Soraya Thronicke

Quem Soraya Thronicke apoia no 2º turno?

Soraya Thronicke, candidata nas eleições presidenciais no primeiro turno, se abstém de apoiar Lula ou Bolsonaro no segundo turno

Compartilhe

Soraya Thronicke tornou-se uma candidata nas eleições presidenciais 2022. Contudo, ela pertence ao partido União Brasil, que antes era o PSL. Ela já possui carreira política, por ser senadora e foi eleita com base no apoio de Jair Bolsonaro. 

Quem é Soraya Thronicke?

É uma advogada, de 49 anos e nascida em Dourados, no Mato Grosso do Sul. Mas, quando era pequena, mudou-se para Campo Grande. Assim, formou-se no Centro Universitário e, desde então, faz toda a sua luta pela equidade de direitos.

Carreira política

No ano de 2018, Soraya Thronicke, tornou-se Senadora da República, eleita pelo Mato Grosso do Sul. Assim, teve cerca de 373.712 votos e o seu início dentro da política foi com essas pautas:

  • Movimentos para a democracia nas ruas;
  • Liderança de protestos contra a corrupção;
  • Patrocínio a ações judiciais contra abusos de poder e outras ilegalidades.

Em 2022, foi anunciada a sua pré-candidatura para ser presidente da República. Dessa forma, a sua campanha teve início oficial em 5 de agosto, em São Paulo. Ainda, seu vice-presidente, seria Marcos Cintra e ambos pertencem ao partido União Brasil.

Soraya Thronicke e sua relação com Bolsonaro

Quando se elegeu para Senadora, ela teve o apoio de Jair, mas teve percalço em 2019. Assim, o senador Flávio Bolsonaro, pressionou a mulher para retirar sua assinatura, que era a favor da CPI dos Tribunais dos Superiores. Então, ela saiu como traidora pela família.

Montagem de duas imagens onde, na primeira, Soraya Thronicke está posando ao lado de aliado e, na segunda, está com uma mala na mão pronta para viajar
Legenda: Soraya Thronicke já foi aliada de Jair Messias Bolsonaro. Imagem de instagram.com/sorayathronicke.

Soraya e o União Brasil

Ao ser eleita como senadora, Soraya Thronicke, ela pertencia ao PSL. Mas, o União Brasil surgiu de uma ligação entre o Partido Social Liberal e o DEM (Democratas). Assim, tornou-se oficial como candidata, com essas promessas para governar:

  • Sem amarras ideológicas;
  • Imposto único federal.

Essa ideia veio de última hora, já que a ideia era eleger o deputado Luciano Bivar (PE). Dessa forma, ela fez as suas campanhas com otimismo e prometeu trabalhar para acabar com a desigualdade no país. 

Quem Soraya Thronicke apoia no 2º turno?

Por não conseguir se manter na disputa para a presidência, ela deve escolher um lado. “Nenhum desses bandidos merece meu apoio”, disse a senadora para um seguidor. No entanto, ela se desculpou mais tarde.

Os aliados do ex-presidente Lula (PT), conversam com os membros da União Brasil para negociar. Assim, o apoio de Soraya Thronicke pode se voltar para Luís Inácio, mas nada confirmado até o momento (06). 

Partidos de sua aliança

Arthur Lira confirmou no sábado, 1 de outubro, a ligação entre PP e União Brasil. No entanto, o partido da União voltou a se aproximar de Bolsonaro. Mas, ACM Neto e Bivar resistem a essa aliança, já que ainda relutam sobre que lado escolher. 

Vídeo sobre o posicionamento de Soraya Thronicke no segundo turno das eleições presidenciais de 2022

Os próximos passos de Soraya Thronicke

Sua aliança fica a critério do seu partido, de acordo com a candidata. No entanto, ela ainda tem quatro anos de seu mandato como senadora. Portanto, seu trabalho continua a ser em relação a:

  • Abertura do mercado;
  • Combate à corrupção.

Por sempre trabalhar dessa maneira, seu objetivo é cumprir suas propostas e continuar na missão. Não se sabe ainda a respeito de outras decisões, mas a senadora agradeceu a todos os votos. Ela ficou em quinta posição, com cerca de 0,5% no primeiro turno.

Compartilhe

Notícias em Alta

Últimas Notícias