Vocês acharam justa a expulsão de Maria do BBB 22? Pois a sister teve sua eliminação decretada pela direção do programa, durante a manhã dessa terça-feira, 15. O motivo, foi a agressão da atriz que bateu o balde na cabeça de Natália, durante a dinâmica do Jogo da Discórdia.

Todavia, a expulsão de Maria do BBB 22 não gerou tanta divisão de opiniões entre público. Isso porque, a maioria dos telespectadores concordaram com a decisão de Boninho e sua equipe. De fato, as imagens mostram que Maria agiu de forma agressiva com o balde.

De maneira idêntica, a atriz e cantora, também não foi delicada na semana passada, também durante o Jogo da Discórdia. Na ocasião, ela colou uma plaquinha na testa do Arthur (através de um velcro). No entanto, Maria também pesou a mão e agiu com força. Ou seja, essa expulsão da sister já era eminente, praticamente como uma bomba prestes a explodir.

Contudo, agora Maria terá que arcar com o ônus da situação. Além de sair com a popularidade em baixa, ela também terá que acertar as contas com a Rede Globo. Isso porque, a atriz acabou infringindo cláusulas previstas no contrato que ela assinou antes de entrar no BBB 22.



Maria e o contrato do BBB 22


BBB 22, Maria, expulsão Maria, contrato, Globo
Maria entrou para o time camarote do BBB 22. Fonte: Reprodução/Globo

De acordo com as informações do jornalista, Fefito, do UOL, Maria poderá perder todo o cachê e prêmios que conquistou com sua participação até aqui. E isso está previsto no contrato que diz:

“Não farão jus a qualquer remuneração, prêmio ou indenização pela Globo, ficando obrigados a ressarcimento de perdas e danos a que derem causa”– diz o documento que teve o trecho publicado no UOL.

Vale lembrar que o cachê do BBB 22 não é muito grande. Os confinados ganham cerca de R$ 3o mil pela participação durante o reality. No entanto, o prêmio pode aumentar consideravelmente, visto que, a cada ação comercial , os integrantes tem o acréscimo de mais mil reais em suas contas.

Além disso, brindes dos patrocinadores e prêmios e dinheiro nas funções de anjo e líder, também podem ser “cancelados”, nesse caso de expulsão.



Proibido agressão no BBB 22


BBB 22, Enquete, Maria, Maria expulsa, Jogo da Discórdia
Maria bete balde na cabeça de Natália em Jogo da Discórdia do BBB 22. Fonte: Reprodução/Globo

Ainda sobre o contrato do BBB 22, o jornalista destaca que ao longo das 14 páginas, a palavra agressão aparece somente uma vez.

“É proibido ao participante praticar agressão física, por mais leve que seja, a qualquer outro participante da competição ou aos membros da equipe da Globo”- diz o documento que foi assinado por Maria.

Além disso, outro trecho do acerto entre Maria a a Globo prevê multa e penalidade que pode alcançar o valor do prêmio do BBB 22.

“No caso de descumprimento de quaisquer das obrigações assumidas pelas partes neste instrumento, bem como no regulamento, a parte infratora ficará sujeita ao pagamento de uma multa de até R$ 1,5 milhão”- diz trecho do contrato, segundo o UOL.

Vale lembrar que Globo e seu departamento jurídico irão rever e analisar cada item do documento. Isso porque, tudo pode ser discutido tanto pela parte da emissora, como pela assessoria de Maria.

Além de Maria,  Ana Paula Renault (BBB 16), Marcos Harter (BBB 17) e Hariany Almeida (BBB 19) também foram expulsos do Big Brother por motivo de agressões no programa. Contudo, nenhum deles recebeu a penalidade máxima de pagar o valor do prêmio para a Globo.

Coincidentemente, todos esses três expulsos foram convidados para participarem de A Fazenda, na Record TV.

Por fim, na noite dessa terça-feira, o paredão do BBB 22 continuará “de pé”. Ou seja, apesar da expulsão de Maria, não impedirá que Arthur Aguiar, Natália Deodato ou Bárbara Heck deixe a competição.



Enquanto isso, veja o que os comentaristas do UOL falaram sobre o ocorrido no BBB 22: