Izael Caldeira, do Demônios da Garoa, morre aos 79 anos de Covid-19

Izael Caldeira, que fazia parte do grupo Demônios da Garoa, faleceu no dia 15 de fevereiro, aos 79 anos. De acordo com informações fornecidas à…

Demônios da Garoa
Compartilhe

Izael Caldeira, que fazia parte do grupo Demônios da Garoa, faleceu no dia 15 de fevereiro, aos 79 anos.

De acordo com informações fornecidas à imprensa, ele faleceu em decorrência de complicações provocadas pela Covid-19 depois de ficar internado por vários dias.

A banda se manifestou por meio de um post feito nas redes sociais.

“É com profunda tristeza e com nossos corações completamente apertados que comunicamos a todos o falecimento do nosso amado irmão #IZAEL ainda sem acreditar que perdemos uma das vozes mais lindas desse País, um ser humano ímpar e que vai deixar muitas, mas muitas saudades. Obrigado por tudo Iza. Que DEUS em sua infinita bondade possa confortar o coração de todos os familiares, amigos e fãs. Descanse em Paz e com um trecho de uma música que o Senhor gravou lindamente nos despedimos: ” se todos fossem, iguais a você que maravilha viver”.

O músico que havia completado 79 anos no dia 27 de janeiro, foi internado no começo do mês de fevereiro.

Izael
Foto: Facebook

Desde então o próprio conjunto fez várias publicações nas redes sociais para informar o público sobre o estado de de Izael. Em todas as postagens havia pedidos de oração.

Infelizmente o musico não sobreviveu. Ele faleceu no dia 15 de fevereiro e o sepultamento ocorreu no dia seguinte, no cemitério Parque dos Pinheiros, na Zona Norte de São Paulo. Ele deixou a esposa e mais cinco filhos, nove netos e um bisneto.

 

Sobre a participação de Izael no grupo

 

Izael não pertencia à formação original do Demônios da Garoa. Originalmente o grupo se formou em 1943 e é considerado o mais antigo do Brasil. Izael passou a fazer parte da formação em 1999.

Durante a sua participação no grupo, Izael tocava um instrumento de percussão, a timba. Mas ele também cantava, visto que a voz é marca registrada do “Demônios da Garoa”.

 

Izael
Foto: Facebook

 

O grupo, considerado o mais antigo do Brasil, se formou n ano de 1943 na Mooca em São Paulo e, ao longo de toda a sua existência conseguiu levar ao público um samba de qualidade, que mostra muito bem as tradições desse tipo de música.

A marca registrada do grupo sempre foi o vocal e, parte do sucesso se deve à perfeita harmonia das vozes dos seus integrantes.

Além de levar o samba à população, o grupo incluiu nas suas canções características do italianado falado na Mooca.

Assim, com musica de qualidade e linguajar popular, o “Demônios da Garoa” ganhou o país e criou o seu próprio legado. E mesmo tendo entrado mais tarde, Izael Caldeira conseguiu continuar com as tradições do grupo.

Por fim, veja também: Ana Sang, mãe de Bruno Gissoni, Felipe Simas e Rodrigo Simas internada por Covid recebe alta.

Compartilhe

Stories

Matérias Similares