Adar Tecidos apresenta o Inverno 2011 para a moda masculina

Inverno 2011 Dolce & Gabbana Do clássico ao militar, homens ganham uma coleção sofisticada e com toque urbano em tecidos e texturas diferenciados O Inverno…

Compartilhe


Inverno 2011 Dolce & Gabbana

Do clássico ao militar, homens ganham uma coleção sofisticada e com toque urbano em tecidos e texturas diferenciados

O Inverno 2011 para a da Adar Tecidos aparece marcado por inspirações em estilos diferenciados, mas que abrangem um universo de homens que cada vez mais se importam em usar roupas de maneira elegante e antenada com as tendências fashion.

A nova coleção é baseada em três linhas específicas que abordam toda a diversidade de cada estilo. Uma releitura dos anos 50 com uma modelagem mais slim marca a linha Clássica. O destaque vai para os looks monocromáticos, que ressaltam a elegância masculina sempre renovada.

A camisaria aparece com linhas e xadrezes e também com cores tradicionais, como o branco e preto, além de tons escuros, que se equilibram perfeitamente e com muito charme em tecidos como Tricoline Fio Tinto Newport 100% algodão fio 80/1, tricolines lisas como a Tricoline Sagres 80/1 e a Tricoline Orly 50/1 e a tricolines maquinetas como a Tricoline Classic Line.

Segundo Sandra Falci, gerente de marketing de produto da ADAR TECIDOS, looks tonados e composês também marcam esta linha. “A modelagem da camisaria está clássica, então o diferencial fica por conta dos composés de padronagens, tais como xadrezes com listrados, ou das cores da camisa combinando com o terno e a gravata formando um look monocromático”.

As referências dos uniformes militares – marinha, exército ou aeronáutica – invadem com muita força o Inverno 2011. A linha Militar apresenta looks mais urbanos, perfeitos para homens que gostam de peças casuais e com estilo marcante. Os casacos ganham detalhes com o uso de botões e aviamentos.

“Esta é uma linha que os homens se identificam muito. O destaque para o estilo militar fica por conta da utilização do falso couro em peças inusitadas, além de recortes e mistura de matérias primas”, aponta Sandra.

Cores como o marrom, camel e azul aparecem com muita força nas parkas, duffles e calças, produzidas com sarjas como a Sarja Ravenna e a Sarja Ferrara, tricolines como a Graham, tecidos resinados e falsos couros e tecidos sintéticos e water proof, como os tecnosporte e tecnosporte crossing.

A Adar Tecidos também aposta na linha New Work, caracterizada por roupas profissionais traduzidas para o dia-a-dia. A inspiração vem nas formas, matérias e acessórios do vestuário profissional. De acordo com Orlando Brandão, gestor de produto do segmento masculino da Adar Tecidos, cores lavadas, cinza, damasco e mogno são alguns dos destaques, além de tecidos com tons mesclados, manchados e com aspecto de sujeira, como graxa e carvão.

Nesta linha, o mix de materiais é ainda maior. Tecidos como o Ascot Fio Tinto Bottom, listras que lembram a alfaiataria clássica, tecidos resinados, veludos, indigos, tricolines como a Tricoline Fio Tinto Itália Easetex, Tricoline Fio Tinto Le Mans, que tem poliamida na composição, ganham formas e estruturas diferenciadas em calças, jaquetas, casacos e coletes.

Orlando Brandão

Compartilhe

Stories

Matérias Similares