Homem compra anúncio do Wall Street Journal para reclamar da lentidão da velocidade da Internet

Um homem de 90 anos em North Hollywood, Califórnia, estava com o serviço lento de internet, então fez uma reclamação ao CEO da AT&T, John Stankey em um jornal.

- Continue depois da Publicidade -

Aaron Epstein, de 90 anos, da Califórnia, pagou US $ 1.100 por seu anúncio, que é quase a mesma quantia que ele paga por um ano inteiro de serviço da AT&T.

Aaron Epstein é um cliente fiel da AT&T há mais de meio século. O californiano de 90 anos geralmente está satisfeito com o serviço da empresa. No entanto, a lentidão da velocidade da internet em seu bairro recentemente o deixou farto – a ponto de ele comprar um anúncio no The Wall Street Journal para reclamar.

 

De acordo com a Ars Technica , Epstein ficou tão chateado com seu serviço de Internet que pagou US $ 1.100 para publicar sua carta aberta ao CEO da empresa.

Ele até solicitou estrategicamente que o anúncio fosse veiculado nas edições Manhattan e Dallas – já que a primeira poderia convencer os investidores a pressionar a AT&T, cuja sede fica na segunda.

- Continue depois da Publicidade -

 

Anúncio

 

- Continue depois da Publicidade -

 

“A AT&T se orgulha de ser líder em comunicações eletrônicas. Infelizmente, para as pessoas que vivem em N. Hollywood, CA 91607, a AT&T é agora uma grande decepção. Muitos de nossos vizinhos são trabalhadores técnicos criativos nos estúdios da Universal, Warner Brothers, Disney … ”

Você também pode gostar!

- Continue depois da Publicidade -

“Precisamos nos manter atualizados com a tecnologia atual e procuramos a AT&T para nos fornecer um serviço rápido de internet. No entanto, embora a AT&T esteja anunciando velocidades de até 100 Mbps para outros bairros, o mais rápido agora disponível para nós da AT&T é de apenas 3 Mbps. Seus concorrentes agora têm velocidades de mais de 200 Mbps.”

- Continue depois da Publicidade -

“Por que a AT&T, uma empresa líder em comunicações, está nos tratando de maneira tão mesquinha em North Hollywood?” Epstein indagou com razão em sua carta.

 

Ele tentou resolver com a empresa AT&T que não resolveu o problema

 

Quanto à sua escolha ousada de reclamar publicamente, Epstein inicialmente tentou resolver as coisas silenciosamente. O atendimento ao cliente, no entanto, apenas disse a ele que a AT&T está trabalhando em melhorias.

“Fico muito irritado porque, periodicamente, recebo correspondências tradicionais e periodicamente vejo anúncios na TV e na Internet oferecendo um serviço mais rápido [da AT&T]”, explicou Epstein.

“É muito frustrante porque agora todos nós usamos serviços de streaming. Às vezes os filmes são perfeitamente fluidos e rápidos, e outras vezes é muito frustrante e eu nem mesmo consigo usar.”

O anúncio, agora viral, atraiu a atenção generalizada pela primeira vez quando Raju Narisetti, editor da McKinsey Global Publishing, tuitou uma fotografia do anúncio impresso.

Embora ele ainda não tenha recebido uma resposta à sua carta aberta, esperamos que a AT&T faça a coisa certa – e ajude o senhor Aaron Epstein.

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes