Num Mercado Persa III – Festa Árabe

Num Mercado Persa III – Festa Árabe

Sortilégio, premonições, advinhações… Seu futuro será revelado!

Agora vamos pensar em Sherazade, a protagonista do romance “As Mil e Uma Noites”: ela é, talvez, a mais querida entre as heroínas das antigas histórias árabes, porque soube usar a sedução e a inteligência para fugir a um destino terrível, que era o de ser morta após passar uma noite com o sultão.

Num Mercado Persa III – Festa Árabe

Entenda: segundo a história, o cara havia sido traído pela esposa (e aí entrou no buraco sem fundo de uma grave depressão e crise de identidade, naquele tempo não existia o Prozac… esse diagnóstico é nosso, tá?), decretando então que se casaria diariamente, e depois de passar uma noite apenas com cada esposa, ao amanhecer elas passariam desta vida para a melhor. Neura total!!

Num Mercado Persa III – Festa Árabe

Que fez Sherazade, ao ser honrosamente escolhida para esse destino? Usou a cabeça, cara! À noite, quando se encontrou com o sultão, pediu licença para contar uma história de amor, mistério e magia: começou a contar, não havia ainda as novelas da televisão, o sultão se empolgou e ela continuou até de madrugada. Estava no ponto mais emocionante, então o carrasco bateu na porta, a fim de levá-la, mas o sultão não permitiu, pois queria saber o fim da história, e assim continuou até chegarem às mil e uma noites, sem terminar, claro, pois um novo tema ia se enredando no outro… e de madrugada estavam no anticlímax. Mas aí ele já estava apaixonado, se pela Sherazarde ou pela excitação das histórias, a lenda não esclarece, o certo é que houve o final feliz.

Num Mercado Persa III – Festa Árabe

Para incluir o sortilégio em sua festa, consiga que uma sua amiga psicóloga (ou estudante de Psicologia) aceite fazer o papel da Maga; monte uma pequena tenda, onde ela ficará, com um figurino árabe deslumbrante e um cenário de tirar o fôlego. Como psicóloga, suas amigas serão um livro aberto para ela, que poderá ler a sorte de todas na borra do café ou no fundo das xícaras de chá: para isso, o café ou o chá não podem ser coados, têm que ficar com o pó ou as folhinhas, (não é para tomar, claro, isso acontece na cultura árabe, aqui é só brincadeirinha).

A Maga também pode encenar que é cartomante e ler as mãos, ou ler a sorte na bola de cristal, se você encontrar uma. Sua psicóloga tem que ser boa atriz, para adequar as respostas às perguntas (e aos desejos) de cada pessoa e só vale ler coisas boas no futuro! Alto astral, sempre. Se for um psicólogo bem gato, melhor ainda, mas aí já é esperar demais da sorte… mas, quem sabe?! Tudo é possível.

Leia o livro As Mil e Uma Noites no site Cultura Brasileira.

Leia também Festa Árabe: Festa Árabe – Num Mercado Persa I

Num Mercado Persa – ll

Num Mercado Persa III – Festa Árabe

Leia mais:

Publicação: 21 de setembro de 2007

AUTOR

Ignez é historiadora. Contato: http://www.myfashionbubbles.com/profile/IgnezPittadeAlmeida

Veja também...

O Fashion Bubbles possui cerca de 10 mil artigos, aqui as matérias geralmente aparecem aleatoriamente, aproveite para relembrar o que foi moda em outros anos, conhecer outros artigos ou ver a evolução do próprio site que começou em 2006 como um Blog.

COMENTÁRIOS

Leia o post anterior:
382007113054
Elle.com

  O site da revista Elle.com realmente é muito bom! Está uma estação na frente, mas é interessante para quem...

Fechar