Anitta tomando banho do ebó no candomblé

Anitta perde seguidores após postar foto de novo clipe homenageando o candomblé

A cantora Anitta divulgou no Instagram fotos de sua rotina em um terreiro de sua religião e recebeu comentários com intolerância religiosa; ouça a música que inspira o clipe

Compartilhe

Nesta segunda-feira (13), a cantora Anitta postou em seu Instagram fotos do candomblé, sua religião. As imagens foram para promover o lançamento do clipe de “Aceita“, música que está em seu novo álbum, “Funk Generation“. A estreia do vídeo será apenas na quinta-feira (15), mas só com as imagens a cantora começou o dia perdendo mais de 60 mil seguidores.

As imagens postadas são sobre a rotina de Anitta dentro de um terreiro de candomblé, lugar sagrado da religião de matriz africana a qual a cantora sempre deixou claro fazer parte. Com isso, ela fez um desabafo ao perceber que além de perder seguidores, muitos comentaram frases como “só Deus salva” e “tá repreendido”, o que mostra intolerância religiosa. Continue lendo para entender mais o que aconteceu, ver as fotos e ouvir a música.

O que Anitta postou nas redes sociais?

No final do mês de abril, em uma coletiva para falar do álbum “Funk Generation”, Anitta explicou que a canção “Aceita” faz referência a Exu, um orixá das religiões de matriz africana. Dessa forma, a música é uma homenagear para sua própria fé. Confira as fotos postadas abaixo:

Anitta com seu pai de santo
Anitta ao lado de seu Pai de Santo. Fonte: Instagram @anitta
Anitta vestida de branco em uma cozinha de terreiro de candomblé
Anitta na cozinha de um terreiro de candomblé. Fonte: Instagram @anitta
Foto de Anitta com os pés descalçoes e palha que representa Omolu e Obaluaê no Candomblé
Imagem de seu pé ao redor de palhas, que representam o Orixá Obaluaê. Fonte: Instagram @anitta

Neste sentido, ao perceber que havia perdido 65 mil seguidores nas redes sociais, Anitta postou em seus stories no Instagram que estava grata a Exu por fazer essa limpeza em sua vida.

Print stories Anitta após perder seguidores
Print stories. Fonte: Instagram @anitta

Qual a religião da Anitta?

Aos 7 anos de idade, Anitta começou a frequentar a igreja católica ao lado de seu avô. Porém, após alguns anos, ela contou que se frustrou quando um padre foi expulso ao homenagear a cultura e religião negra em um 20 de novembro, no Dia da Consciência Negra.

Anitta em seu terreiro de candomblé
Anitta em seu terreiro de candomblé. Fonte: Instagram @anitta

Dito isso, a cantora foi para o candomblé, religião de seu pai, onde se descobriu filha do orixá Logun Edé. Esta que é uma religião de matriz africana trazida para o Brasil durante a época da escravidão, originária na região da África Ocidental.

Resumindo, seus rituais são dedicados aos orixás, divindades que representam forças da natureza e aspectos da vida humana. Apesar da perseguição e proibição durante o período colonial, o candomblé sobreviveu através de práticas secretas e sincretismo religioso. Após a abolição da escravatura, expandiu-se e hoje é reconhecido como uma parte importante do patrimônio cultural e espiritual do Brasil, praticado por milhões de pessoas em todo o país.

O que é intolerância religiosa?

Após comentários como “tá repreendido” , “só há um Deus todo poderoso” e “vai para o inferno”, alguns seguidores começaram a questionar se Anitta estaria sofrendo intolerância religiosa. Afinal, a cantora não estava impondo nada, apenas mostrando sua religião., como muitos outros fazem livremente.

Dito isso, para todos entenderem, a intolerância religiosa refere-se à discriminação, hostilidade ou violência direcionada a indivíduos ou grupos devido às suas crenças religiosas. Isso pode se manifestar de várias maneiras, como ataques físicos, vandalismo a locais de culto, difamação, exclusão social e até mesmo legislação discriminatória.

No Brasil, a Constituição Federal de 1988 garante a liberdade religiosa como um direito fundamental (Art. 5º, VI), protegendo os cidadãos contra qualquer forma de discriminação baseada em religião. Além disso, a Lei nº 7.716/1989, conhecida como Lei de Crimes Raciais, foi modificada em 2015 para incluir a intolerância religiosa como crime punível pela lei, estabelecendo penalidades para quem praticar atos discriminatórios motivados por religião.

Por fim, ouça agora a música “Aceita”, que está disponível no Spotify e outras plataformas digitais:

Fonte: YouTube @anitta

Enfim, continue de olho no Fashion Bubbles para não perder nada do que acontece no mundo dos Famosos e assistir o clipe da Anitta quando for lançado.

Compartilhe

Newsletter

Inscreva-se em nosso newsletter e receba diretamente em seu e-mail artigos exclusivos, dicas de beleza imperdíveis e as últimas novidades dos reality shows mais badalados. Não perca a chance de estar sempre à frente, conhecendo as tendências e segredos que só os verdadeiros conhecedores do universo fashion e do glamour dos realitys têm acesso!

Não fazemos spam! Leia mais em nossa política de privacidade.


Últimas notícias BBB

Últimas notícias