Gestão Integrada de Design de Moda

Gestão Integrada de Design de Moda

O objetivo principal do curso de Pós Graduação em Gestão de Design de Moda é capacitar profissionais para gerir processos criativos em empresas de moda e prestadoras de serviço das áreas de comunicação e mídia, visando gerar uma administração integrada da criação de produto, direcionando seus meios de divulgação ao seu público específico.

A Gestão da Criação Integrada visa transformar a ação criativa em suporte para a comercialização eficiente dos produtos de Moda, quer sejam eles, vestuário ou seus meios de divulgação, como as revistas, os eventos, as vitrinas e a disposição das mercadorias nos interiores das lojas, otimizando assim, os investimentos das empresas e conseqüentemente adicionando valor a marca.

Pré-requisitos

– Graduados: Empreendedores, profissionais de criação de moda, fotógrafos, jornalistas, profissionais de produção e visual merchandising, profissionais de marketing, designers, arquitetos, publicitários e profissionais, que necessitam de uma nova visão de moda como mercado potencial de trabalho.

COORDENAÇÃO: Queila Ferraz Monteiro – queilamoda@yahoo.com.br

Mais informações clique aqui.

Publicação: 1 de dezembro de 2008

AUTOR

Queila Ferraz, Coordenadora Geral do Curso de Design de Moda da UNIP, foi professora da Universidade Anhembi Morumbi e dos cursos de pós-graduação de Moda do Senac. É historiadora de moda, especialista em processos tecnológicos para confecção e consultora de implantação para modelos industriais para a área de vestuário.

COMENTÁRIOS

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

Leia o post anterior:
tex_28-nokia-tookay
Mulher Virtual – O surgimento das CYBER GIRLS: A realidade inorgânica ao seu alcance – Parte 1/3

Webbie Tookay, da agência Elite, faz desfiles virtuais e se tornou garota-propaganda da Nokia Palavras Chaves: mulher virtual, franksteinização feminina...

Fechar