos essenciais são úteis para os primeiros sintomas de resfriados e gripes, ajudam a relaxar após um árduo dia de trabalho, aliviam a tensão muscular e reduzem o aparecimento de celulite.
A técnica de execução é muito simples: numa banheira cheia e a uma temperatura confortável, é necessário adicionar a quantidade necessária de óleo essencial, previamente misturado com a base.
Como os óleos essenciais não são solúveis em água, é imperativo misturá-los com uma base para ajudar na mistura do óleo essencial.
A base pode ser óleo vegetal, creme, sal marinho ou mel. O tempo do procedimento não deve ser superior a 15 minutos.

Você pode usar aromaterapia em casa?

 

O aproveitamento da aromaterapia em casa é possível se todas as nuances forem observadas.
O uso de óleos essenciais deve ser dosado, pois o uso descontrolado pode causar:
  • alergias;
  • irritação das mucosas;
  • convulsões epilépticas;
  • estado de euforia;
  • distúrbios do sistema nervoso;
  • taquicardia em crianças;
  • aumento do tônus ​​uterino em gestantes.

Portanto, durante os primeiros três meses de gravidez, os óleos essenciais são contraindicados.

Os óleos essenciais são usados ​​de diferentes maneiras, dependendo do diagnóstico. Alguns dos usos populares são esfregar, pulverizar, massagear, banhos de óleo essencial, banhos de óleo essencial e inalação.

A aromaterapia é permitida durante a gravidez?

 

A aromaterapia é proibida para gestantes, mas só depois de um período de três meses, óleos calmantes são permitidos com cautela: menta ou lavanda, que não aumentam o tônus ​​do útero.
As mães que amamentam também precisam ter cuidado, pois os óleos essenciais penetram no leite humano. A composição dos óleos inclui até 200 componentes que afetam o corpo humano.
É importante seguir todas as instruções de uso e padrões de armazenamento.
#emcasa#oleosessenciais#orgânica#selfcare#sustentável#vegana#wnfAromaterapiaautocuidadoBelezaCosméticos