Campeonato Paulista será suspenso devido à pandemia

Decisão se deve a pior fase do estado paulista, desde o início da pandemia. Em apenas 24 h, São Paulo registrou mais de 500 mortes por Covid-19. Além disso, já faltam leitos em mais de 30 municípios do Estado de São Paulo. Saiba mais!

- Continue depois da Publicidade -

O Governo de São Paulo ainda não se pronunciou oficialmente. No entanto, ao que tudo indica, o  Campeonato Paulista 2021 será suspenso em razão da situação de “caos” da pandemia da Covid-19, no estado.

O “Paulistão” é um dos eventos esportivos com maior audiência no Brasil.

Mas, o estado paulista vive a situação mais crítica da pandemia. No caso, desde o início da pandemia. De terça-feira (09/03) para quarta-feira (10/03), o estado bateu um recorde. De acordo com o Consórcio de Saúde do estado paulista, foram 517 mortes pela doença em 24 horas.

São Paulo já está, praticamente, sem leitos de unidade intensiva (UTI) para pacientes diagnosticados com Covid-19.

Estado de São Paulo: colapso na saúde devido alta da Covid-19

- Continue depois da Publicidade -

“Em São Paulo, estamos com vários hospitais lotados. Com números crescentes de infecção, internação e óbitos”, ressaltou o governador paulista, João Doria. O governador concedeu em entrevista, nesta quarta-feira (10/03).

- Continue depois da Publicidade -

Por outro lado, a suspensão do Campeonato Paulista ainda é um tema a ser debatido pelo Centro de Contingência do Coronavírus. Mas, ao que tudo indica, é que exista a paralisação do torneio.

Assim, como forma preservar a saúde e a vida de atletas, de seus familiares e todos os trabalhadores do esporte. Além disso, mesmo com as orientações, torcidas estão se aglomerando.

Além disso, o procurador-geral do Ministério Público de São Paulo (MP-SP), Mario Sarrubbo, orientou que Doria suspenda as partidas pelo Campeonato Paulista.

- Continue depois da Publicidade -

“À luz dos princípios da prevenção e precaução em matéria de saúde pública, recomenda-se que Doria tome as devidas providências para suspensão da realização de eventos esportivos. Inclusive, partidas de futebol, durante a fase vermelha do Plano SP”, posicionou-se Sarrubbo, por meio de nota à imprensa.

Torcedores se aglomeram, mesmo com pandemia da Covid-19
Torcedores se aglomeram, mesmo com pandemia da Covid-19

Federação Paulista de Futebol quer que campeonato prossiga, mesmo frente à pandemia em São Paulo…

No entanto, a Federação Paulista de Futebol (FPF) – entidade que organiza a competição – não concordou com a nota de Sarrublo.

Você também pode gostar!

“A recomendação vai na contramão do combate à Covid-19 no mundo. Como em países que realizaram rigorosos lockdowns em meio à segunda onda. E, mesmo assim, mantiveram o futebol profissional em atividade”, pronunciou-se a FPF, em nota. “Nações, por exemplo, como Inglaterra, Alemanha e Estados Unidos. Mesmo com medidas extremamente restritivas à população, seguiram com suas ligas em atividade”, diz a nota.

Secretário da Saúde rebate..

Enquanto isso, o secretário de Estado da Saúde de SP, Jean Gorinchteyn, alerta sobre a situação do estado. “Temos ainda leitos de UTI. Mas, a velocidade da doença, a velocidade da forma grave com que os doentes têm se apresentado, corre o risco de termos um comprometimento no nosso sistema de saúde”,  ressaltou  Gorinchteyn.

Além disso, secretário revelou que 32 municípios do estado paulista estão em colapso. Assim, tiveram que pedir socorro a outras cidades.

Dessa forma, o governo de São Paulo deve, realmente, suspender as partidas do Campeonato Paulista. Isto, pelo menos, até que a situação seja menos impactante.

O que dizem os clubes paulistas de futebol?

A maioria dos times paulistas deve receber bem a suspensão do Campeonato Paulista. Por exemplo, o Corinthians afirmou que acatará a decisão.

O clube alvinegro conta com mais de 14 casos de Covid-19 em seu elenco. Além disso, casos de reinfecção, como o do goleiro Cássio. “Temos a saúde como principal preocupação. Permanecemos atentos às orientações dos órgãos e comitês responsáveis pelos protocolos de governo e do futebol”, posicionou-se o clube.

Já o Palmeiras não se pronunciou, até o fechamento desta matéria. Mas, ao que tudo indica deve compreender a suspensão do Campeonato Paulista.

Isso porque o clube palmeirense se posicionou a favor da primeira paralisação do torneiro, há cerca de um ano. “Preservar vidas”, resumiu o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, na ocasião.

A decisão oficial deve ser divulgada ainda nesta quarta-feira (10/03)…

Fique por dentro das últimas notícias do Brasil e do Mundo, aqui, no Fashion Bubbles

Com informações do jornal O Globo, Uol, Gazeta Esportiva e da Secretaria de Saúde de São Paulo

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes