SPFW 25 anos – Principais tendências para adicionar nos looks

A SPFW 25 anos, única edição de 2020, destacou a sustentabilidade e artesanato no formato gratuito e 100% virtual com transmissão via YouTube. Confira as principais tendências.

- Continue depois da Publicidade -

A SPFW 25 anos foi realizada entre os dias 4 e 8 de novembro. Definitivamente, ela entregou  muito artesanato, produção manual,  volume e fluidez.  Dessa forma, a cara sustentável da moda brasileira significa  expressividade e posicionamento.

A primeira edição de 2020 não ocorreu devido à pandemia do COVID-19.  Nesse sentido, a segunda exigiu reformulação para acontecer.

 

SPFW: Ronaldo Fraga ao fundo olha para dois croquis em primeiro plano
SPFW Ronaldo Fraga – Fonte: Reprodução

 

Como resultado, o formato da SPFW 25 anos foi 100% digital e gratuito permitindo que as marcas arriscassem novas formas de apresentação. Logo, entramos em contato com vídeos fantásticos cheios de simbologias. Dentre eles, o que  chamou muita atenção  foram suas narrativas.

 

- Continue depois da Publicidade -

SPFW: Modelo 3D virutal utiliza casaco oversized preto com capuz
SPFW 25 anos: Lucas Leão – Fonte: Reprodução

 

É neste cenário consciente que o SPFW 25 anos caminhou em direção à representatividade. Assim,  ele indica o futuro da moda brasileira. Dá uma olhada em como essas manifestações se refletem em shapes e materiais que você não pode deixar de incluir nos seus looks.

 

- Continue depois da Publicidade -

Artesanato é a narrativa da SPFW 25 anos:

 

 

Vestido crochê com franja
SPFW n 46- Projeto Ponto Firme – Foto: reprodução
Modelo usa vestido com manga em crochê e renda
SPFW 25 anos: Ponto Firme – Fonte: Reprodução

- Continue depois da Publicidade -

Modelo veste top de crochê branco
SPFW 25 anos: Ponto Firme – Fonte: Reprodução

A relação da moda brasileira com o artesanato é autêntica. Primeiro, porque ela  é feita através das manifestações culturais. Segundo, porque são reflexo das narrativas que as envolvem.

Dessa forma, as roupas que possuem as texturas do fazer manual se conectam emocionalmente com o público. Assim também, geram aconchego.

Não é só no Brasil que o trabalho dos artesãos ganha valor. Nas outras semanas de moda do mundo, por exemplo,  eles representam o momento de olhando para dentro. Assim como a busca de soluções e de propósito. O artesanato, portanto,  assume a cara da diversidade e da força.

 

Modelo usando casaco em Crochê
SPFW n46 – Projeto Ponto Firme – Foto Reprodução

Projeto Ponto Firme

 

Modelo usando blusa crochê colorido
SPFW n46 – Projeto Ponto Firme – Foto Reprodução

 

O Projeto Ponto Firme, idealizado por Gustavo Silvestre, fez sua terceira participação na semana de moda.  As peças bem delicadas aparecem em modelagens cheias de camadas, babados e movimento.

A renda e o crochê foram feitos pelo time de ex-detentos durante a pandemia. Como resultado, a coleção transmite a relação com a produção manual.

O primeiro desfile do Projeto em 2018 foi  inspiração para documentário. O longa mostra a história dos artesãos. Assim como revive as cores e diferentes pontos da coleção. Com certeza uma coleção marcante que inspira até hoje.

SPFW: Detalhe da barra vestido rodado em crochê
SPFW Projeto Ponto Firme – Fonte: Reprodução
Modelo usa vestido de crochê
SPFW n46 – Projeto Ponto Firme – Foto Reprodução
Modelo veste kimono de crhocê
SPFW n46 – Projeto Ponto Firme – Foto Reprodução

 

 

Trabalhos artesanais estão super em alta há alguns anos, como podemos perceber em Crochê – Tendências e permanecerão fortes. Aqui no Fashion Bubbles já fizemos especial de sapatos de crochê, blusas de tricô, bolsas de crochê, vestido de crochê , saias de crochê , decoração de crochê e até máscara de crochê!

Além de um especial de Crochê para vender com ideias e receitas para lucrar com o artesanato e também como calcular o preço. Tem ainda artigos para iniciantes com crochê fácil e tricô fácil,com aulas e passo a passo, além peças fáceis de fazer. E um super especial de Crochê de Natal.

 

Outras marcas e looks

 

Por outro lado, a Led trouxe uma mistura surpreendente entre moda urbana e artesanato. Os looks combinaram crochê e peças bem fluidas no tecido plano. Em suma, é a inspiração perfeita para unir texturas diferentes no visual. Já o Apartamento 03 trouxe muita poesia com bordados.

 

SPFW: Duas modelos se olhando. A da esquerda usa máscara branca com bordado e da direita usa máscara transparente com flocado.
SPFW Apartamento 03 – Fonte: Reprodução
SPFW: Modelo com paletó manga 3/4 e máscara, ambos bordados.
SPFW Apartamento 03 – Fonte: Reprodução

 

Angela Brito mostra que o trabalho manual está em seu DNA em sua coleção Identidade.  Ao trazer o artesão para o centro no início do seu vídeo, ela valoriza o trabalho do profissional e se conecta com suas origens.

 

SPFW: Modelo de frente a esquerda e de costas a direita usa vestido com estamapdo preto e branco com recorte na cintura e babado em camadas na barra.
SPFW Angela Brito – Fonte: Reprodução

Tendências da SPFW 25 anos


Volumes de impacto

 

As alterações de silhueta não são novidade no mundo da moda. Apesar disso, o momento é de transição de valores e ressignificações da beleza. Consequentemente, é o cenário perfeito para tendência volumosas.

A pegada streetwear está cada vez mais forte no guarda-roupa da brasileira. Dessa forma,  Apostar na modelagem oversized, mesclando com peças mais clássicas e alfaiataria é o que você precisa para compor looks statements.

SPFW: Modelo veste camisa oversized animal print rosa e verde e calça jeans oversized.
SPFW 25 anos: Martins – Fonte: Reprodução

 

A Martins apostou em visuais inteiros no tamanho extragrande. Isso porque, as peças  conversam com o conforto tão exaltado no isolamento e são essencialmente despojadas.

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

Babados em camadas foi a escolha do Isaac Silva para criar volumes e dar complexidade ao look . Ele optou por valorizar a peça  em diferentes corpos. Da mesma forma,  movimento ondular  aparece como aplicação para criar destaque nos ombros e cinturas das peças da Juliana Jabour.

 

Modelo usa maiõ laranja com estampa multicolor localizada e magas extra bufantes.
SPFW Lenny Niemeyer – Fonte: reprodução

 

As mangas volumosas já são nossas queridinhas. No SPFW vimos que elas continuam com tudo. Lenny Niemeyer caprichou no tamanho extra de mangas bufantes. Como resultado, reinventou o peso visual dos bodys e maiôs.

A Neriage, igualmente, interpretou as mangas com volume no punho. Afinal,  o ar romântico  é característico da marca. Tanto Aluf quanto Martins aplicaram mangas giga em padronagens clássicas.

 

Modelo utiliza vestido com decote ciganinha e mangas extra bufantes listrado
SPFW Aluf – Fonte: Reprodução

Materiais Repaginados

 

O plissado está revolucionando a fluidez das peças, e nesta SPFW 25 anos ele veio com muito destaque! Portanto, garanta que ele esteja presente nos seus looks verão 22. Ele se destaca desde as saias da Handred e da Neriage, por exemplo.  As camadas e recortes dos vestidos do Apartamento 03 também desta técnica.

 

Detalhe de saia plissada com camada assimétrica.
SPFW Neriage – Fonte: Reprodução

 

A transparência apareceu intensamente nas semanas de moda e na SPFW ela veio leve e sutil, perfeita para o nosso verão. Exemplo disso é o vestido trabalhado com bordado listrado da Renata Buzzo e a camisa oversized de linho da Martins.

 

Modelo deitada na grama usa vestido transparente com aplicação de listras bordadas na gola, punho, barra e torso.
SPFW Renata Buzzo – Fonte: Reprodução

 

A Aluf  utilizou o  vazado na telinha. Dessa forma, combina  com vestidos bem românticos e leves. Enquanto a Handred apostou no telado de outra forma, aplicando transparência em um conjunto bem fresh.

 

Duas modelos dançando com vestidos telados amarelo
SPFW Aluf – Fonte: Reprodução
Detalhe de material telado com transparência
SPFW Handred – Fonte: Reprodução

 

A suavidade também aparece em tecidos mais pesados como o jeans. A  Amapô se conectou com o momento atual porque fez sua coleção deslocando o material para looks confortáveis e despojados.

 

Modelo usa kimono e calça pantalona midi em jeans leve e botas pretas
SPFW 25 anos:  Amapô – Fonte: Reprodução

 

Recortes

 

A Handred trouxe ainda dois looks com padronagens xadrez compostos inteiramente de recorte, mais uma demonstração da qualidade e técnica da marca. Já Angela Brito sobrepôs uma regata como recorte. Gloria Coelho também utilizou a técnica para construir geometria na coleção.

 

Detalhe de recorte xadrez amarelo e brando SPFW
SPFW 25 anos: Handred – Fonte: Reprodução
SPFW: A esquerda modelo de lado e a direita de frente vestindo blusa preta com recorte sobreposto branco e short preto.
SPFW Angela Brito. Fonte: Reprodução
Modelo usa vestido preto com recortes circulares vazados.
SPFW 25 anos: Gloria Coelho. Fonte: reprodução.

 

Lenny Niemeyer também apostou nos recortes para compor um biquíni bem geométrico. O ritmo que os recortes criam no look vão além da composição visual. Eles representam a pluralidade que compõem nossa identidade. Bem como, a união da comunidade, criando um todo.

 

Modelo veste top e calcinha assimétricos com recorte laranja e cinza.
SPFW Lenny Niemeyer – Fonte: Reprodução

Conjuntos

 

Combinação parte de cima e parte de baixo continuam valendo. Atualmente, os conjuntos crescem como uma opção excelente para criar seus looks.

Nesta SPFW 25 anos, o match camisa parte de baixo é a grande aposta. Ainda mais totalmente estampados como por exemplo o da ÀLG. Ou seja, o full print também promete  no Brasil. Assim como a Freiheit  que aposta nas padronagens para combinar camisas com short e calça.

 

Modelo usa conjunto camisa e bermuda com estampa de correntes - SPFW 25 anos
SPFW ALG – Fonte: Reprodução

 

Ao passo que,  a dupla casaco e parte de baixo que se destaca na Handred e na Juliana Jabour.

 

Modelo usa casaco e calça em tom neutro com punho, cós e botões pretos.
SPFW 25 anos: Handred – Fonte: reprodução

São Paulo Fashion Week e o futuro sustentável 

 

Antes de mais nada, a sustentabilidade falou mais alto durante a pandemia. Isso porque significa repensar a forma de consumir. Além disso, valoriza as peças de roupas e reinventa a produção dos looks. Não poderia ser diferente com as marcas da SPFW 25 anos.  Afinal, elas já procuravam pelo caminho consciente da criação.

Foi possível ver a economia circular no Projeto Ponto Firme, pois reutilizou peças antigas das consumidoras. Ao mesmo tempo, a união da Amapô com a tecnologia antiviral e tecidos reciclados são outra forma de entregar produtos de menor impacto ambiental.

Ainda é possível entender a sustentabilidade com o olhar para o passado, rever histórias e se conectar com a origem. Herchcovitch fez um passeio por peças icônicas da sua trajetória. Ronaldo Fraga fez releitura da sua coleção sobre Zuzu Angel. A Handred também prestou sua homenagem ao passado com referências à história de Copacabana.

Quem nunca abriu o armário e encontrou aquela peça que nem lembrava que existia. Aposte na união entre o frescor das trends brasileiras com a história individual e coletiva de peças usadas.

A semana de moda parece urgente e nos traz tendências latentes que também carregam seus próprios significados. Ela também representa nossas escolhas como um povo plural que cada vez mais busca se diferenciar do resto do mundo e ser totalmente representado. O que fica da SPFW 25 anos são os must-have impactantes cheios de força e expressividade cultural.

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes