Tarcísio Meira, de 85 anos, morre vítima de Covid-19

Ícone da televisão brasileira lutava pela vida na UTI do Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo

- Continue depois da Publicidade -

O ator Tarcísio Meira, de 85 anos, morreu nesta quinta-feira (12/08), em São Paulo, após enfrentar complicações em decorrência da Covid-19.

Ele estava internado desde o dia 6 de agosto, no Hospital Albert Einstein, ao lado da mulher, Glória Menezes. A atriz apresenta melhora em seu estado de saúde mas a situação ainda é delicada, segundo os médicos.

 

 

Foto de Tarcísio Meira.
Tarcísio Meira morre de Covid-19. Fonte: Instagram/ Reprodução Fashion Bubbles

 

 

A informação foi confirmada em um comunicado publicado pela família nas redes sociais.

“Comunicamos o falecimento do nosso querido Tarcísio Meira, nosso eterno João Coragem, que lutou bravamente contra essa terrível doença. Agradecemos a todos pelas orações e por ter nos acompanhado esse tempo todo, estamos arrasados”, diz a publicação.

 

 

Tarcísio Meira, um dos maiores atores do Brasil

 

 

Considerado um dos maiores atores da dramaturgia brasileira, Tarcísio nasceu em São Paulo, em outubro de 1935. Ele começou a carreira artística em 1957, após desistir de se tornar diplomata, brilhando no teatro nas peças “Chá e Simpatia” e “Quando As Paredes Falam”.

 

 

  • Em seguida, leia também: Felipe Neto fica arrasado com positivo para Covid-19: “Muito triste”.

 

 

Fotos antigas do ator.
Fonte: Pinterest/ Famosidades/ Reprodução

 

 

  • Enquanto isso, aproveite e nos siga no Google News para saber tudo sobre Moda, Beleza, Famosos, Décor e muito mais. É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 lá no News.

 

 

Dois anos depois, em 1959, Tarcísio estreou na TV Tupi no teleteatro “Noites Brancas”. Em seguida, contracenou pela primeira vez com Glória Menezes em “Uma Pires Camargo”, em 1961, de Geraldo Vietri. Os dois se casaram no ano seguinte. Tarcísio e Gloria tem um único filho, Tarcísio Filho, que nasceu em 1964.

 

 

  • Em seguida, leia também: Morre o ator Paulo José, aos 84 anos, vítima de pneumonia: “um dos maiores nomes da dramaturgia”.

 

 

Você também pode gostar!
Foto de Tarcísio Meira e Glória Menezes.
Tarcísio Meira e Glória Menezes. Fonte: Instagram/ Reprodução

 

 

  • Em seguida, leia também: Samara Felippo usa capa plástica para abraçar filhas com covid-19.

 

 

Na Excelsior, o ator se destacou pela atuação com a mulher em “2-5499 Ocupado” (1963), de Dulce Santucci, e fez mais nove trabalhos da emissora.

Em 1967, eles fizeram sua estreia na Globo em “Sangue e Areia” e se consagraram na TV brasileira.

 

 

  • Em seguida, leia também: Paulo Gustavo — Relembre a trajetória de sucesso de um dos maiores artistas que o Brasil já conheceu.

 

 

Trabalhos do ator

 

 

Foto de Tarcísio Moura e Glória Menezes.
Ator e Glória Menezes. Fonte: Twitter/ Reprodução

 

 

Entre seus principais trabalhos estão “Irmãos Coragem” (1970), “Cavalo de Aço” (1973), “O Semideus” (1973), “Guerra dos Sexos” (1983), “O Tempo e o Vento” (1985), “Desejo” (1990), “Rei do Gado” (1996), “Torre de Babel” (1998), “Hilda Furacão” (1998), “A Muralha” (2000), “O Beijo do Vampiro” (2002), “Senhora do Destino” (2004), “Páginas da Vida” (2006), “A Favorita” (2008), “A Lei do Amor” (2016) e “Orgulho e Paixão” (2018).

 

 

  • Em seguida, leia também: Ator da Globo se recusa a tomar a vacina contra Covid-19 e pode perder papel em remake de Pantanal.

 

 

Fotos antigas do ator em cena.
Fonte: Famosidades/ Facebook

 

 

A novela, Orgulho e Paixão de 2018 foi a última de sua carreira. Ele interpretou Lorde Williamson, um poderoso industrial inglês, mas foi afastado da trama por uma infecção pulmonar.

 

Texto escrito por Aline Freire e editado por Laila Lopes.

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes