falta no futebol

Falta no futebol: o que é e quais as principais infrações?

No futebol, quando uma equipe comete uma infração contra as regras do jogo, uma falta será marcada e uma penalidade será aplicada

Compartilhe

No futebol a falta é usada pelos jogadores como artifício para parar uma jogada ou impedir um gol. Com a Copa do Mundo perto de começar esse assunto passa a ser comentado nas rodas de amigos. Portanto, é bom ficar por dentro para saber se foi ou não infração.

Neste artigo você descobrirá a diferença entre as cobranças e o que leva um jogador leva cartão. Então, continue lendo e se prepare para os jogos do mundial.

O que é uma falta no futebol?

A falta é uma ocorrência em campo, cometida por um jogador, que o árbitro considera uma infração às regras. Sendo assim, muitas ações diferentes constituem uma falta, como um ataque agressivo ou empurrão.

dois jogadores em um campo de futebol
Falta é um artifício do antijogo, e por isso que uma média baixa por jogo faz bem ao futebol. imagem de Leonardo Hidalgo do site Pexels

Como funciona a cobrança de falta no futebol?

O tiro livre será cobrado quando a partida for interrompida por uma falta. Então, o árbitro irá sinalizar a cobrança. Assim, o time baterá de duas formas, chutará diretamente para o gol ou terá que passar a bola antes de chutar para o gol. 

Os dois cenários descritos nas linhas anteriores são basicamente os dois casos de cobranças. Significa, que existem dois tipos que são as seguintes:

  1. Tiro livre direto;
  2. Tiro livre indireto.

Assim, se o tiro livre concedido for tipo número 1 ou tiro livre direto, poderá chutar diretamente para o gol, sem passar a bola para intermediários. Portanto, o chute será com um toque.

No caso 2 ou tiro livre indireto, a bola deve tocar pelo menos em dois jogadores antes de ser chutada a gol. Assim, é a cobrança de falta de dois toques.

Como faz falta no futebol?

Existem inúmeros tipos de infrações que ocorrem por um jogador de qualquer uma das equipes de um jogo, e dada falta para o adversário. Portanto, confira, algumas das quais cabe marcar uma:

  • Colisão entre jogadores;
  • Mão na bola;
  • Ofensas entre jogadores;
  • Pé alto;
  • Jogada perigosa;
  • Intenção de atingir o adversário.

Essas são as principais ações que podem gerar falta durante uma partida de futebol. Mas, cabe lembrar que a interpretação do árbitro é fundamental para a marcação do tiro livre. Então, confira em detalhes cada um.

Colisão entre jogadores

A colisão entre jogadores é bem comum durante uma partida de futebol. No entanto, se houver a intenção de provocar ou ter força excessiva, considerará falta. Por exemplo, dois jogadores batem suas cabeças uma na outra, faz parte do jogo e não marcaram nada. Já obstruir a passagem de um adversário, e assim, causar uma colisão, irá marcar a infração.

dois jogadores de futebol disputando a bola
Futebol é um esporte de contato, por isso as colisões entre jogadores são inevitáveis.Imagem de Pixabay do site Pexels 

Ofensas entre jogadores

A ofensa é uma infração grave que pode levar à expulsão de um atleta. No entanto, há uma linha tênue entre emoção e ofensa, que o juiz deve ficar atento. Nem tudo que é dito em campo, mesmo que pareça ser ofensivo, deve ser visto como tal. Caberá ao árbitro interpretar da melhor maneira e decidir.

Mão na bola

A única pessoa que pode tocar na bola com as mãos é o goleiro. Fora isso, se um jogador puser a mão na bola, um tiro livre direto será da equipe adversária. Algumas interpretações da regra podem variar de acordo com o árbitro. Por exemplo, a posição do corpo ou do braço e se houve interferência na direção da bola.

Pé alto

Caso um jogador levante a perna acima da altura da cintura perto de outro jogador, pode ser chamado de pé alto. Muitas vezes, o pé alto resulta em um tiro livre indireto para a equipe adversária.

Jogada perigosa

Uma jogada perigosa ameaça ferir alguém, incluindo o próprio jogador. Algumas ações podem ser aceitáveis ​​sob certas condições, mas podem resultar em jogadas perigosas se um oponente estiver próximo.

Vídeo sobre as faltas no futebol

Intenção de atingir o jogador adversário

A intenção de atingir o jogador adversário é considerada atitude antidesportiva e pode acarretar cartão amarelo ou até vermelho. Se um jogador intencionalmente acerta o adversário com o intuito de parar a jogada ou até mesmo machucar, tal ato será passível de repressão que irá de acordo com a intensidade.  

Quando uma falta vira cartão amarelo ou vermelho no futebol?

Um cartão amarelo é dado como advertência quando um jogador é imprudente, descuidado, usa de má conduta ou força excessiva. Um cartão vermelho é dado quando um jogador usa força excessiva. Esta pode ser uma ação agressiva que põe em perigo um oponente.

jogadores brigando pela bola de futebol
A emoção do futebol faz a arquibancada gritar e pedir gol. Imagem de Prapoth Panchuea do site Unsplash

Qual a média de faltas em um jogo de futebol?

A média de faltas por partida pode determinar se o jogo foi bom ou não. Ela também impacta no tempo em que a bola está em jogo. Portanto, ter um número baixo de infrações durante a partida é fundamental.

Nas ligas europeias como a Premier Ligue a média gira em torno de 20 e na La Liga é de 27. Já no campeonato brasileiro é de 30.

Compartilhe

Notícias em Alta

Últimas Notícias