Robinho recebe pena de 9 anos de prisão por estupro

Robinho recebeu a sentença de 9 anos de prisão após seu recurso contra sua condenação por estupro ser rejeitado por um tribunal italiano

Fonte: Mirror

A justiça italiana determinou a condenação de 9 anos de prisão a Robinho, ex-jogador do Manchester City e Real Madrid, pelo crime de estupro.

Robinho e Ricardo Falco, amigo do jogador — relacionado ao incidente que ocorreu em 2013 —, tentaram um recurso contra a condenação, mas o Tribunal de Cassação da Itália rejeitou.

O jogador recebeu a condenação por estupro em 2017. A sentença proferida pelos tribunais foi de nove anos de prisão. Contudo, até o momento, o seu processo de apelação nos tribunais estava em andamento.

Embora rejeitado continuamente as alegações, Robinho foi acusado de participar de estupro coletivo de uma albanesa de 22 anos na boate Sio Café, em Milão, em janeiro de 2013.

Como última decisão, o tribunal na Itália determinou o seguinte ao jogador e seu amigo Falco: 9 anos de prisão, sem espaço para mais recursos e com a sentença a começar imediatamente.



Robinho jogava para o time Milan na época do incidente, em 2013


Robinho recebeu pena de 9 anos de prisão por estupro. Fonte: Calcioinpillole


Por conta da condenação, a justiça Italiana pode solicitar a extradição de Robinho e Falco, ainda que a Constituição brasileira vete a extradição de brasileiros.

Com essa situação, a Itália poderá pedir que os dois homens cumpram suas penas em prisão no Brasil.

A Itália, portanto, deve solicitar a transferência da execução da pena para a Justiça Brasileira. Por conseguinte, aguardar a homologação da sentença pelo Superior Tribunal de Justiça.

No caso criminoso, outros 4 brasileiros receberam denúncias por participarem do ato. Contudo, como já haviam deixado a Itália enquanto ocorria as investigações, não receberam as notificações da conclusão das análises. Assim sendo, não foram processados. Todavia, seus processos suspensos podem ser reabertos.


Fonte: Ts


O site Uol publicou em outubro de 2020 que o Tribunal de Justiça italiano manteve a sentença após o juiz negar a um recurso da defesa. Na solicitação, a defesa tentou desqualificar a vítima por conta de fotos dela ingerindo álcool na noite do incidente.

Dessa forma, ficou determinado: Robinho e outros cinco brasileiros estupraram a mulher após embebedá-la com álcool em uma boate da cidade italiana.

Related Post

Em 2017, parte do julgamento ordenado pelo tribunal incluía que a vítima recebesse 60 mil €, isto é, cerca de R$ 370 mil, como compensação por seu sofrimento.

Robinho, que possui 37 anos, jogou pelo Milan entre os anos 2010 e 2015. Sua carreira de jogador continuou até 2020, três anos após ser inicialmente condenado, aguardando o processo de apelação subsequente, já concluído.


  • Ao mesmo tempo, confira Anderson Leonardo exige indenização de MC pela acusação de estupro

Sobre o jogador


Pena do jogador Robinho por estupro: 9 anos de prisão. Fonte: Mirror


Robinho jogava para o Atlético Mineiro quando recebeu a sentença inicial. Antes disso, em 2015, integrava o time chinês Guangzhou Evergrande.

Depois do Atlético-MG, ele ficou 4 anos nos clubes turcos Sivasspor e Istanbul Basaksehir. Em outubro de 2020, o Santos, onde começou a sua carreira, anunciou o jogador. Contudo, Robinho nem chegou a entrar em campo pelo time, pois teve seu contrato suspenso e mais adiante encerrado. Hoje o jogador está sem clube.


  • Por fim, confira Diego Maradona, tudo sobre o maior ídolo do futebol argentino
Laila Lopes: Laila Lopes é mineira com apenas 22 anos. Há dois mora no Rio de Janeiro, para desbravar novos caminhos. No vai e vem de cidades, resolveu crescer como redatora, função que administra com amor e carinho de onde estiver, com técnicas de SEO e artigos otimizados. Contato: laila-lopes@live.com
Posts Relacionados