Como lidar com a solidão? Terapeuta dá dicas para quem se sente sozinho

3.088

 

Aprender como lidar com a solidão virou uma tarefa árdua nesse ano. Para auxiliar, a terapeuta Camila Custódio traz dicas importantes para o momento.

Além disso, ela aconselha quem deseja desenvolver a inteligência emocional e se tornar uma pessoa mais independente. Confira:

 

Como lidar com a solidão?

 

Você certamente já ouviu falar que a solidão é o mal do século. Ao longo desse ano, a afirmação ganhou um peso ainda maior.

Isso porque, com o isolamento social causado pela Pandemia, nos vimos forçados a conviver com a nossa própria companhia, em meio a um mundo cada vez mais instável.

“A solidão remete à tristeza, e nenhum ser humano suporta isso”, explica a terapeuta Camila Custódio, do Consultório Emocional. “O momento que estamos vivendo agora deixa isso bem evidente; não ter com quem contar em um momento difícil, na crise, na enfermidade, assim como dividir nossa vulnerabilidade “, afirma.

 

Como lidar com a solidão - Foto de mulher sozinha na praia durante o por do sol, cercada de andorinhas
Solidão já é considerada o mal do século

Dados da solidão

 

De acordo com a BBC, a solidão é um mal que atinge 25% dos idosos acima dos 75 anos. E, por incrível que pareça, 40% dos jovens com idades até 24 anos. Esse é o resultado de uma pesquisa publicada em 2018, na época em que o Reino Unido chegou a fundar o Ministério da Solidão.

No entanto, se essa pesquisa fosse feita hoje, é possível que os números fossem muito mais expressivos. Assim, para aprender como lidar com a solidão é preciso, primeiramente, entender problema.

 

Terapeuta ensina como lidar com a solidão

 

Na sequência, conversamos com a terapeuta Camila Custódio, que ensina como a inteligência emocional pode ser a chave para aprender como lidar com a solidão.

“Sem dúvida, a quarentena aumentou o sentimento de solidão. Além disso, ela trouxe insegurança, o medo de perdemos aqueles que amamos. Também expôs nossa vulnerabilidade e mazelas”, explica Camila.

Você também pode gostar!

Desse modo, é certo que o período deixará sequelas emocionais, uma vez que elas fazem parte do processo. No Consultório Emocional, a terapeuta atende pacientes das 6h às 23h, reflexos da alta procura por ajuda.

Portanto, se você quer aprender como lidar com a solidão, é importante desenvolver a inteligência emocional. Isto é, a forma como você gerencia o que sente ou, ainda, a ausência de empatia com o outro.

https://www.instagram.com/p/CBOmxv9h9Sz/

 

Inteligência emocional é a aliada para lidar com a solidão

Foto de coração vermelho jogado na calçada com os escritos: você não está sozinho (em inglês) - como lidar com a solidao
Imagem por Karolina Grabowska via Pixabay

 

Nos últimos meses, muitas pesquisas apontam um aumento no número de divórcios. Além disso, os conflitos no ambiente familiar também vieram à tona. De acordo com Camila Custódio, muitas dessas situações refletem a falta de inteligência emocional.

Além de auxiliar quem precisa aprender como lidar com a solidão, ela é a resposta para quem está em busca de um relacionamento.

“Não podemos terceirizar nossa felicidade, nem delegar para o outro a responsabilidade por nossas escolhas. E isso a gente só consegue com autoconhecimento, desenvolvendo nossa inteligência emocional”, ensina Camila. “Quando atingimos esse nível de maturidade emocional estamos prontos para usufruir de um relacionamento saudável”, afirma a terapeuta.

Em conclusão, ela faz um alerta: “precisamos gerenciar melhor o que sentimos para não despejar no outro nossas frustrações. E, ao mesmo tempo, desejar que o outro também supra todas nossas expectativas”.

Assim, é notável que a inteligência emocional é fundamental em todos os aspectos da vida. Ainda mais quem busca um relacionamento de uma forma saudável. Principalmente agora, que vivemos tempos tão incertos.

 

Leia mais:

Oportunidades – O que a crise tem para nos oferecer?

Futuro do Consumo – Experts apostam em um mundo com menos tendências

 

Qual a diferença entre solidão e solitude?

Foto de homem sozinho em paisagem de tons frios de lago com montanhas ao fundo - Como lidar com a solidao
Imagem via Pixabay

 

Se a solidão é o mal do século, a solitude pode ser a chave para resolvê-la. Mas é preciso, primeiramente, entender a diferença entre os dois termos.

“O teólogo Paul Tillich, em sua mais importante obra, disse que a linguagem criou a palavra solidão para expressar a dor de estar sozinho”, ensina Camila Custódio. “Depois, a linguagem criou a palavra solitude para expressar a glória de estar sozinho”.

Enquanto a palavra solidão remete à tristeza, a solitude, por sua vez, é o bem-estar emocional que advém do prazer da própria companhia.

Isto é, “não sentir incômodo com a nossa própria presença, não fugir de si”, explica a terapeuta. “Sempre brinco com meus pacientes no consultório que o cúmulo da rebeldia é você morar sozinho e fugir de casa. Imagina um estado de ausência de paz onde você não consegue ficar bem na própria companhia…  Sendo assim, como você conseguira se relacionar bem com o outro?”, questiona.

Desse modo, para quem quer lidar melhor com a solidão, a recomendação é o exercício da solitude. Associada à terapia, ela traz o empoderamento emocional que irá permitir uma melhor gestão dos sentimentos.

“Talvez a solitude e não a solidão seja o maior desafio da quarentena”, pontua Camila Custódio.

Como lidar com a solidão no Dia dos Namorados?

Foto de nuvem em formato de coração - Como lidar com a solidão no dia dos namorados
Imagem: Bruno / Germany

 

Se antes o Dia dos Namorados já provocava a solidão em alguns solteiros, o período de isolamento pode intensificar esse sentimento. Apesar disso, Camila Custódio conta que a quarentena trouxe mais cautela ao imaginário romântico da data. Agora, outras causas ganharam prioridade.

“Percebo que, para maioria das pessoas, antes da pandemia poderia haver um sentimento de inadequação. Afinal, há uma data marcada no calendário para um encontro a dois. No entanto, o período de isolamento trouxe uma reserva, resguardo, e ao mesmo tempo, um certo alívio, afinal, está tudo bem não ter alguém nesse dia”, afirma ela.

Para finalizar, a terapeuta traz algumas dicas de ouro para os solteiros que irão passar o Dia dos Namorados sozinhos:

 

Como evitar a solidão nesse Dia dos Namorados?

 

“A gente precisa cuidar para não surtar com tudo que está acontecendo no mundo, mas vale um cuidado maior com o coração… Por isso,   precisamos lembrar que a felicidade não está condicionada a um relacionamento amoroso. Aqui vão algumas dicas:

  1. Estar solteiro não significa estar em um estado de solidão; aproveite a sua solitude.
  2. Não se compare, não compare a sua vida, suas experiências amorosas com as de ninguém. Tudo em você é singular.
  3. Não ligue para o ex! Pense no porquê a relação terminou. Em tudo que você passou e contenha-se.
  4. Faça as coisas que você gosta. E, na medida do possível, mantenha a sua rotina e o contato com os amigos e as pessoas que são importantes para você.

Por fim, não esqueça que esta é uma data comercial. Pior do que estar com sozinho é estar com a pessoa errada. Portanto, não force as circunstâncias.”

você pode gostar também