presso3.jpg

Eu juro que não sou daqueles que reclama de qualquer errinho de grafia ou concordância (os famosos “erros de Portugês”). Não reclamo nem mesmo do gerundismo, que infesta estas plagas.

Mas “presso” por “preço”, no Uol, o portal mais importante em lingua portuguesa?!

A que ponto chegamos?! – como diria a vovó do Tapa da Pantera.