Moda africana: Os designers que ressignificam a estética no continente

Moda africana: Os designers que ressignificam a estética no continente

A indumentária, ou seja, a roupa que uma cultura usa, carrega tradição e símbolos. Para a moda africana as mensagens são profundas e complexas porque representam, em um termo, a diversidade e a história de um continente inteiro. Em contrapartida, falar de moda africana é enaltecer designers de diferentes países africanos que passam a ser valorizados no cenário internacional. São esses profissionais que ressignificam a moda africana e elevam a estética a um nível extremamente poderoso, o da identidade.

A figurinista Ruth Carter criou essa identificação em Pantera Negra. Isto porque ela trouxe referência de diferentes nações que contribuíram para a narrativa do filme. Como resultado, milhares de pessoas se conectaram através da identificação da origem africana.

 

  • Aproveite e nos siga no Google News para poder acompanhar o melhor da Moda, Beleza, Decoração, Famosos, BBB 21 e muito mais  direto em seu smartphone. Para seguir É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News.

 

Recentemente, no Globo de Ouro 2021, Viola Davis deu uma aula de representatividade. A atriz foi contra o costume de usar grifes e Alta Costura ao utilizar um vestido da designer camaronense Claude Kameni. Como resultado, suas criações ganharam visibilidade, assim como sua marca Leavie by CK, que apareceu em diversas mídias.

 

Viola Davis brilhou com vestido da camaronense Claude Kameni.

 

 

As produções da Claude Kameni são muito sofisticadas e as estampas inspiradas nos tecidos do seu país de origem.

 

A designer também produz peças masculinas que mesclam suas origens com street wear.

Designers que representam a Moda Africana

 

Loza Maléombho

 

A designer nasceu no Brasil, mas foi criada entre os EUA e a Costa do Marfim.

 

Ela mescla formas contemporâneas com modelagens tradicionais.

 

Além disso, a mescla de materiais e cores é muito inovadora.

 

A designer já vestiu diversas celebridades, incluindo Beyoncé no seu clipe Black is King.

 

 

Andrea Iyamah

 

 

Andrea é da Nigéria e produz moda praia com reconhecimento internacional. Suas estampas são dinâmicas e super coloridas.

 

As peças de banho são super coloridas e intensas.

 

Além disso, ela utiliza materiais como palha para criar joias e acessórios.

 

L’artisane

 

A marca é especializada em túnicas em diferentes materiais. Ela está presente no Senegal, Nigéria e Nova York.

 

A marca tem forte ligação com padronagens e materiais africanos.

 

 

Lukhanyo Mdingi

 

Lukhanyo é outro nome que faz sucesso no mercado internacional. Suas peças são feitas a mão de forma sustentável e responsável.

 

O artesanato das comunidades apoiadas pela marca faz parte da identidade das roupas.

 

Mille Collines

 

A marca começou em Ruanda, mas tem como objetivo dar voz a histórias africanas para tornar o mundo mais conectado.

 

A ancestralidade e o aconchego estão presentes em todas as peças.

 

Sindiso Khumalo

 

A estilista é da Cidade do Cabo e teve formação na famosa Central St Martins, na Inglaterra. Ela já participou da Semana de moda de Milão.

 

Suas peças trazem modelagens mais românticas com estampas inspiradas no seu país de origem.

Moda africana no Brasil

 

Isaac Silva

 

Isaac Silva começou com o propósito de combater o racismo trazendo elementos afro-brasileiras e indígenas para suas peças. Assim, sua narrativa cheia de positivismo, ganha cores e formas simbólicas.

 

A espiritualidade é outra característica presente nas peças do designer.

 

As peças também são agenero, considerando diferente corpos.

 

Angela Brito 

 

Angela Brito aposta em modelagens atemporais. Sua última coleção chama-se Identidade e foi um mergulho da designer nas suas origens.

 

Para a designer, o tecido, que antes era moeda de troca no Brasil Colonial, ganha novo significado representando resistência.

 

Moda africana: looks inspiradores

 

Imagens: Pinterest e Instagram (Reprodução)

 

Por Ju H Mattos

continente africanoDiversidadeestampa africanaEstilistasmoda africanaModa Africana 2021vestidos africanos