Copom anuncia aumento da taxa Selic. Saiba como isso vai te impactar!

O aumento da taxa básica de juros foi de 2% para 2,75, surpreendendo muitos analistas do mercado.

- Continue depois da Publicidade -

Em reunião nesta quarta-feira (17), o Comitê de Política Monetária (Copom) subiu a taxa básica de juros da economia (taxa selic) pela primeira vez desde 2015. Com a crescente escalada da inflação, o Banco Central encontrou no aumento de 2% para 2,75% da taxa Selic a solução para frear o aumento dos preços.

Após o Boletim Focus, publicado pelo Banco Central na última segunda-feira, ficou mais evidente que o Copom aumentaria a taxa selic, saindo da mínima histórica de 2%.

Também, a taxa dos juros (DI) nos mercados futuros estão aumentando há meses, confirmando o pessimismo do mercado financeiro em relação aos indicadores econômicos atuais.

De acordo com o citado boletim, as projeções dos economistas são de um IPCA (índice oficial de inflação ao consumidor) por volta de 4,60% neste ano. 

Entre os economistas consultados na elaboração do Boletim Focus, a estimativa é que, na verdade, a inflação pode ser ainda maior, chegando a 5,12%. Ou seja, muito acima da meta de inflação que é de 3,75%. 

- Continue depois da Publicidade -

Além disso, a disparada do dólar desde o ano passado também motivou o Copom a elevar a taxa Selic. 

De acordo com a agência Reuters, a maioria dos especialistas ressaltam a “maior desvalorização do real, calculando o dólar a R$ 5,30 e R$ 5,20 reais respectivamente neste ano e no próximo, de R$ 5,15 e R$ 5,13 antes”.

- Continue depois da Publicidade -

Também, o cenário econômico como um todo segue em baixa neste início de ano, com o “crescimento do Produto Interno Bruto calculado em 3,23% e 2,39% respectivamente em 2021 e 2022, 0,03 e 0,09 ponto percentual a menos do que na semana anterior”, afirmou Reuters.

Você também pode gostar!
  • Aproveite e acompanhe tudo sobre os Famosos e o que está rolando no BBB 21 direto no feed do seu smartphone, siga o Fashion Bubbles no Google News. Para seguir É só clicar aqui, depois na estrelinha 🌟 !

- Continue depois da Publicidade -

Copom aumenta taxa Selic. E agora?

A inflação brasileira tem sido puxada pelo aumento do preço dos combustíveis e dos alimentos. Com a forte demanda por produtos agrícolas no mercado internacional juntamente com o real desvalorizado, a atividade econômica interna ficou prejudicada.

Neste caso, o aumento de juros tem função de aumentar o preço dos financiamentos para, de alguma forma, diminuir o ímpeto dos consumidores.

Ou seja, com o aumento da taxa Selic, o Banco Central busca desaquecer a atividade econômica para, assim, reduzir a pressão sobre os preços, que segue alta.

Como a maioria dos analistas já previam o aumento da taxa, o consumidor sentirá os efeitos dos juros mais altos ao pegarem empréstimos e financiamentos.

Se o novo valor da taxa básica de juros (Selic) vai trazer resultados nos próximos dias, o brasileiro terá que esperar para ver. O certo é que todos desejam, definitivamente, ver a redução dos preços nos próximos dias.

- Continue depois da Publicidade -

você pode gostar também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Tudo bem Mais detalhes