Oficina de Estilo em A morte (definitiva?) das tendências e Ivete Sangalo

81

Vocês precisam ler essa matéria do Oficina de Estilo falando das tendências e a questão do estilo, onde a Cris comenta sobre Ivete Sangalo e a possibilidade de aproveitar a multipilicidade de tendências sem esquecer de expressar sua personalidade.

Seguem alguns trechos , mas não deixem de ler matéria completa no Oficina de Estilo.

“A temporada internacional de moda acabou e confirmou o que já era fato (Regina Guerreiro E Ricardo Oliveros falam disso há tempos): não tem mesmo mais tendências. Os desfiles que vimos agora podem mostrar micro e mini tendências, mas não dá pra identificar grandes temas – diz que bastante por causa das mudanças de clima no planeta, que fizeram as maisons “trocar” os especialestas em tendências por especialistas em temperatura.”  (…)

Todo mundo pode tudo (conhecendo seus limites e vontades autênticas e tals). (…)

Você também pode gostar!

Tem pra todo mundo, é só escolher com coerência e algum carinho por si mesmo, daí já se tem meio caminho andado.

Ivete Sangalo (ahãm, adoro por causa da “roupa do amor”!) falou essa semana que “se ela bota uma roupa masculina, vira um homem; com uma roupa mais poderosa, vira Sophia Loren; com um boné, fica esportiva; e com uma mini-saia vira pantera”. E ela completou: “das duas, uma – ou eu não tenho personalidade ou eu sou uma mulher multifacetada”.

estilo-ivete-sangalo.jpg

A gente aqui acha que não existe pessoa sem personalidade. Existe quem não comunique sua personalidade através do que veste (isso existe!), mas não existe ninguém vazio, ninguém sem opinião, sem desejo, sem objetivo, sem grupo de amigos, sem atividades e coisas pra fazer no dia a dia. E todo mundo é, de um jeito, “multifacetado”: dá pra ter uma vontade diferente todo dia, com coerência. Ivete Sangalo deve se vestir desses jeitos todos sempre com cara de Ivete Sangalo, não?

Leia matéria completa aqui.

você pode gostar também