Rapper morto a tiros durante transmissão ao vivo no Instagram

O rapper de 21 anos foi baleado e morto em 8 de julho enquanto gravava uma Live no Instagram.

- Continue depois da Publicidade -

Centenas de pessoas testemunharam o assassinato a sangue frio do rapper Indian Red Boy. O americano de 21 anos foi baleado e morto em 8 de julho enquanto gravava uma Live no Instagram.

Zerail Dijon Rivera, 21, conhecido como o ‘Indian Red Boy’, estava sentado em seu carro, falando via Instagram Live com um amigo, quando os tiros começaram.

Você também pode gostar!

A vítima, tinha mais de 20.500 seguidores na rede social. Rivera estava dentro de seu carro no momento do crime.

O músico, que fazia uma transmissão ao vivo na época, foi baleado no rosto, segundo relatos da mídia local. No vídeo, o jovem rapper recua após ser baleado, suspira e pede ajuda antes de desmaiar.

Os paramédicos que responderam ao incidente declararam Rivera morto no local.

Aqueles que viram as imagens horríveis compartilharam nas redes.

Instagram do rapper

 

As autoridades não conseguiram encontrar o suspeito. A página do rapper no Instagram está repleta de mensagens de condolências. Sua última postagem, datada de 3 de julho, tem mais de 4.000 comentários.
Em um minuto, a vítima conversava com um amigo quando vários tiros foram disparados. “Que diabos”, diz seu amigo. A vítima depois parece tentar falar, mas não consegue.
Uma reportagem da televisão KCAL informou que a polícia de Hawthorne estava no local do tiroteio. A vítima era um “homem na casa dos 20 anos que foi morto a tiros dentro deste carro”. O repórter disse que havia muitos buracos de bala no carro.
  • Siga o Fashion Bubbles no Google News para poder acompanhar tudo sobre famosos direto no seu smartphone. É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News.

Ele foi baleado no rosto e morreu no local; disse o repórter de televisão na reportagem. Além disso, ele disse que a família estava no local e uma grande multidão se reunia.
  • Veja também: Morte de MC Kevin completa um mês – viúva teve surpresa e herança foi definida

 

Autoridades disseram que a vítima tinha laços com gangues

 

O serviço de notícias da cidade citou o tenente da polícia de Hawthorne Ti Goetz, dizendo que a vítima era membro de uma gangue.

Além disso, o MTO News informou que o tiroteio do Indian Red Boy pode estar relacionado a um vídeo que ele postou no Instagram junto a uma gangue.

 

 

por fim, o MTO News descobriu que os sinais que ele usava no vídeo eram ‘desrespeitosos’ para outras gangues de Los Angeles”

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes