Metropolitan Museum traz uma conversa impossivel entre Schiaparelli e Prada

  Toda primavera o Metropolitan Museum of Art de Nova York apresenta uma exposição organizada pelo The Met Costume Institute. Para quem não lembra, ano passado o museu trouxe os trabalhos geniais de McQueen na apresentação The Sevage Beauty. O sucesso foi tão grande que as formas e símbolos de McQueen se espalharam pelo mundo […]

- Continue depois da Publicidade -

Elsa Schiaparelli e Miuccia Prada

 

Toda primavera o Metropolitan Museum of Art de Nova York apresenta uma exposição organizada pelo The Met Costume Institute. Para quem não lembra, ano passado o museu trouxe os trabalhos geniais de McQueen na apresentação The Sevage Beauty. O sucesso foi tão grande que as formas e símbolos de McQueen se espalharam pelo mundo e viraram quentes tendências.

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Este ano o museu explora o universo da moda com a exposição Schiaparelli & Prada: Impossible Conversations (Conversas Impossíveis), que traz a relação entre duas figuras importantes da moda italiana, mas de épocas completamente diferentes.

Para quem não conhece, Elsa Schiaparelli (1890-1973) foi uma estilista que trabalhou em Paris a partir dos anos 1920 até o fechamento de sua maison em 1954. Ela ficou conhecida pelas suas peças surrealista e emblemáticas como o vestido de gota e o colar de insetos. Sua estética surreal anda um tanto em alta ultimamente e vem sendo bastante recriada em coleções de designers como Delfina Delletrez e Diane Von Furstenberg. Já Miuccia Prada, que toma conta dos negócios da família desde 1978,  é conhecida por trabalhar com temas como a natureza eclética do pós-modernismo.

- Continue depois da Publicidade -

Apesar de suas diferenças, a ideia da exposição é explorar as semelhanças e relacionar o trabalho das duas como se elas se conhecessem. As semelhanças não são poucas: as duas trabalharam com muitas estampas surrealistas, com a desconstrução da silhueta, com materiais inovadores e com bastante excentricidade. Quer um exemplo de excentricidade trazida pela Prada mais recentemente? Quem não se lembra dos óculos de sol art-deco lançado no ano passado?

O conceito da mostra foi baseada na matéria histórica “Entrevista Impossível” feita pela revista Vanity Fair na década de 1930. Para criar esta forma de retratar as conversas simuladas entre Schiaparelli e Miuccia, o museu trouxe o diretor de cinema Baz Luhrmann, conhecido por suas trilhas sonoras.

A exposição que será inaugurada esta semana no dia 10 de maio vai apresentar cerca de 90 modelos e acessórios: sendo trinta deles de Schiaparelli a partir do final anos 1920 e o restante de Prada a partir dos anos 1980 até hoje em dia. As peças usadas foram tiradas do acervo do The Met Costume Institute, do arquivo da marca Prada e também de outras instituições e coleções particulares. Os objetos serão organizadas em sete galerias temáticas: Waist Up/Waist Down, Ugly Chic, Hard Chic, Naïf Chic, The Classical Body, The Exotic Body e The Surreal Body.

Esta será, sem dúvida, mais uma exposição para se inspirar e se emocionar. Vale a pena dar uma conferida se você estiver ou passar por Nova York nos próximo meses.

 

Veja abaixo mais algumas peças de Schiaparelli nos anos 1930 que estão desde a semana passada no leilão online 1stDibs. Depois eu explico melhor como funciona o site.

Telephone compacto, 1935

 

Colar de pinha, 1939

 

Broche, 1939

 

 

Imagens: Fashionista, Blog Stylesight, NY Times

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes