Jornalista da Band ameaça Sikêra Jr e ele responde: “Tu és doido?”

O que Sikêra Jr disse sobre os membros do grupo LGTQIA+ foi o que tanto irritou Neto, ex-jogador de futebol.

- Continue depois da Publicidade -

Desde que Sikêra Jr foi homofóbico e preconceituoso no programa Alerta Nacional, da RedeTV!, o assunto tem gerado repercussão. Antes que a emissora emitisse uma nota oficial sobre a ocorrência, o jornalista Neto, da Band, mandou um recado para o apresentador.

 

 

Jornalista da Band fala sobre Sikêra Jr

 

 

Foto montagem de Ex-jogador Neto e Sikêra Jr lado a lado.
Ex-jogador Neto e Sikêra Jr – Fonte: Instagram/Instagram/Reprodução

 

 

  • Em seguida, leia também: Sikêra Jr – RedeTV! emite nota sobre destino do jornalista na emissora.

 

 

Neto ameaçou Sikêra Jr, ao vivo, durante a apresentação do programa “Os donos da bola”, da Band. Ele ficou extremamente irritado com as palavras ditas pelo jornalista e desabafou.

“Ou você pensa assim, ou não”, disse Neto, alegando que o apresentador teria pedido desculpas somente porque perdeu patrocinadores do programa.

“Se for seu pensamento, espero que um dia você não me encontre”, ameaçou ele, dizendo que se acaso se esbarrarem, ele irá “ver só”. Ainda irritado, falou: “Você fala pra mim, eu e você, a sós. Até o dono da RedeTV!, qualquer um de vocês que pensem assim”.

O jornalista diz não ter medo de Sikêra, e que se ele quiser ligar para a Band, que fique à vontade, pois lá, segundo ele, é um lugar que não existe preconceito.

 

 

  • Em seguida, leia também: Ícones LGBTQ+ mais influentes da história são retratados.

 

 

 

 

Sikêra Jr assiste vídeo e responde

 

 

Foto de Sikêra Jr.
Sikêra Jr – Fonte: Twitter

 

 

Durante o Alerta Nacional dessa quarta-feira (30), Sikêra Jr ouviu o vídeo de Neto falando sobre o discurso dele quanto a propaganda da Burger King.

Em resposta à ameaça, o jornalista disse: “O nome do meu pai era José Siqueira Barros. Ele nunca deu um tapa em mim. E eu agora com 55 anos, você acha que vai bater em mim? Tu é doido, Neto? Faça isso não, siga sua vida… Não ameace um homem”.

 

 

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

  • Enquanto isso, aproveite e nos siga no Google News para saber tudo sobre Moda, Beleza, Famosos, Décor e muito mais. É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News.

 

 

 

 

A propaganda da Burger King

 

 

A empresa multinacional lançou uma nova campanha no Brasil, no dia 23 de junho, pelo YouTube. Esta mostra como adultos podem explicar para seus filhos assuntos relacionados a LGBTQIA+. Com quase 5 milhões de visualizações, o vídeo mostra crianças falando o que pensam sobre as pessoas que fazem parte dessa comunidade.

 

 

  • Em seguida, leia também: A relação entre estética negra e cargos de liderança.

 

 

Foto da nova logo da Burger King Brasil.
Burger King – Fonte: Facebook

 

 

Mais da metade das reações do anúncio são negativas, as pessoas falam nos comentários, assim como Sikêra Jr teve sua opinião, que essa foi uma escolha equivocada, feita para ter visibilidade.

 

 

  • Em seguida, leia também: Eduardo Leite, governador do RS, se assume gay e ganha apoio de Luciano Huck e outros famosos.

 

 

 

 

Dois dos quase 300 mil comentários do vídeo tiveram mais de 50 mil curtidas. Em um deles, um internauta escreveu: “Criança não tem que ser gay, lésbica, trans, bi, hétero e nem nada que envolva sexualidade. Criança tem que estudar, brincar e se divertir muito”.

O segundo, que bateu a marca de 60 mil reações, tem outro ponto de vista: “Se a criança tem discernimento para isso, então a maioridade penal deve ser reduzida para 15 anos ou menos”.

 

 

 

 

Montagem com os dois comentários citados.
Os comentários negativos – Fonte: Reprodução/YouTube/Burger King

 

 

A homofobia e outros tipos de preconceito, infelizmente, ainda é muito amplo em nosso país. Nos últimos dias, o Brasil registrou uma morte LGBT a cada 19 horas. Se você ainda tem dúvidas sobre o assunto e quer entender melhor, leia nosso artigo que pode te auxiliar: Identidade e Gênero – As diferenças entre corpo biológico, gênero, orientação sexual e expressão de gênero.

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes